História O Retorno da Fairy Tail (Interativa) - Capítulo 58


Escrita por:

Visualizações 51
Palavras 1.807
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um leitor pediu para que eu explicasse coisas que ficaram pendentes:
-Como Ayala ficou com Cauan?
-Como Masky abandonou a fama?
-Como Keyre chegou na Fairy Tail? (ela vai ser uma personagem importante)
Porque vocês viram que o começo do arco 3 começou com tudo junto e misturado, né?
Enfim, eis o epílogo do Arco 2
Aproveitem

Capítulo 58 - Coisas que não foram explicadas no último episódio


NO FINAL DO ARCO 2...

Nossos heróis usam as esferas do Dragão para reviver seus amigos e Jun, além de consertar seu único meio de transporte. 

Agora veremos o que houve DEPOIS disso. 

CAPÍTULO ATUAL...

PRIMEIRA PARTE: A DESPEDIDA DE AYALA. 

Quando Vegeta, Kuhan e Ayala Ressuscitaram todos comemoraram. Era uma alegria tê-los de novo. 

Principalmente pra Cauan. O mesmo demonstrara um interesse leve na garota, mas ela o queria pra si. Vegeta e Kuhan sabiam disso. 

Vegeta: Vai lá.

Kuhan: Fica com ele. 

Ayala: Mas... Vocês não se importam? Pelo que o Tranks falou, vocês... Tinham um Crush em mim. 

Vegeta e Kuhan encararam furiosos Tranks, que se escondia atrás de uma árvore. Ayala pôs as mãos em seus ombros e deu um beijo na bochecha de cada um. 

Ayala: Obrigada por tudo, pessoal. Mas... Mesmo que eu não sinta o mesmo que vocês... Podemos ser amigos?

Sabe, mulheres que lêem minhas fanfics, quando um homem se confessar pra você e você não sentir o mesmo que ele, não diga pra ele que quer ser "Só amiga dele". Isso dói mais do que levar um tiro. Ao invés disso, dê um tiro nele. Dói menos. Vegeta e Kuhan sentiram essa dor agora, mas decidiram ignorar. 

Vegeta: É claro. 

Kuhan: Uma vez amigos, sempre amigos. 

Ayala riu e saiu dali. Cauan chegou perto dos dois e logo eles se fundiram. O poder que eles emanavam Fundidos era enorme. 

Vegehan: Cauan, vamos conversar. 

Cauan: H-hai...

Vegehan levou Cauan pro Mato e eles tiveram uma conversa tensa. Antes de voltarem, Vegehan deixou bem claro. 

Vegehan: Só um detalhe, moleque. Se fizer a Ayala chorar UMA lágrima que seja... *Acerta Cauan com um soco na barriga e pisa nele quando ele tá no chão*... Eu te mato. 

Cauan *Com muita dor*: Argh... Entendi...

Vegehan se desfundiu e cada um foi para um lado, se unindo apenas para entrar no navio voador recém-consertado. 

QUEBRA DE TEMPO: 2 HORAS

O navio pousou em Magnólia fazendo um estardalhaço. Todos, exceto a Lamia Scale e Ayala, saíram correndo de dentro dele, voltando para a Fairy Tail. Ayala ia quando Ly a parou. 

Ly: Você tem certeza que quer partir? Sabe que tem um lar na Lamia Scale. 

Ayala: Tenho. A Fairy Tail... E o Cauan-Sama... Oferecem novas oportunidades pra mim. Mas não se preocupem! Eu Volto um dia. 

Vegeta: Se o Cauan te fizer mal saiba que eu pessoalmente posso acabar com ele. 

Kuhan: O que? Vai ter que me matar também porque será eu quem vai mata-lo!

Vegeta: Ah é? E se eu te matar?!

Os 2 começaram a brigar, o que fez todos desabarem em risadas. Ayala ria feliz quando Saphira a chamou. 

Saphira: Vem logo! Estão te esperando. 

Ayala: Já vou! 

Antes de descer do navio, Ayala abraçou os companheiros, que retribuíram felizes. Ela desceu do navio e ele saiu voando. 

Pensamento da Ayala: Gotto... Tranks... Ly... Juvia... Vegeta... Kuhan... Obrigada por terem sido minha família por um tempo. Sentirei saudades.

Cauan *Chegando lá*: Aí, Ayala! Vamos logo! Tá todo mundo esperando!

Ayala sorriu e correu com ele até a Guilda. Uma grande festa aconteceu naquele dia, principalmente porque junto de Ayala, Saphira entrou na Guilda. 

SEGUNDA PARTE: O ABANDONO DA FAMA DE MASKY

Meko andava pelas ruas de Magnólia. 3 dias já haviam se passado desde o arco 2 e agora tudo voltara ao normal. Ela voltara a agir como a repórter que revelaria os podres de Masky para todos. 

