História O Resgate de Lula - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção Científica
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Protocolo F-R-O-T-A


- Esse é… Guilherme Boulos… O Lendário invasor de propriedades...

 

Os manifestantes ficaram boquiabertos com a revelação, muitos começaram a chorar de emoção, alguns largaram os cartazes e se emocionaram, quem diria que um herói da tão famosa resistência iria até eles os salvar. 

 

- Sim, sou eu… Estávamos procurando terrenos vazios para inva… digo, ocupar… - Ele diz olhando para os lados tentando disfarçar.

Ainda bem que vocês chegaram, eu acho que todos íamos ter o mesmo destino daquele pobre coitado… Disse um dos manifestantes

- É… Ainda bem, mas oque diabos vocês pensam que estão fazendo? Os anos de manifestações se foram… O gigante acordou, #foraTemer… O que nos resta hoje em dia é lutar para sobreviver, evitar os kit’s gays nas ruas… - Disse Boulos cerrando os punhos, fechando os olhos e levantando seu nariz em direção ao sol.

- Esse kit gay… Eles nos culparam por isso… Mas isso não vai nos afetar… Temos o nordeste ao nosso lado. - Respondeu um dos guerrilheiros que tirava um cigarro amassado de suas vestes.

 

Todos olharam para o mesmo e depois se viraram para Boulos esperando alguma sugestão, um momento de silêncio perdura e é possível apenas ouvir o som dos roncos dos motores e do vento que sopra com bastante força, aparentemente estava por vir uma tempestade. Boulos coloca a ponta do dedo na língua e logo em seguida levanta o dedo, sentindo a corrente de vento e rapidamente diz:

 

- Vai chover e a roupa está no varal, bora puxar o bonde, liga pro Hilton 50 e diz que estamos voltando com mais pessoas pro movimento MST, quanto mais invasor melhor!

 

Todos olham para ele, alguns sorrindo, outros nem tanto e os manifestantes sem entender nada começam a se recolher e indo em direção as kombis e fuscas.

 

- Esse resgate nos custou caro… Perdemos grandes guerreiros… - Disse Boulos enquanto escorriam lágrimas no rosto. 

 

Todos entraram nos veículos e prosseguiram em direção a fronteira para a Bahia, sede principal da resistência. 

- É o seguinte, pessoal… Nossa jornada até Salvador será longa, mas a partir dessas fronteiras nós estaremos seguros e livres. Disse um estranho guerrilheiro com o rosto coberto.

 

Dois dias se passaram após o resgate e as coisas na “fortaleza da alvorada” estavam esquentando, o presidente estava confuso sem saber o que fazer em relação a todas as rebeliões, protestos e essa suposta resistência que o importunava tanto assim. Bolsonaro se viu de frente para a seu trono e então se sentou, colocando uma coroa sobre sua cabeça, respirou fundo e disse em voz alta para si mesmo:

 

- Leite de ornitorrinco da amazônia…

 

No exato momento em que dizia essa frase, um minion… digo, um assessor entrou na sala desesperado e perguntou e disse:

 

- Meu senhor… Um grupo de manifestantes foi resgatado por um grupo militante… Eu acho que foi a resistência. 

- Você acha? VOCÊ RECEBE MUNIÇÃO PARA SUAS ARMAS TODO MÊS PARA ACHAR?! Perguntou Bolsonaro irado com o que foi dito.

- Pe… Perdão, senhor… Eles se intitulam como: “A resistência lacradora”...Sua bandeira é a silhueta da travesti Pablo Vittar… Eles estão distribuindo o Kit Gay para todos os manifestantes e refugiados do seu império, meu senhor…

- Pablo Vittar… Eu achei que ela havia saído o Brasil assim que assumi o poder… Então o inimigo agora é outro… 

De repente é possível ouvir uma música abafada vindo do lado de fora dos aposentos e mais um mini… Colaborador entra assustado enquanto apanha o controle da televisão a ligando em um segundo… Uma voz meio aguda e um tanto irritante e uma melodia contagiante que os faz querer dançar ecoa na sala… 

 

- “Vai passar mal,Viro sua mente com meu corpo sensual, Minha boca é quente, vem, não tem igual, Tá todo carente no pedido informal, Vai passar mal.”

 

Bolsonaro levanta boquiaberto do seu trono e anda lentamente até a televisão, seus olhos enchem de lágrima e ele berra:

 

- #ELA NÃO!!!!

Ele cai de joelhos e a colaboradora desliga a televisão no mesmo momento e diz:

 

- Está passando em todos os canais, senhor… O que faremos?

 

Bolsonaro permanece em silêncio no chão enquanto cerra os punhos e finalmente diz:

 

- Ative o protocolo “F-R-O-T-A”. Ele levanta lentamente e volta ao seu trono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...