História O segredo - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias A Marca de uma Lágrima
Visualizações 4
Palavras 1.268
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Suspense, Violência
Avisos: Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Este capítulo tem um pouco mais de violência. Espero que gostem e comentem com suas tripas.

Capítulo 3 - A segunda vítima!


Fanfic / Fanfiction O segredo - Capítulo 3 - A segunda vítima!

Horas depois, Tony havia sumido novamente e Kathy estava muito nervosa com o que tinha acontecido e não parava de pensar no corpo de Willian jogado daquela forma e se sentia culpada sem saber o por que então Kathy, assustada resolve ligar para a irmã pra desabafar Ashley _Alô, Kathy! E Kathy respondeu _Olá, Ahsley aconteceu algo terrível hoje, estou muito nervosa preciso de você pra me ajudar! Ahsley preocupada com a irmã falou _Nossa... O que aconteceu? Você está bem? Me conte o que houve. Kathy _Eu havia conhecido um lindo rapaz que fazia parte da empresa anfitriã do evento, ele havia se interessado por mim e eu por ele, no entanto ele só queria me levar pra cama, pois me chamou para sair, jantamos, fomos a uma galeria de arte de um amigo dele e quando voltamos para o hotel não sei como ele me enbriagou e quando acordei, estava em sua cama sem roupas! Ashley falou _Mais por que você aceitou as bebidas que ele lhe oferecia? Kathy _Não consigo lembrar se ele havia me dado alguma bebida, só lembro que ele tinha dito que iria buscar o vinho para bebermos e depois não conigo lembrar se ingeri algo. Então não queria mais falar com ele, estava com muita raiva e de repente hoje quando amanheceu, ele estava no quarto com as tripas despejadas sobre o tapete... Ahsley perplexa com o que ouviu, respondeu _Minha nossa... Quem fez isso? Já descobriram? Kathy então respondeu a irmã que não sabia e pediu para que não contasse ao seu pai e as duas se despediram e desligaram. Kathy ainda estava muito assustada, quando alguém tocou na porta de seu quarto. Ela abriu a porta e olhou atentamente para o rosto daquele homem que parecia zangado e ao mesmo tempo triste, se vestia bem, era alto, moreno e olhos pretos. Ele falou _Boa tarde, me chamos Jorge Silver, sou o amigo de quem Willian havia falado para você. Ele me contou tudo o que aconteceu depois que saíram da galeria em que eu trabalho. E queria saber o que aconteceu ontem, ele me falou que tinha convidado você para jantar, um jantar a dois. Kathy ficou pálida ao ouvor tudo aquilo e respondeu _Mais moite passada só nos vimos no elevador de manhã, ele me chamou para sair, mas eu não disse nada e entrei em meu quarto. Não sei de onde ele tirou que iriamos jantar juntos. Jorge enfurecido, responde _Você só pode estar mentindo, Willian nunca mentiu pra mim. Ele estava tão feliz depois que conheceu você e pelo que estou vendo meu amigo estava cego e apaixonado por uma mentirosa. Se você sabe quem fez aquilo com ele vai ter que me contar ou denuncio você por ser cúmplice de um assassino. kathy não sabia o que fazer e chorando ela começou a falar _Eee...eu juro que não marquei nada com Willian. Não consego nem mesmo lembrar o que fiz noite passada! Não estou acobertando ninguém... Por favor não me denuncei... Jorge estava com muita raiva e ao mesmo tempo confuso, pois não conseguia imaginar essa pobre mulher matando alguém, mas o ódio consumia a sua alma e não conseguia ter pena dela então ele falou _Vou lhe dar 48hs para se lembrar de tudo o que aconteceu e se não me falar nada você se entenderá com a polícia, lembre-se que tenho provas de que vocês iriam jantar noite passada, as mensagens estão todas em meu celular. Em um clic posso ferrar com você!! Então ele olhou bem fundo nos olhos de Kathy e saiu... Kathy estava apavorada, não