Enquanto andava, Meko chegou até um teatro, onde Masky dava autógrafos. O produtor dele estava lá, junto de seu empresário. Meko ia se aproximar para ver melhor quando do nada alguém a pegou pela blusa e a atirou longe: Um segurança enorme. Masky a olhou assustado ao ver ela cair na lama. 

Masky: O que significa isso?!

Produtor: Significa isso, senhor. *mostra um documento*. Essa ordem de restrição impede que ela chegue perto do senhor, além de que qualquer coisa que ela tenha sua não é pra ela ter. 

Logo vários homens de terno chegaram carregando caixas cheias de fotos, artigos de jornais e outras coisas com itens do Masky. Meko ficou desesperada. Aquele era seu material de reportagem que ela usaria para desmascarar Masky.

Meko: Meu material! Não! Solta! *Tenta pegar uma caixa, mas cai na lama de novo, empurrada por um dos seguranças*. Masky! Porque?!

Meko agarrou as roupas de Masky e começou a bater em seu peito. Ela chorava muito. 

Meko: Por que fez isso?! Por que?! Aquela Aventura comigo... Não valeu nada?

Masky: Meko, eu...

Empresário: Mulheres... Sempre achando que uma noite romântica valeu algo... *Nota 2 seguranças* Tirem ela daqui. Paguem a ela pela noite que tiveram. 

Meko foi agarrada pelos 2 seguranças e saiu se debatendo pra fora do teatro. Logo repórteres começaram a chegar e tirar fotos e gravar. Masky não aguentou mais. Ele correu até os seguranças e os acertou cada um com um soco. Logo que o fez, abraçou Meko com toda a sua força e a puxou para longe deles. 

Masky: TIREM SUAS MÃOS DA "MINHA" REPÓRTER! 

Meko corou fortemente ao ver que ele a segurava no estilo noiva. Logo os repórteres começaram a perguntar. 

Repórter aleatório: Os boatos de você estar namorando a atriz Jennifer, da Blue Pegasus são mentira?!

Repórter aleatória: Então não sabe que Meko conspirava pra te derrubar?!

Repórter aleatório: Como se sente sabendo que sua namorada armava um golpe pra te difamar e afirmar que você não vencera Jabra?!

Ambos empresário e Produtor sorriam malignos, esperando a oportunidade para chutar Meko dali. Masky a pôs no chão e agarrou um microfone de um reporter. 

Masky: Eu... NÃO DERROTEI O JABRA!!!!!!!!!

Todos ficaram surpresos. Algumas fãs desmaiaram. Meko ficou surpresa. Masky voltou a falar. 

Masky: EU NUNCA FUI PARA ENNIES LOBBY, EU NUNCA ENFRENTEI AQUELE DEMÔNIO! JABRA FOI DERROTADO APENAS PELO RED! EU NÃO O AJUDEI NEM NADA!

Repórter: Perai, então o Red não é um Sayajin? 

Masky: ELE NUNCA FOI! NUNCA E NEM SERÁ UM SAYAJIN! ELE NÃO TREINOU COM O GOKU NEM NADA! É TUDO MENTIRA! 

Todos estavam surpresos. Tudo fora gravado ao vivo. O mundo inteiro estava reagindo agora: 

GUILDA DE CROCUS, SABERCRYSTAL

Eustass Eucliffe: Minha nossa senhora da bicicletinha.

Alana Cheney: Não sou mais fã dele...

GUILDA BLUE PEGASUS

Ichiya e Nichyia *Idosos e enrugados*: ELE FINALMENTE TEVE ATITUDE!!! Orgulho dele!

Jennifer *Filha da Jenny com o Hibiki*: Mamãe! *Diz toda chorosa*. O Masky me rejeitou!!!!

(Autor: Sim esses aí ainda estão vivos.)

GUILDA LAMIA SCALE

Gotto e os outros Sayajins: A gente já sabia. O tempo todo. 

Ly: Muda de Canal. 

Juvia: Não espera! Ele vai dizer mais alguma coisa! 

VOLTANDO PRA MAGNÓLIA

Repórter: Então era mentira isso... Mas e quanto você ser da Fairy Tail?

Masky: Isso não é mentira. Eu afirmo agora que sou um mago da Fairy Tail e que não pretendo mais ser ator ou celebridade qualquer! 

Produtor *Roxo de raiva*: VOCÊ NÃO PODE! ASSINOU UM CONTRATO VITALÍCIO! SABE QUE DEVE TRABALHAR PRA MIM, SENÃO COISAS RUINS PODEM ACONTECER! *Esfrega o contrato na cara de Masky*

Masky *Com o contrato nas mãos*: Sabe de uma coisa? Eu.*Rasga*. Me. *Rasga de novo*. Demito. *Joga os pedaços no chão*. 

O Produtor começou a espernear, gritar, berrar... Ele estava furioso. Masky agarrou Meko e saiu correndo dos Seguranças que vinham pegar os 2. 

