História O Romance de Cartaphilus - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Cartaphilus, Espíritos, Futuro, Gay, Romance, Vida Escolar, Yaoi
Visualizações 3
Palavras 670
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpe o atraso e o tamanho do capítulo. É semana de prova e estou apertado. Boa leitura!

Capítulo 3 - Uma descoberta


Logo após o intervalo acabar, só horários restantes de aula, ocorreram normalmente, de certa forma, menos para Alexander, que estava nervoso com o que Dzhefferson disse. Dando, enfim, o último sinal, Alexander já estava esperado por Dezhefferson, que logo chega ao local.

__ Pensei que não viria. - disse Dzhefferson.

__ Você me chamou e eu vim. - responde Alexander.

__ Você me deixou com uma dúvida, melhor dizendo, me deixou um pouco confuso. - diz Dzhefferson se aproximando de Alexander.

__ C-como? - responde Alexander, que ficou corado.

__ Assim…

Dzhefferson beija Alexander na boca, que fica surpreso, mas acaba se rendendo a Dzhefferson. Mas, algo de estranho aconteceu, os olhos de Alexander se tornaram vermelhos, e sua personalidade passou de tímida para sedutora, tanto que ele tomou controle sobre o beijo. Dzhefferson se afasta.

__ Sabia que havia algo de interessante em você! - Dzhefferson diz, com saliva escorrendo do canto direito da boca.

__ Como assim? - diz Alexander, com seus olhos voltando ao normal.

__ Você é parte íncubo. - diz Dzhefferson se aproximando novamente de Alexander.

Alexander começa a se sentir diferente com a aproximação de Dzhefferson.

__ O que está acontecendo? Como assim parte Íncubo? - diz Alexander, antes de desmaiar.

Horas depois, Alexander acorda em uma casa desconhecida para ele.

__ Onde eu estou? - diz Alexander.

__ Na minha casa. - diz Dzhefferson, sentado em uma cadeira perto da cama onde Alexander estava deitado.

__ O que está acontecendo? - pergunta Alexander, se levantando.

__ Sua parte Íncubo despertou e seu corpo não se adaptou não tinha se adaptado. - responde Dzhefferson.

__ Como assim? O que é Íncubo? - pergunta Alexander.

__ Digamos que você é parte demônio, no caso, o Íncubo. E aparentemente, este seu lado despertou quando eu lhe beijei. - responde Dzhefferson.

__ Do que você tá falando? - indaga Alexander.

Dzhefferson pega um espelho, e se aproxima de Alexander, colocando a mão em seu rosto, os olhos de Alexander ficam vermelhos e Dzhefferson mostra-os pelo espelho, o logo em seguida os olhos voltam ao normal.

__ Ainda não entendo. Quer dizer que essas coisas de demônios e anjos existem? E que eu sou parte disso? - pergunta Alexander, surpreso.

__ Futuramente lhe explicarei melhor. Digamos que agora você só precisa saber que existem coisas e seres além da compreensão humana. E que você faz parte dela. - diz Dzhefferson.

__ E o que eu farei agora? Vou poder viver uma vida normal ainda? - pergunta Alexander com olhos cheios de lágrimas.

__ Existe uma forma, mas talvez você não vá gostar. - diz Dzhefferson.

__ E qual seria? - pergunta Alexander.

__ Fique comigo! - exclama Dzhefferson.

__ Pera aí. Como assim ficar com você? - pergunta Alexander.

__ More aqui comigo, lhe ensinarei sobre sua espécie, e sobre tudo que precisa saber sobre os seres que rondam escondidos dos humanos. Você aceita? - diz Dzhefferson com um sorriso suspeito no rosto.

__ Só com se me prometer duas coisas! - diz firmemente Alexander.

__ E o que seria? - pergunta Dzhefferson.

__ Primeiro, prometa que ainda terei uma vida normal. E segundo, torne-se meu companheiro. - diz Alexander.

__ Você terá uma vida normal, depois que se adaptar. E por quê quer eu como companheiro?

__ Percebi que quando lhe dei aquele beijo depois que me ajudou com o ferimento na boca, que não estava simplesmente te agradecendo, e que inconscientemente comecei a gosta profundamente de você o que me deixou bastante nervoso, mas depois do segundo beijo, só comprovou isso, e quis que se torna-se meu. - diz Alexander.

__ Entendo. Não esperava isso vindo de você, mas isso deixa as coisas muito mais interessantes. - diz Dzhefferson, que agarra Alexander e o beija.

Se agarrando e beijando, Alexander e Dzhefferson, caíram na cama, os olhos de Alexander ficaram vermelhos, e o mesmo começa a tirar a roupa, logo em seguida Dzhefferson também tira a sua roupa. Os dois fizeram sexo durante toda a noite.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...