História O Rockeiro e a Garotinha Inocente. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Castiel, Dajan, Dakota, Debrah, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya
Tags Amor Doce, Castiel, Lysandre, Rosalya
Visualizações 29
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Poesias, Shoujo (Romântico), Steampunk, Suspense, Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cara, a repercussão que está historia ta ganhando e incrível, quero agradecer a todos que estão favoritando! Estou dando de tudo pra arranjar tempo pra postar Fic todo dia! Espero que gostem, beijo amo vocês!

Capítulo 5 - Desculpas aceitas ?


Fanfic / Fanfiction O Rockeiro e a Garotinha Inocente. - Capítulo 5 - Desculpas aceitas ?

Nessa noite foi realmente difícil pegar no sono, Castiel aquele idiota! Por que não consigo parar de pensar nele ?! 

Passando algumas horas, eu consigo emfim cair no sono, porém acordei tarde, oque me fez levantar com dor de cabeça e me arrumar o mais rápido possível, corri até a escola e de cara me encontrei com Castiel, ignorei completamente, entrei na sala e a aula passou como de costume, emfim a aula acaba, não consegui ver mais Castiel, uma coisa boa por assim dizer, cheguei em casa quebrada, e já me joguei no sofá, meu Pai não estava em casa, possivelmente trabalhando, aproveitei que era Sexta-Feira e pedi uma Pizza, pra assistir um filme e ficar acordada até tarde, a pizza chegou em 20 minutos,  já ataquei uns 3 pedaços, assisti ao filme e quando acabo, guardei o resto da pizza dentro do micro-ondas, depois subi, escovei os dentes, e fui deitar, fiquei no celular até pegar no sono.

No dia seguinte, acordei com uma ligação da Rosalya.

-Hum? Aló ?

-Carol ?

-Sou eu...

-E a Rosalya.

-Acha que eu não reconheço a sua voz ?

-Ha ha ha, e verdade ei ta doente ?

-Não por que ?

-E porque está com essa voz rouca ?

-Você acabou de me acordar né!

-Há desculpa, mas já estava na hora e meio dia, como pode dormir tanto ?! Mas voltando ao assunto, eu te liguei pra convidar você pra ir no shopping comigo quer ir ?!

-A tudo bem, vou levar alguns minutos pra ta ai...

-Há ok, vou te esperar na entrada do shopping, sabe e bom passarmos um tempo juntas depois da sua viagem, senti estamos distantes, mas tudo bem fico muito feliz! Beijos te espero lá!

-Beijos, tchau.

Levantei da cama, tomei banho e coloquei uma roupa normal pra sair, saindo do meu quarto vejo meu Pai dormindo no sofá deve estar cansado, também fica o dia todo trabalhando merece um descanso, sai de casa, evitando fazer barulhos pra acorda-lo, , ando algumas ruas, até chegar no shopping, como esperado Rosalya me esperava, eu ainda sonolenta tento cumprimenta-lá, mas a mesma me encara indignada.

-Oque foi ? - Falo sem entender.

-Oque foi ?! Ainda me pergunta ?! Que roupa e essa menina ?! - Ela fala auto.

-Calma não grita! E só uma roupa afinal! - Falo tampando sua boca.

-Não, não venha! - Ela me puxou pelo braço, indo pra dentro do shopping.

-Calma! - Paramos em frente a uma loja de roupa, e adivinhe era a loja da Mãe da Rosalya.

-Aqui, entra vamos, achar uma roupa dessente pra você! 

Entrei sem exitar, porque sei se não entrasse a mesma iria insistir, entrando de cara, a mesma já pegou um monte de peças de roupas, camisetas, blusas, calças, shorts, vestidos, não dava nem tempo de opinar, quando menos percebi já estava em um provador, tirando e colocando peça por peça, nenhuma a deixava satisfeita, até chegar em um vestido preto, com detalhes azul, parecendo vitoriano, tenho que admitir que era realmente muito bonito, só avia um problema como eu vou pagar isso ?

-Ficou ótimo em você esse! Ainda mais com essa bota! - Ela fala dando um par de botas pretas, canos autos, que iam até a coxa.

-Rosa, agradeço tudo, mais como eu vou pagar por isso ? - Falo mostrando meu cartão que tinha ainda 200 reais de saldo, porém a roupa como era feita pela Mãe da Rosalya era muito cara, e também tinha que pagar o par de botas, e se eu não levasse ela não me deixaria em paz.

-Não precisa pagar! E cortesia da sua Maninha! - Ela sorri pra mim colocando a roupa na sacola, e as botas dentro de uma bota.

-Rosa...Agradeço realmente oque está fazendo, mas não posso aceitar...- Falo negando pegar a sacola.

 -Por que não ?! Eu estou te dando ué...E se você não aceitar, não vou ter outra opção a não ser, ficar muito chateada por não querer aceitar meu presente - Ela como de costumo insistiu.

-Tudo bem... - Pego a sacola, e emfim saímos da loja, e a nossa próxima "estação" segundo a Rosalya, seria o salão de beleza.

Paramos na frente do salão e entramos, Rosa iria cortar o cabelo, enquanto eu, me senti a vontade de pintar meu cabelo, já que a cor rosa, estava desbotando, escolhi a cor preta, que cairia bem com as minhas lentes de olhos violetas.

Quando terminamos, fomos embora, e nos despedimos, o dia passou como de costume, no dia seguinte resolvi passar o dia todos em casa, tudo normal até ai, porém uma chamada desconhecida no meu celular chamou minha atenção.

O domingo como todos, passou rápido, segunda feira, eu acordei sem nenhum animo, e fui para a escola, fiz o mesmo trajeto ignorei Castiel, falei com a Rosalya, fui pra aula, no intervalo, fui para o pátio e como estava sem animo, era só pra me isolar um pouco, e pra minha surpresa, quem me aparece ? Castiel, mas ao invés de mudar de lugar, apenas o ignorei.

-Não devia ficar sozinha - Fala ele jogando o cigarro fora.

-E quem e você pra decidir oque e melhor pra mim ? - Falei olhando pro outro lado.

-Quer saber, cansei! Eu sei que fui um completo idiota com você! Sei que por minha causa você foi embora, mas quer saber ?! Eu me arrependo muito, de não ter aproveitado a chance de ficar com você antes, e isso espere que me perdoa...-Ele fecha a cara e sai andando.

Eu seguro a sua mão impedindo-o de prosseguir...

-Espera...

Continua?


Notas Finais


E Gentonha vocês estão gostando muito dessa historia! Isso realmente me deixa feliz! A meta e de 30 Favoritos, se chegar posto novos caps essa semana! Beijos! Amo vocês demais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...