História O reino de Akagari - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Rpg
Visualizações 8
Palavras 547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Luta, Magia, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - "Mais que amigos, friends."


Fanfic / Fanfiction O reino de Akagari - Capítulo 3 - "Mais que amigos, friends."

Igor, Victor, Laura e Lara eram crianças órfãs que moravam num pequeno e velho abrigo improvisado, próximo ao castelo. Recebiam os cuidados de pessoas de bom coração que ali passavam e deixavam seu carinho, agasalhos, comida e remédios, mas em tempos de chuva, os pequenos tinham de se abraçar para se manterem aquecidos por causa das goteiras que os encharcavam. Eles viviam sozinhos naquele lugar, mas conseguiam se virar, graças à ajuda de humildes moradores, e Victor, o mais velho, com 10 anos, que liderava o grupo, cuidando muito bem deles. Todos sabiam que não poderiam sair dali, mas não viam a hora de terem idade para trabalhar e conseguir dinheiro. Não seria tão fácil como pensavam, mas sonhar era uma das poucas coisas que poderiam encorajá-los a continuar vivendo, mesmo naquelas condições.

Alguns meses se passaram e logo o dia do aniversário de Victor chegou, e assim, seu direito a trabalhar. Com 11 anos as crianças já trabalhavam como aprendizes e mesmo ganhando pouco, o dinheiro seria de grande ajuda para o grupo. Victor saiu e deixou Lara, a segunda mais velha, cuidando dos outros. Igor e Laura tinham 8 anos e eram muito quietos, só conversavam um com o outro, mas eram extremamente espertos. Como diz o ditado, quem fala menos, pensa mais. E pensaram mesmo, bolaram um plano para irem atrás de Victor, tamanha era a curiosidade que sentiam para saber se Victor conseguiria, ou não, um emprego. Enganaram Lara amontoando pilhas de roupas para fingir que estavam dormindo, (um clichê clássico, que sempre dá certo) e saíram.

Correram pelas ruas de barro, enquanto uma serena chuva caía, até chegarem a um plantio de um fazendeiro conhecido na vila, onde estava Victor, dialogando com o senhor do lugar, ao longe. O local era enorme, Igor e Laura nunca tinham visto tanta comida junta: plantações de couve, cenoura, tomate, milho e café. Seus olhos brilhavam e, escondidos, juntavam suas mãozinhas e pediam a Deus que o amigo fosse contratado.

Estavam concentrados na cena, quando Igor ouviu passos se aproximando, e, ao olhar pra trás, reconheceu Lara, vindo com um olhar penetrante, com passos rápidos e raivosos em sua direção. Laura, como o amigo, também se virou e não pode deixar de gritar e se levantar em um piscar de olhos e começar a correr, com muito medo. Sem pensar, os três começaram a correr para qualquer direção, estragando parte da plantação de couve e enfurecendo o fazendeiro que não pode deixar de notar a presença deles. Victor, que era o responsável por eles, foi penalizado, perdendo o emprego que acabara de conseguir. Os quatro voltaram frustrados e desesperançosos para o abrigo, de cabeça baixa e sem dizer uma palavra sequer. Mas ao chegarem lá, encontraram duas crianças, que também pretendiam se esconder de alguém. Eram Sarah e Marcos, que como sempre, estavam fugindo dos servos e de toda a prisão do castelo em busca de aventuras de verdade.

Assim, começaram a conversar e toda a tristeza do ocorrido foi embora. Se conheceram melhor, e em pouco tempo, estavam muito íntimos. Os servos do castelo, e Ana, os adotaram, com total apoio do rei, que mesmo participando pouco das decisões, queria que sua filha fosse feliz, e nada melhor que contar com amigos para alcançar esse objetivo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...