História O retorno do deus absoluto - Capítulo 21


Escrita por: e CorujaBC1

Visualizações 89
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shounen, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal desculpem a demora mas eu tô aqui postando esse cap novo!

Espero que gostem, eu fiz esse cap e o da outra fic escutando 2 horas de sons de chuvas e trovões - e recomendo é ótimo - enfim não quero os enrolar muito.

Ah a foto do capítulo não é só uma ideia de como é o local, não é exatamente o local

Boa leitura...

Capítulo 21 - Zona funny


Fanfic / Fanfiction O retorno do deus absoluto - Capítulo 21 - Zona funny

 CAPITULO ANTERIOR

- E-eu... c-co-con-consegui!!! - Ele ergueu o saco bem alto, enquanto o seu sangue manchava a escada de mármore. - E-eu vou... Pro-prote-gelos...

 CAPITULO ATUAL

hui estava se recuperando da última aventura que teve com Bell, a aventura que poderia lhes custar a vida.

- Bell... - chamou o Albino que estava na cama ao lado. o mesmo virou o rosto - quando que a gente pode sair dessas camas? eu não gosto de ficar parado... - indagou com o tom de tédio na sua voz.

- hui-san, a deusa disse que devemos ficar ao menos mais um dia de cama... - disse no mesmo tom de voz que o rosado/ruivo na cama ao lado.

- espero que passe rápido o dia... - pensou fechando os olhos e lentamente pegando no sono.

(...)

"Longe dali, pra ser exato milhões de anos luz..."

Um garoto de cabeleira rosa com mechas ruivas, vestia um tipo de colete cinza fechado calça moletom e usava uma máscara de sono na testa. A cor de seus olhos agora não era mais verdes Onix e sim vermelho sangue com o ponto central igual a uma cruz preta e seu inseparável cachecol.

- ah... pensei que era uma zona divertida... - suspirou observando de cima todo o local coberto por brinquedos e armas.

- EI EI O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AÍ EM CIMA? - gritou um ser saindo do fundo dos brinquedos.

- DIGAMOS QUE EU MORRI E NÃO SEI O QUE ESTOU FAZENDO AQUI! - gritou devido a longitude.

o ser foi se aproximando do pilar e o homem pertencente a cabeleira rosa apenas o tocou e ele diminuiu. o ser maravilhado com tal ato se aproximou mais e o rosado pode ver melhor o ser. o mesmo parecia ter uma cabeça quadrada com uma tela (como a de tv) e seu corpo parecia o de um robô.

- prazer, me chamo Heinz lucadio e você como se chama? - perguntou curioso.

- eu me chamo Natsu dragneel - sorriu.

- então natsu, como você veio parar aqui? - perguntou.

- bom...

(...FLASHBACK...)

[Natsu]

depois do portal fechar eu estava caindo no núcleo do planeta, pelo visto eu vou morrer... já esperando a morte, eu fecho os olhos e dou um sorriso só que ela não chega, abri os olhos e vejo um par de asas negras atrás de mim.

- o que está acontecendo? - pensei observando o planeta com pequenas explosões.

tentei olhar para trás e eu consegui nem que seja um pouquinho mas consegui. era um dragão com escamas negras, com um olho com a tonalidade diferente do outro, o dragão parecia ser um tipo de fantasma. eu estava cheio de cortes pelo corpo e muito cansado, acabei pegando no sono. assim que acordei eu estava nesse lugar e então vi minha arma ao meu lado e tudo o que fiz foi o fazer crescer e ficar sentado nele observando esse lugar entediante.

(... FLASHBACK...)

[autor]

- e foi isso o que aconteceu... - suspirou contando o que aconteceu.

- pelo visto passou por poucas e boas heim - suspirou surpreso com a história contada pelo dragneel.

- então eu quero ir embora daqui, como que eu faço, você parece conhecer o lugar muito bem - disse esperando uma resposta positiva.

- bom, conhecer eu conheço mas...

- mas?

- praticamente é suicídio - disse vendo o rosado surpreso.

- certo agora eu realmente quero ir! - sorriu animado.

- bom então me siga... - suspirou vendo que ele não iria desistir fácil.

depois de andar durante horas, os dois encontram uma caverna e entraram na mesma é só pararam quando viram um buraco gigantesco que parecia não ter fim.

- então... onde estamos? - disse Natsu.

- estamos na base dos 7 andares, é só você entrar aí e ir descendo, e então você chegará no primeiro andar, bom, eu já vou indo - disse andando para o lado de fora, porém seu corpo robótico é segurado pelo rosado.

- você conhece demais desses lugares, preciso da sua ajuda certo? - disse prendendo o robozinho sobre o braço - CRESÇA YEOUI - ordenou ao seu pilar que obedeceu. o mesmo não só de largura cresceu como também de altura, o pilar cinzento continuou a crescer dentro do gigante buraco sem fim e se sentou em cima do pilar que aumentava mais o buraco (não pensem besteira).

- DIMINUA YEOUI - ordenou novamente o pilar cinzento que obedeceu e diminuiu o seu tamanho para o original. os dois estavam caindo e pela pequena brecha de luz que adentrava o buraco, os dois podiam ver monstros de diversos tamanhos - heinz o que são eles? - perguntou curioso.

- eles são os desafiantes que perderam e agora estão condenados a morte, até que o próximo desafiante aparecer - respondeu sério.

- então se eu desafiar os guardiões, eles poderão ir embora e ser livres? - perguntou novamente curioso só que com um sorriso no rosto.

- provavelmente sim - disse se debatendo no braço do rosado - mas você precisa derrotar o guardião dos andares.

O mesmo deu um sorriso e do nada uma oreula prata apareceu acima de sua cabeça e seu cabelo agora era marrom e seu olho esquerdo estava em chamas.

- ótimo, e cadê ele? - perguntou sentindo a chama apagar de seu olho.

- está ali... - apontou para o ser que tinha o dobro do tamanho de Natsu que foi em sua direção e o mesmo se levantou (a aparência dele é a mesma do predador do filme alien vs predador, só que usava apenas um tipo de tanga).

- yo guardião-san, eu me chamo Natsu e quero que você segure rapidinho pra mim - disse jogando o pilar cinzento para o guardião e o mesmo foi segurar e seus braços com a força foram arrancados.

- &#$&#*&#$! - gritou em línguas de tanta dor.

- pelo visto você é bem fraco - disse decepcionado e se aproximando mais do guardião - libertem todos os desafiantes ou eu te transformo num prato de galinha - disse serio e o guardião liberou a todos - bye pessoal! - sorriu - até heinz, valeu! - disse o soltando de seus braços - ótimo, agora abra o portão do primeiro andar - disse e o guardião obedeceu. O mesmo andou até o chão com um pentagrama e o mesmo brilhou - valeu amigão, e foi mal pelo braço - sorriu lançando uma pequena bola de fogo na direção do guardião, seu corpo foi rodeado pela chama e seus braços voltaram, o ser sorriu.

- bom, rumo ao primeiro andar!



Notas Finais


E então, o que acharam?
Nossa o Natsu tá vivo?
Será que ele volta?
Bom descubra no próximo cap.

Pessoal, me desculpem não responder os comentários de vocês desde o começo da fic mas eu paro pra ler e isso me motiva mais ainda a escrever, obrigado pelos 198 favoritos e espero que continuem a me incentivar como fizeram. E eu estou aceitando qualquer ideia para melhorar a fic

Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...