História O Rei das Serpentes e a Dama dos Leões (ABO) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Abraxas Malfoy, Alvo Dumbledore, Armando Dippet, Avery (Riddle-era), Charlus Potter, Dorea Black, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Lord Voldemort, Murta Que Geme, Olive Hornby, Órion Black, Personagens Originais, Rúbeo Hagrid, Tom Riddle Jr., Walburga Black
Tags Abo, Fem!harry, Female Harry Potter, Holly ômega, Holly Potter, Holly Revoltada, Humor Sem Noção, Omegaverse, Tom Alfa, Tom Possessivo, Tomarry
Visualizações 123
Palavras 1.636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu aqui Ashuashuashuash olá meus bolinhos ,tudo joia?

Deus ,esse capítulo demorou pra caramba ,reescrevi várias e várias vezes mas nunca me parecia bom ...desculpe por isso ;-;

Estou muito feliz pelos favoritos e comentários, vocês são uns amores ♡♡♡♡ obrigada de coração ! .

Agora vamos ao capítulo !!

Capítulo 2 - O Retorno do fantástico, fenomenal....Chapéu Seletor !!!


Pov. Holly 


Sabe , desde que entrei para Hogwarts encarei bastante coisa , cachorros gigantes , dragões, basiliscos , sereias e comensais loucos ...Todo ano tava lá enfurnada na enfermaria, não que eu esteja reclamando..mas é que ...ermm...

Meu Merlin Amado, tem um cara me encarando fixamente à pouquíssimos centímetros da minha cama.

Na verdade ele tá sentado na cama ,mas é detalhe .

Estava convicta que estaria dormindo até o amanhecer , estava tão cansada e dolorida que dormiria sem vê Sirius morrer e sem Voldemort em sonhos , desde que ele retornou eu não tive uma noite de paz .

Sem Voldemort...

Pelo menos o adulto, Por que sua versão adolescente tá bem aqui em cima de mim.

E tcharam ! Ele é um alfa .

A porra de um alfa.

E por justamente ser um alfa ,eu tô aqui nessa roubada .

Eu podia tá gritando , fazer um barraco , mas com um simples " Relaxe e não se mexa " com a tal voz de comando alfa ,estou aqui quietinha e vendo a minha vida passar diante dos meus olhos.

Dumbledore ,eu te mato.

Ele se aproximou ainda mais para perto de mim , invadindo minhas narinas com um perfume amadeirado forte, não era desagradável, pelo contrário era até gostoso , além disso ele foi muito amorzinho em colocar meus óculos em meu rosto ,assim posso admirar sua beleza numa boa .

................amorzinho ?

Olha só no que eu estou pensando aqui meu Deus . 

Fechei meus olhos com força esperando alguma azaração, feitiço e ...uma língua??

Ele está lambendo minha cicatriz?

Droga Riddle, porque diabos não age como um psicopata normal que enfia uma faca nas pessoas e cai fora ??

Tem que ser um pervetido esquisito também?? .

- Escute ...o que você está fazeeeeeeeendoooouuohhhh!!!- Eu sufoquei um grito esganiçado quando ele cheirou meu pescoço e rosnou baixo ,fazendo meu corpo tremer de medo.

Ser uma ômega é uma droga.

Ser uma ômega mulher é uma grande droga.

Porque além de todo mês sangrar feito uma condenada , ainda me vem um negócio chamado cio.

Um cio gente..

Vou passar um tempo loucana por sexo. ...

Aah... o que mais pode piorar ?

Enquanto ficava choramingando em meus devaneios ,meu querido Voldemort juvenil estava beijando a minha bochecha e minha testa, além de ronronar nesses meio tempo.

Eu pisquei várias vezes para ver se não era um sonho , afinal de contas, o "certo " nao seria me matar ?

O Alfa olhou para mim com os olhos brilhantes com algo que não sei explicar , parecia felicidade ?

Ou talvez um fetiche em cheirar o pescoço antes de esfaquear

Aposto na segunda opção.

- O..que está fazendo ? - perguntei novamente hesitante, a única coisa que ele fez, foi piscar para mim e me encarar muito sério.

Como um gato .É...Um gato.

Combina com ele .

Ele fez um carinho na minha bochecha e foi embora calmamente .

Embora..

Como se não tivesse se comportado como um psicopata pervertido que não sei quanto tempo ficou me observando dormir !!!!

Quando senti meu corpo voltar ao normal , eu dei um suspiro alto e rouco e me joguei o mais fundo possível na cama.

- Que diabos foi tudo isso ?? ..

--//--

- Muito bem senhorita Potter, se lembra do que combinamos? - questionou muito animado Dumbledore para mim

Eu queria ter essa energia .

Obviamente que depois daquela presepada do doido lá, eu não tive coragem de dormir ,então estou morta de sono.

Ainda estou chateada com o diretor, mas não sinto tanta raiva como antes , esse Dumbledore professor , agitado e brincalhão me conforta..

Perdoo fácil demais pelo visto .

Junto com ele estou com Madame Ivanov , ela estava ocupada fazendo algo para mim, diz que é vitaminas já que perdi muito sangue quando cheguei.

Tirando eles ,somente o diretor sabe que não sou dessa época .

Ah não espera, tem o Riddle .

Droga!!

Respira ,respira fundo Holly.

- Sim ..me chamo Hortência Black, prima do ramo americano da família Black ,que depois de anos estudando na academia das bruxas de Salem, veio estudar em Hogwa...ai Diretor, tem certeza que vai dar certo? Eu não sei como fazer um sotaque americano .-  olhei sem jeito para ele, que para minha surpresa sorriu.

- Ora querida , seu jeito de falar resolve o detalhe do sotaque, e além disso, eu não sou diretor...sou o professor. - concluiu sorridente .- Holly, com essa história será mais fácil para que você não seja atacada por Riddle e seus seguidores.

