História O Reinado dos Vampiros - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Mistério, Romance, Vampiros
Visualizações 140
Palavras 1.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - Capítulo 17


Katherine.

-Princesa! Finalmente você saiu, sentimos tanto a sua falta. - Elizabeth passa a mão nomeu cabelo, com lágrimas nos olhos. Paige observa tudo friamente ao lado do espelho.

-Eu estava contando o dia para ver vocês outra vez. Tenho que...

-Não importa o que você tentou fazer, entendemos isso, você teve seus motivos. - Elizabeth me interrompe.

-Bom... Chega de chorar! Temos que arrumar você para o baile hoje. - Lucy bate palmas.

Realmente, estava sentindo falta do entusiasmo que ela tem.

-Acho que não tenho escolha. - Elas sorriem e vão pegar o vestido.

-Não contei ao Liam sobre sua ajuda. - Paige me encara.

-Não achei que contaria. O príncipe teve sorte... Dessa vez.

-Não haverá outra vez. Não irei tentar fazer isso de novo, mesmo que ele seja uma das piores pessoas, que já conheci nessa vida. 

-Se a princesa me permite... Vou ajudar elas com o vestido. - Ela me encara outra vez, saindo perto de mim como se nada tivesse acontecido.

Quando chego no salão com James. Todos olham para mim, sentindo meu rosto ficar vermelho, aperto mais o braço dele que sorri ao olhar para mim. Assim que vejo Dylan na mesa, pensativo com um copo na mão. Me despeço de James e vou até ele.

Dylan.

-Já está bebendo? - Katherine, olha para mim sorrindo.

Pisco várias vezes. Ela está simplesmente linda. O vestido azul escuro, caiu muito bem em seu corpo. O cabelo médio prendido em um coque elegante. Não parece que ela passou uma semana na masmorra.

-Vou deixar para mais tarde. - Balanço o copo. 

Ao fundo, uma melodia começa a tocar. Vários casais vão se juntando.

-Me concede a honra de uma dança?

-Claro. - Pego sua mão e a levo ao meio do palácio.

-Liam teve sorte... Escolheu a mais bela de todas.

-Não seja modesto. - Ela olha para mim.

Consigo imaginar o que ela está pensando enquanto dançamos. Sei muito bem que ela, não queria estar nesse palácio. Estou sendo meio engoista, mas... Se Liam não tivesse escolhido ela, eu não teria conhecido Katherine.

Nunca fui de me prender a uma pessoa, ao ponto de se apaixonar. Mas estou apaixonado por Katherine Levesque, a garota que será a futura rainha da França. Não controlamos os sentimentos, isso é errado, ela não gosta de mim, no fundo sei que ela sente algo pelo Liam que ainda não descobriu.

A música para. Liam aparece ao lado dela é a convida para dançar. Katherine se assusta, olha para ele com medo. Liam olha para mim com um olhar de morte que só ele sabe fazer, sorrio para ele, para o deixar mais com raiva.

Resolvo que vou começar a beber mais cedo, pego as primeiras bebidas alcoólicas, que começam a servir. Não acredito que me apaixonei por uma garota que é impossível.

Katherine.

-Não finja que não aconteceu nada, eu tentei matar você. Se esqueceu disso?

-Se eu estivesse no seu lugar, também tentaria me matar. Então não culpo você.

-Suas palavras só me fazem, sentir mais horrível. - Ele pega minha mão para dançarmos.

O que ele está fazendo? Eu tentei matar ele, ia o apunhalar pelas costas. Brinquei com os sentimentos que ele diz sentir por mim, para depois ele fingir que nada aconteceu?

-Uma voz fez eu fazer isso Liam. - Ele me gira cuidadosamente.

-Não vamos falar sobre isso tudo bem? Vamos esquecer. Apenas aproveite essa noite.

Seus cabelos negros penteados para trás, destacando mais os olhos azuis. Me faziam ficar numa espécie de transe, eu não consegui parar de olhar em seu rosto.