Masky: A cara do produtor foi hilária!

Meko: Ficou maluco?! Você acabou de largar a carreira de famoso!

Masky: E daí, baixinha? Pelo menos eu tenho você. 

Meko corou e virou o rosto.

Meko: Mas eu não sou baixinha!

Masky riu e logo alcançou a Fairy Tail, seu novo lar. 

TERCEIRA PARTE: A CHEGADA DE KEYRE

Um navio desembarca no porto de Magnólia. Uma garota de cabelos escuros, com roupas de exploradora desce do navio, arrastando uma mala cheia. Ela logo se dirige a um apartamento, bate na porta e se depara com Jun, que estava escovando os dentes. Ao ver o imenso homem, a garota não se apavorou. Ela passara 6 meses num ambiente selvagem e repleto de Monstros. Um cara enorme, musculoso e estranhamente sexy não seria problema né? 

Jun: Posso ajudar? *Falou meio abafado, por causa da escova de dentes*. 

Garota: Eu sou Keyre. Essa é a casa da Meko?

Jun: Sim é. Eu sou o Jun. Entre. Ela está em casa. 

Keyre entrou, fechando a porta atrás de si. Quando Meko e Keyre se viram, foi uma animação só. Elas deram um gritinho e se abraçaram, dando pulinhos. Masky e Jun assistiam. 

Meko: Meninos, essa é Keyre. Minha irmã encalhada. 

Keyre: Ei! Eu não sou encalhada! Só não encontrei um homem pra mim. 

Meko: Cai na real! Você ainda é virgem!

Keyre: Você perder a virgindade com uma mulher não conta!

Meko: Conta sim! 

Keyre: Não conta não! 

As 2 começaram a discutir. Tanta discussão estava enchendo o saco de Jun, que separou as 2. 

Jun: Tá bom, parem de brigar. Vocês são irmãs. Vamos comer algo, tá bom? 

Keyre sentiu o estômago roncar. Não comera nada desde o navio. Jun as pôs na mesa e foi buscar um lanche na cozinha: Torradas com Founde. Keyre foi a que mais comeu. 

Keyre: Senhor Jun, sua comida é deliciosa!

Jun: Me chame só de Jun mesmo. Cozinhar é minha forma de pagar minha hospedagem aqui 

Masky: E que pagamento. 

Meko: Você não me paga nada por viver aqui. 

Masky: Nunca sugeriu um pagamento. 

Keyre: Vocês são namorados? 

Meko: É claro. 

Meko puxa Masky para um beijo e o mesmo retribui. Keyre sente um aperto e sai para o quarto onde vai ficar. Jun vai atrás e a vê encolhida dentro da roupa. 

Jun: Onde foi parar Keyre? 

Keyre: Keyre não está. Keyre está na cidade suéter.

Jun: E quando pretende Voltar?

Keyre: Talvez nunca...

Jun se senta ao lado dela. Keyre está encolhida.

Keyre: Eu não tenho amor... No continente onde fui, muitos seres disseram que me amavam... Mas era mentira... Só queriam me comer...

Jun: Eu te entendo. A única pessoa que eu amei na vida morreu... E todas as outras não me amavam de Verdade...

Keyre parou de se encolher e segurou a mão dele. Jun a olhou, confuso. 

Keyre: Nós 2 sofremos no amor...

Jun: É... *Olha ao redor*. Sabe. Eu durmo aqui. Acho que vou ter que dormir no sofá dessa vez, afinal você vai ficar aqui. 

Keyre: Não. Não precisa. Se quiser... Pode dormir aqui hoje. Comigo. 

Jun corou e fez carinho na cabeça dela. 

Jun: Tá bom baixinha. Eu durmo com você. 

Keyre: Eu não sou baixinha! Você que é muito alto! 

Jun: Sei sei. *ri baixo*. 

Keyre: Retire o que disse senão... ATAQUE DE CÓCEGAS!

Jun *Rindo com as cócegas*: HAHAHAHAHAHAHA! PARA PARA! HAHAHAHAHAHAHA! 

Ela parou sobre ele, rindo também. Logo os 2 estavam com os rostos muito próximos quando de repente...

Vizinho *Da janela*: DÁ PRA ELE LOGO!

Masky *Na janela*: DEIXA DE SER INTROMETIDO!

Vizinho: EU ME METO SE EU QUISER!

Masky: EU VOU ATÉ AÍ!

Vizinho: VEM QUE FURO TEU CU DE BALA!

Keyre: É assim toda noite? 

Jun: Você se acostuma. 

No dia seguinte a aquele, Keyre entrou pra Fairy Tail, junto de vários outros membros. Novas aventuras aguardam...

CONTINUA...


Notas Finais


Um capítulo de explicação Apenas
Até o capítulo de verdade!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...