História O Segredo Da Lenda - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Demonios, Fadas, Império, Mistério, Revelaçoes
Visualizações 51
Palavras 589
Terminada Sim
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá galera, mais um capítulo para vocês. Desculpem não deu para mim escrever ontem a noite rs Boa leituraa!

Capítulo 4 - A Floresta


Fanfic / Fanfiction O Segredo Da Lenda - Capítulo 4 - A Floresta

Cheguei na parada de ônibus, e sai apressada para a tal floresta. Me deparei com um povoado que estava habitando ali. Fiquei um pouco curiosa, pois não sabia que havia moradores ali. Eles provavelmente viviam da agricultura. Percebi que me lançaram olhares curiosos e estranhos, senti um leve desconforto. As casas eram de madeira, haviam crianças brincando e senhores com enxadas limpando os plantios. Me pareciam felizes por estarem ali. A floresta ficava quase de frente para o povoado. Criei coragem, e fui até um senhor que trabalhava tranquilamente ali. Logo perguntei educadamente:

— Com licença, o senhor poderia me informar se há algum monumento histórico construido dentro da floresta?

Logo, o senhor virou-se e vi sua face horrenda. Ele tinha uma barba branca mal cuidada e bigode, olhos maus, e uma cicatriz enorme na bochecha. Então me respondeu com uma voz estrondosa:

— Estou surpreso com sua tamanha coragem para vir até aqui me perguntar isso.

Apavorada mas me controlando, ao máximo, falei:

— Curiosidade é tudo.

Ele gargalhou semelhante a um gigante, revelando seus dentes pretos afiados.

— Olha menina, se eu fosse você iria embora agora. — Sugeriu em tom de alerta

— Não vou sair daqui até que me responda! — Levantei a voz autoritária

— Ui, quer dar uma de corajosa. Tudo bem, tudo bem. Siga reto na floresta e encontrarás uma trilha. Siga essa trilha sem olhar para trás, há um quilômetro e meio você irá achar o que ta procurando.

— Obrigada. — Agradeci sarcásticamente quando virei as costas e ele puxou meu braço

— Boas garotas obedecem os mais velhos. — Disse arregalando seus olhos maldosos em tom ameaçador

— Dane-se! — Puxei meu braço e fui em direção a trilha. Ele ficou me olhando sem ação

Entrei na floresta. Era bem assustadora. Olhava para os lados seguindo na trilha, tinha bastante lama por ali. Sorte que eu estava de tênis, não que isso seja sorte mesmo porque quando mamãe ver eles sujos, irá me matar.

A cada barulhinho no mato, eu fixava rapidamente. Podia ouvir meus passos longos e rápidos. O pulsar do meu coração que estava acelerado. Meu Deus! Eu não vou morrer aqui! Andei mais de um quilômetro e já pude avistar uma estátua ao longe. Ainda bem! A floresta estava verde, tinha muito barulho de animais e grilos. Estava um pouco escuro, já era umas 16:00h. Estava perto do anoitecer, eu só  precisava me aproximar da estátua e cair fora. Pelo menos eu vim preparada. O estranho era que as árvores não se moviam e o vento não estava a soprar. 

Me aproximei da estátua e pude ver o quanto que ela era bem esculpida. Eu só não compreendo o porque que ela está aqui, porque foi esculpida aqui, o que ela simbolizava. Era na verdade um homem velho muito parecido com um Deus, barbudo, vestindo roupas de majestade. Em sua mão direita apontava para o sul e na esquerda segurava uma bola de cristal. Aos seus pés, uma garota com cabeça baixa, cabelos negros longos que tocavam suas coxas. Ela estava sentada sobre suas pernas. E nas suas costas havia duas cicatrizes. Ela me parecia triste. Mesmo sem mostrar sua face. A estátua era negra e aparentava ser antiga. Me aproximei mais, até enxergar algo escrito. Era um idioma que eu não sabia destingüir. Porém o ano eu compreendi:

            "20/05/1440"

Estranho. Ja vi isso antes. Olhei em volta para baixo, e percebi que ninguém pisava ali, só tinha meu rastro. Mais adiante, a trilha continuava. 

Rapidamente retornei. Precisava sair dali. Já estava ficando muito escuro, apressei o pé e consegui sair. 



Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo, eu ainda vou continuar rsrs Obrigada por ler até aqui e beijosss meus amores ♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...