- Ele já têm seguidores? Pensei que seria alguns anos depois..- comentei admirada, enquanto tentava arrumar o cabelo e transfigurar o uniforme para uma roupa daquela época ,embora ainda estivesse machucada , já estava bem melhor graças aos feitiços e poções que me deram .

- Bom ..sim ,embora eu não possa provar nada ,percebi que as pessoas a volta dele, agem de maneira...suspeita demais para jovens daquela idade . - suspirou o ômega mais velho .

Assustador ,era tudo que passava em minha mente sobre isso .Então eu apenas assenti.

-Senhorita Potter aqui está seus supressorios e seu colar de identificação- disse Madame sorridente para mim e colocando em minhas mãos uma gargantilha preta com o símbolo ômega em um pigente redondo, e um frasquinho de pílulas brancas. - Eu imagino que na sua época estejam evoluídos mas espero que possa reagir bem com esses

Okay , chegamos em um impasse.

Eu não vou tomar esse negócio.

Ah esperem vou explicar melhor.

Quando um bruxo faz 15 anos , recebemos aulas sobre a história dos ômegas e alfas .

No caso, atualmente somos beneficiados pela lei de Daniel Sullivan .

Antes dessa lei ,éramos tratados como objetos para satisfazer os Alfas , com colares de identificação e forçados desde jovens a tomar drogas que nos tornavam mais submissos e potencializavam os efeitos do cio , que os mais velhos diziam ,eram momentos de angústia e medo .

O tratamento era diferenciado em cada país, em alguns os ômegas eram bênçãos, em outras como a nossa querida e fria Inglaterra éramos tratados como seres de menor valor .

Não importa o quão poderoso o bruxo fosse , se era ômega era inferior.

Infelizmente precisou que em 1968 , um ômega chamado Daniel Sullivan fosse brutalmente morto por se recusar a ceder as investidas de dois alfas .

Embora pequena , a população ômega da Inglaterra protestou ao ver que as autoridades , comandadas por Alfas se recusavam a cuidar do caso .

E durante 3 anos foram protestos , caminhadas ,manifestações, conflitos violentos contra policiais e por aí vai.

Diferente dos trouxas , os bruxos dão muito valor a realeza , assim , nossa amada rainha Elizabeth , uma jovem alfa mestiça de bruxos , criou a lei em homenagem à esse ômega que até o fim permaneceu fiel ao seu companheiro de marca que tinha falecido anos antes .

Graças a essa lei ,ganhamos direitos básicos, mas para quem não tinha nada foi uma revolução, além de mais vista grossa para os Alfas .

E o mais importante..nos livramos das pílulas .

Os efeitos colaterais eram horríveis., era um sofrimento desnecessário.

E como estamos em 1943 , já viu .

Uma época ruim para os ômegas .

Eu aceitei o colar de identificação, mas não irei tomar essas pílulas , assim que tiver oportunidade vou me livrar delas .

Não é assim que as coisas funcionam comigo .

--//--

O Salão principal estava deslumbrante como sempre , Dippet no centro da mesa dos professores daquela década dando seu acalorado discurso de começo de ano letivo, e o início da seleção de novos alunos.

O que entediava Tom .

Ele estava no salão apenas para seguir suas funções de monitor e só, e seu humor não melhorava ao ver seus "fiéis " seguidores o pertubando.

Mas algo o interessou.

A sua ômega que veio de outra época .

Quando viu aquela garota miudinha jogada no chão, ele imediatamente sentiu um calor no corpo e um click na mente do jovem.

"Companheira !!"

A sua companheira.

Ela era obviamente mais velha que os demais novatos, mas por ter praticamente a mesma altura que alguns, não parecia tão fora do lugar.

Era tão bonitinha.

Seus pensamentos foram dissipando ao escutar o diretor:

- Antes de tudo quero anunciar a vinda de uma nova aluna, transferida da academia feminina Bruxas de Salem para cursar seu sexto ano em Hogwarts......Hortência Black. - disse o diretor erguendo a mão enrugada em direção a Holly.

Holly estava apavorada

Dumbledore estava animado como sempre .

Os jovens Black estavam em polvorosa e choque em sua mesa ,pois nunca tiveram um ômega na família no máximo um beta .

Tom não demonstrava, mas estava feliz .

E o resto da escola, achavam que ela era meio esquisita

E as coisas desandaram bonito despois .

" Bom ""- pensava Holly enquanto colocaram o chapéu seletor em sua cabeça ." Vou para a grifinória, fico longe do Riddle, e tento impedir os planos dele de longe " suspirou " Quero voltar para casa, vou tentar ser o mais discreta possível aqui e caçar um meio pra voltar .

" É bom plano ,não quero nem saber daquele esquisito " - concluiu sorridente .

" Olha só...a herdeira dos Potters " disse o chapéu em sua mente " lhe colocaram em uma bela confusão" - disse risonho.

Era só o que faltava...o diabo do chapéu rir .

" pois é ..." - concordou a menina.

" Que mente mais límpida, minha querida você tem potencial para entrar em 3 nobres casas "

"Ah sim..eu queria.." - ela começou a falar, mas foi interrompida .

" Oh não se preocupe ... É uma honra ajuda-la em tão importante missão " disse o chapéu

"O quê ? " ela sentiu um arrepio " espera um pouco..."

" Vamos lá " disse o chapéu altivo " a casa seráááá....."

" Não, não, não...me escutaaa" ela se desesperou

-SONSERINA!!!!

 Quando ela se levantou rumo à mesa das serpentes pensava em maneiras de como tacar fogo naquele chapéu cretino.


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui e até o próximo capítulo seus bolinhos ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...