tinha coragem de contar isso a ningém e não sabia o que fazer. De repente Tony aparece enfurecida e começa a falar _Quem aquele filho da puta... pensa que é... Arg... Ele sentirá na pele a humilhação que fez a kathy passar. Seu fim será pior do que o de Willian haha...! A noite Jonh foi até o quarto de Kathy e bateu na porta... Toc! Toc! Quando ela abriu parecia estar aliviada e falou _Boa noite, Jonh! Ele respondeu _Boa noite kathy, estou aqui para lhe convidar para jantarmos, você parece não ter comido nada desde mais cedo. Eu insisto! Então Kathy não sabia como dizer não e aceitou, após o jantar, ela se sentia melhor, no entanto, não parava de pensar nas palavras que Jorge havia dito a ela. Algumas horas depois, Jorge havia chegado do trabalho, estava se sentindo muito mal pela morte do amigo e nada lhe fazia pensar na possibilidade de Kathy não ter nada a ver com o assassinato de seu grande amigo! Quando abriu a porta de seu apartamento, modesto, como o de todo pintor com muitos quadros, tintas por todo lado, desarrumado, mas acolhedor. Ele estava sentindo como se alguém estivesse lhe observando, então ouviu um barulho na cozinha e disse _Que estranho, que barulho é esse vindo da cozinha? E foi ver, no entanto ele não esperava que tinha um hóspede e falou _Olá, Tomas o que faz aqui, a Dona Júlia não vai gostar de saber que está entrando assim no apartamento dos outros sem permissão e seu hóspede sem entender repete sempre a mesma coisa _Miau... Miau... Jorge foi tentar arrumar seu apartamento, pois alguns amigos tinham lhe visitado e um deles quebrou um espelho que estava recostado na parede, mas antes disso foi fechar as janelas e achou muito estranho, pois apareceu um corvo em sua varanda e disse _Que estranho, nunca havia visto este pássaro por aqui! E achou mais esquisito ainda a sua porta estar aberta! E pensou _Não fechei a porta?! Nossa estou muito paranóico e foi fechá-la, mas quando apertou a maçaneta e virou a chave ouviu passos por cima di espelho quebrado e rindo falou _kkk... Tomas, seu gato bobo saia dai ou vai se cortar! E quando Jorge se virou para ver o gatinho teve uma grande suspresa, pois quem estava na sua frente não era Tomas e sim o a assassina de seu amigo! Tony que estava com um caco de vidro na mão resolve falar _Você queria saber quem matou seu amigo, certo? Então aqui estou, prazer me chamo Tony Prescott, não vai me cumprimentar.haha... Jorge não entendeu nada, mas estava furioso e falou _Eu sabia que era você, sua assassina. Por que fez aquilo com meu amigo?!! E a única coisa que ela falou foi _Porque ele me fez voltar ao passado! Ele pegou o celular e falou _Foi um erro, você vir aqui. Agora sofrerá as consequências do que fez. Vou ligar para a polícia e passará o resto da sua vida na prisão. Tony soltou uma risada irônica e falou _Haha... Não vim aqui para você me castigar, pelo contrário você que será castigado. Jorge não deu atenção ao que estava nas mãos de Tony, ele a via como uma garota assustava e pensou qie ela queria apenas se sentir superior depois da humilhação que ele a fez passar. Estava muito ansioso e quando colocou o celular no ouvido para falar com o investigador, não pode soltar se quer um grito de socorro, pois Tony enfiou o caco de vidro direto no seu percoço, enquanto ele estava virado. O investigador atendeu mais a ligação caiu e Jorge estava no como derramando muito sangue, mas Tony estava com ódio, então virou o corpo e começou a furar até abrir a barriga para que as tripas saíssem... Depois de furar toda a barriga e o rosto... Ela foi embora com um grande sorriso no rosto... Dizenso _Mande lembranças ao Willian por mim... Haha... Ha...


Notas Finais


Espero que gostem e logo logo tem mais! :-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...