Liam fez várias coisas erradas, me machucou muito e me escolheu para ficar ao seu lado. Depois do que eu fiz ele conseguiu me perdoar, independente do que ele é.

Então sim. Eu estava considerando perdoar ele, só por hoje.

-Tenho uma surpresa para você. - Ele diz sorrindo.

-O que é? - Pergunto curiosa.

-Olhe para a porta. - Meus olhos seguem seu dedo, papai e mamãe aparecem sorridentes. Atrás deles vejo Natali!

-Filha você está linda! - Mamãe me abraça, está usando um vestido marrom em corte reto, com detalhes pretos e sua pulseira vermelha.

Tento me lembrar de onde, vi essa pulseira. Mas não consigo.

-Katherine. Quanta saudade filha! - Papai me abraça junto com minha mãe.

-Katherine você está b-e-l-í-s-s-i-m-a. - Natali faz questão de falar cada letra devagar.

-Você também! - Viro para olhar Liam, sorrindo.

-Obrigada! Por ter trazido eles aqui! - Abro os braços para abraçar ele.

-Você me deu o melhor presente de todos. - Ele fala no meu ouvido. - Esse abraço.

Não se apaixone por ele você sabe o quão ruim pode ser. 

Repito várias vezes.

-Kath, quero conversar com você. - Natali aparece.

-Faz muito tempo que não nós falamos. - Levo ela até um lugar afastado.

-Você gosta do príncipe? - Sua expressão ao dizer essa palavras, me dizem que ela estava querendo saber disso há muito tempo.

-Não responder essa pergunta. - Ela olha para mim incrédula.

-Como não? Ele é o príncipe.

-Nem tudo o que você acha ser e o que parece. - Olho para ela séria.

-Bom... O que você está achando do palácio?

-O palácio é enorme, mais o lugar que gosto muito aqui e o jardim. - Ela sorri.

-Vamos dançar! - Natali me puxa, fazendo com que eu corra junto com ela de volta para o salão.

Uma música mais animada está tocando, como não tem ninguém dançando. Então puxamos as garotas que estão conversando, começamos a dançar e girar, em círculo todas juntas.

O rei está conversando com alguns nobres, a rainha nós observa ao longe. Dylan não sai da mesa de bebidas, da para notar que ele não está mais em si.

Liam conversa com o pai de Dylan. Ele percebe que estou olhando para ele, que sorri de volta. Depois de um tempo dançando Natali vai conversar com Dylan, pelo visto ela gostou dele, fazem um casal muito bonito.

Por um momento esqueço de tudo que passei, nesses últimos meses. Realmente hoje é a melhor noite que passei nesse palácio.

Vou até a mesa de comidas, enquanto me distrair comendo. Noto que papai sumiu e o rei não está mais conversando com os nobres. Tempos depois eles voltam juntos.

O salão começa a ficar vazio.

-Filha. Temos que ir. - Mamãe me abraça.

-Foi muito bom ver vocês. - abraço papai e depois Natali.

-Suas... Amiga é muito le... Gal. - Dylan diz engana eles vão embora.

-Parece que você bebeu muito. - Sorrio para ele.

-Nem foi tanto. - Ele diz enrolado.

-James por favor, ajuda o Dylan a ir para seu quarto, ele está meio alterado.

-Ah... Tabom Katherine. - James olha para mim desanimado.

Vou para meu quarto, tiro o vestido no banheiro. Encaro o espelho, feliz. Finalmente vi meus pais depois de tanto tempo, hoje foi a noite que apenas esqueci de tudo.

Saio do banheiro sorrindo, desfazendo o coque. Um homem careca, com roupas pretas está sentado na minha cama. Olhando estranhamente para mim, minha respiração para.

-Quem é você? - Continuo parada na porta, com o coração batendo rapidamente.

-Sou a pessoa que vai acabar com você. - Sua voz grossa e ameaçadora, faz meu corpo arrepiar.

Tudo aconteceu em câmera lenta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...