História O Segredo Da Lenda - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Demonios, Fadas, Império, Mistério, Revelaçoes
Visualizações 40
Palavras 360
Terminada Sim
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um simmm, apreciem o capítulo ♡♡

Capítulo 5 - Sinais


Fanfic / Fanfiction O Segredo Da Lenda - Capítulo 5 - Sinais

Ao sair daquele lugar, peguei um ônibus e voltei para casa, como previsto cheguei a noite. Quando me aproximei da porta, ouvi meus pais conversando sobre ligar para alguém, e ao abrir a porta, eles me viram e senti um clima de alívio. 

— Filha! — Gritou papai correndo ao meu encontro para me abraçar

Me revistou inteira aliviado e questionou.

— Onde você esteve esse tempo todo? Quer matar seus pais garota?

— Calma papai. Eu só estava dando uma volta por ai para espairecer. Já que  não tenho amigos e nada para fazer. — Respondi tranquilamente

— Você poderia ter avisado menina. — Disparou mamãe

— Desculpa por ter deixado vocês preocupados. Não acontecerá mais. 

— Esta bem, querida. Acho melhor isso não se repetir mais. — Suspirou papai enquanto segurava minhas mãos

— Pode deixar papai. — Conclui e logo subi as escadas indo para o meu quarto

Naquela noite mal consegui dormir. Tive pesadelos horríveis. Acordei várias vezes gritando desesperada e o suor escorrendo sobre meu rosto. Eram mais ou menos assim: Lobos correndo atrás de mim, me dilacerando. Uma voz no meu ouvido gritando "Socorro!", me vi também presa em um espelho. Eu não entendo. Talvez essa lenda esteja afetando meu psicológico.

Senti alívio ao amanhecer. Minha mãe topou comigo no caminho do banheiro, e ficou desesperada ao ver meu estado. 

— Meu Deus filha! Porque você está assim? — Falou aos berros

Eu preferia ficar calada.

— Nada mamãe, estou normal. Larga de ser paranóica! — Disparei 

Sai caminhando para o banheiro enquanto ela resmungava coisas que prefiro não dar ouvidos.

Entrei no banheiro, fechei a porta e fui deslizando sobre ela até sentar no chão. Passei a mão no meu rosto cansado por não ter conseguido dormir. Em seguida, levantei e me olhei no espelho. Percebi que mamãe tinha razão em me questionar. Mas nada que uma boa ducha não resolva e um quilo de protetor solar bege para disfarçar as enormes olheiras também. Aquelas imagens horriveis veio a tona na minha cabeça, foi como se estivesse as vendo no espelho. Logo me afastei depressa e parti para o box tomar minha ducha. Apesar do cansaço estava faminta, precisava reforçar meu café da manhã.


Notas Finais


Continuaaaa amores ♥ perdoem os capitulos curtos, vou tentar digitar maiores rsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...