1. Spirit Fanfics >
  2. O reencontro (tododeku) >
  3. Chapter 17

História O reencontro (tododeku) - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - Chapter 17


Amigo secreto 


- denki vá a merda, eu roubei sua coxinha UMA vez - mina levantou indo bater em denki e eu comecei a rir baixinho, eu amo esses dois idiotas - vai senta pedaço de vara. - ela abriu o pacote de presente e achou duas passagens de avião para a Grécia, ela arregalou os olhos e se virou para denki que deu de ombros sorrindo 

- você e o sero se casaram a pouco tempo então podem aproveitar a lua de mel num lugar legal 

Mina secou as lágrimas que desciam e se virou pra nós 

- Bom, meu amigo secreto é uma pessoa incrivelmente legal, é divertido demais e gosta de tocar bateria, ah e tem a paciência de Jó porque pra aguentar um certo loiro olha.... 

- tô em dúvida espera... - shinso se prontificou - sou eu ou o kiri?? 

- é tu bro, eu toco guitarra 

-ah tendi haha - ele se levantou e foi até mina abrindo o presente, sua surpresa ficou visível para todos nós - mina? Meu deus quanto você gastou?? 

Ele praticamente babava enquanto via o notebook atual da Apple. Eles se abraçaram e ele começou a falar 

- Bom meu amigo secreto é o melhor pai que alguém podia pedir, é fofo demais e ganhou o lindo perfeito e maravilhoso prêmio de escrita que está naquela parede 

- ownn tá babando no meu troféu - comecei a rir - relaxa que você ainda ganha o seu - ele me mostrou a língua e eu ri indo até ele e pegando a caixinha do meu presente. Abri e comecei a rir - uma meia??? 

-exato, ela é super fofinha e você vai usar no inverno oque acha!? 

- obrigada shin eu amei - abracei ele pegando meu presente e vi ele rindo 

- não viaja cara, acha mesmo que te daria só uma meia? Seu presente tá lá no carro. É uma daquelas cadeira especiais pra leitura e escrita sabe?? O todo vive reclamando que você anda tendo muita dor nas costas então resolvi ajudar 

Eu dei pulinhos de animação, tô tarando aquela cadeira faz meses mas sempre esgota quando vou ver 

- meu amigo secreto.......... - pausei pra fazer drama e vi meus amigos me olhando curiosos - provavelmente não gosta tanto de mim e... - bakugou levantou a mão rindo e rimos junto com ele - sim kacchan, é você, eu pensei muito e enfim achei que esse presente seria o melhor... 

Ele se levantou cético e foi até a caixa grande na poltrona do meu lado e a abrindo. Eu podia ganhar outro prêmio pela cara que o kacchan ficou 

-isso, I-isso é uma 1963 Gretsch Jet Firebird, Gretsch MY1 Signature Model???? E TA AUTOGRAFADO????? (é a guitarra que o malcolm young usava - tenho quase certeza) 

Ele me olhou surpreso e eu comecei a rir 

- sim, é praticamente a única que eu achei, bom.... Voce sabe porque. Então achei que seria um presente legal 

- legal???? Eu vou deixar isso de herança pros meus filhos 

- okay okay, fico feliz que gostou - dei um tapinha em seu ombro e me sentei do lado do shoto fazendo um sinal positivo pro kiri, se não fosse ele eu não teria conseguido 

Continuamos até estarem todos com seus presentes sorrindo feito idiotas. Ninguém, repito NINGUÉM já deve ter ido em um amigo secreto que deu tão certo quanto o nosso. Parece até mentira 

Quando terminamos de dividir os presentes sero e tsu apareceram com fardos de cerveja na mão e fomos pros fundos da casa assar a carne pro churrasco 

- Amor vou dar uma olhada nas meninas okay? Elas estão lá em cima desde o almoço - disse para shoto indo em direção a escada quando ele me puxou pelo pulso 

- Amor relaxa, elas já são grandes, podem se virar sozinhas por algumas horas. Se algo acontecer elas vem aqui falar com a gente 

- ERIII!!! - ouvi denki gritando e a platinada aparecendo na janela do quarto da kyoko - estão bem aí??? 

- tá sim kami, depois nois descemos pra comer okay?? 

Ele concordou e foi jogar vôlei com as garotas e com mid. Estava um fim de tarde gostoso, meio quente com uma brisa leve batendo no rosto 

Eu até iria jogar vôlei com meus amigos mas tô com tanta preguiça que simplesmente Deitei no sofá da varanda e observei eles enquanto tomava coca. De vez em quando shoto largava a churrasqueira e vinha me beijar carinhoso 

Seria esse o Natal mais perfeito do mundo?? 

Pensei nos meus pais, depois vou ligar pra eles dar feliz Natal. Eles moram na Itália agora, papai se aposentou e mamãe sempre quis morar lá. Dizem que a Itália é a terra dos velhos, então acho que se encaixa perfeitamente 

- amorrrr - chamei manhoso e todoroki se sentou do meu lado fazendo carinho no meu cabelo - quero atenção e carinho 

- tá carente bebe? - perguntou sorrindo e depois me deu um selinho

- tô poxa! A kyoko me trocou pela eri e você me trocou pela churrasqueira - fiz bico e ele riu. Idiota lindo 

- ninguém te trocou amor! E eu não posso deixar a carne sozinha senão ela queima vida - ele chegou perto do meu rosto e sussurrou - te dou minha total atenção mais tarde - beijou minha testa e saiu dali 

Senti meu corpo quente. Como ele pode ser fofo e tarado ao mesmo tempo? É injusto... 

Decidi me levantar e fui tomar um banho quente pra relaxar os músculos. Entrei na banheira e me sentei fechando os olhos aproveitando a sensação quente da água no meu corpo... 

Meu celular tocava minha playlist no aleatório, agora tocava uma música calma e relaxante deixando o clima perfeito, até que ouço a porta ser aberta, olho assustado e vejo shoto entrando e sentando no chão ao meu lado 

- não tinha que cuidar da carne amor?? 

- eu vi você entrando e pedi para a uraraka assumir pra mim, ela é perfeita quando se trata de comida - ele se levantou e me beijou, droga eu tô no banho... - pensei que eu pudesse adiantar a proposta, oque acha? 

Ele sorri malicioso e tira a roupa entrando na banheira ficando de frente pra mim, fui até ele e sentei no seu colo o beijando 

Era um beijo calmo e repleto de carinho. Logo se transformou em um beijo luxurioso, passando todo o desejo que temos um pelo outro 

Shoto aperta minha cintura me fazendo arfar baixo e começa a mexer a mesma roçando nossos membros. Ele desce os beijos para meu pescoço deixando marcas de mordida, chupoes e beijos 

Continuou descendo e começou a passar a língua por um dos meus mamilos enquanto estimulava o outro com as mãos 

Ele estava me torturando, ele sabe o quanto sou sensível e assim que solto um gemido alto ele sorri e volta a me beijar 

Desce suas mãos segurando minhas nádegas e as apertando forte, me apoio nos joelhos e encaixo seu membro na minha entrada sem separar o beijo 

Vou descendo devagar vendo shoto revirar os olhos e jogar a cabeça pra trás 

Seguro em seus ombros os usando de apoio enquanto me movimento devagar sento estimulado pelos gemidos de shoto 

- T-tão apertado..... awnnn - tomou minha boca pra si novamente enquanto apertava minha cintura me ajudando nos movimentos 

Sem dúvidas, uma transa na banheira era algo magnífico 


Notas Finais


Acabou legal hahaha
Mas de lembra oque vai acontecer começo a chora dnv....
Pois bem, espero que estejam gostando amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...