História O segredo da magia - Snarry - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Harry Potter, Hermione, Magia, Ron, Segredo, Severus Snape, Snarry
Visualizações 167
Palavras 820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Divirtam-se 💜

Capítulo 12 - Eu te amo


Fanfic / Fanfiction O segredo da magia - Snarry - Capítulo 12 - Eu te amo

No dia seguinte Snape olhava de longe para Harry, mas o mesmo não retribuía e aquilo o irritava, tinha passado o dia todo olhando para ele, no grande salão, olhou para ele quando passava pelos corredores, por escadas e por onde ele passava Snape tentava chamar a atenção, mas Harry não dava e simplesmente ignorava sua presença. Quando chegou a aula de poções Snape estava um tanto eufórico, explicava a matéria e olhava para Harry que o olhava sem interesse. Bateu o sinal para o fim das aulas Harry sai da sala e não percebe que Snape o encarava.

Mais tarde naquele dia Harry caminhava de volta para o dormitório.

- Onde vai Potter? - Harry paralisa.

- O que você quer Draco?

- Conversar.

- Não tenho nada pra falar com você.

- Nem eu - Ri irônico - Mas Crab e Goyle tem - Os garotos aproximam.

- Não de novo não - Harry recua para correr, mas eles pegam ele e começam a bater.

- PARA, PARA - Harry grita 

-CALA A BOCA POTTER, SEU VERME NOJENTO - Draco ia bater no rosto do garoto, mas alguém segura sua mão.

- P - p - professor Snape - Gagueja Crab 

- O que vocês pensam que estão fazendo? 

- Nós só estávamos... é ... é - Draco tenta explicar.

- Para a diretoria agora - Snape começa a apertar a mão de Draco - Antes que eu mesmo expulso vocês - Solta a mão do garoto que sai correndo com os amigos. Snape olha para Harry encolhido no chão.

- Consegue se levantar?

- Sim - Se levanta com dificuldade - Obrigado - diz com a cabeça baixa.

- Você está bem?

- Vou ficar.

- Sua perna está machucada.

- Eu vou ficar bem, obrigado - Diz grosso

- Deixa eu te ajudar.

- Me deixa em paz Snape - Severus pega Harry no colo.

- Me solta, não estou brincando - Diz Harry com raiva.

- Me deixe cuidar de você - Vai andando.

- Pra quê? Pra você me usar e me descartar depois? Onde você está me levando?

- Para o meu quarto.

- Me coloca no chão agora.

- Fica quieto - Ordena e continua caminhando até seu quarto, fecha a porta e coloca Harry em sua cama, vai até o guarda-roupa e pega a maleta de primeiros socorros, volta para junto do garoto e começa a cuidar da perna lesionada de Harry. Depois de muito silêncio Harry se pronuncia.

- Porque está fazendo isso Snape? Está tentando brincar comigo? Isso é ridículo - Snape continua a cuidar de Harry.

- percebi que as palavras que eu disse eram vazias e as consequências delas me destruíram - Olha no fundo dos olhos de Harry que engole seco.

- Preste a atenção no que vou dizer. Eu te amo e me sinto horrível por ter sido um babaca com você, me perdoe.

- Snape você nunca vai conseguir me enganar, já fui ingênuo demais acreditando em você. Você tem ideia do que é amar alguém e a pessoa pisar nos seus sentimentos como se fosse uma folha caída de uma árvore? - Harry começa a chorar, chorava de raiva precisava falar aquilo que estava guardado a muito tempo - Amar você também teve consequências, você me humilhou Snape, você me xingou e agora diz que me ama? 

- Todo esse tempo meu coração acelera quando te vê, dói quando você me rejeita, pulsa forte quando você me olha, você me faz sentir coisas que nunca senti antes e não quero sentir isso por um momento, quero sentir todos os dias da minha vida.

- Snape e - e - eu não estou entendendo - Harry estava em transe.

- Pareço estar te enganando? Só por que estou falando o que sinto pareço ridículo? - O encara sério e o silêncio fica preso no ar.

- I - isso é sério Snape? - Harry continuava em choque.

- Eu estou apaixonado por você, outra vez você me chama e eu não consigo escapar. Será que a linha do meu destino é você? Meu coração está acelerado eu ainda fico olhando pra você, por isso minha respiração continua falhando. Mesmo de longe eu quero te proteger.

Estou diferente desde quando te ajudei com a mão cortada. Meu coração está direcionado a você, é como se eu já te amasse desde muito tempo, é como se eu fosse atraído por algo - Sorri - Você deve estar me achando ainda mais idiota agindo assim.

- Snape - Harry começa a chorar, mas era de felicidade - Eu sempre amei você.

- Me perdoe.

- Eu não sei se consigo te perdoar agora, doeu demais.

- Tudo bem, só te peço que não me deixe, não quero mais pensar em te perder de novo.

- Eu te amo Snape.

- Eu também te amo Potter. - Harry puxa o mesmo e o beija.


Notas Finais


Espero que gostem meus amores 💜💜 Desculpe ficar tanto tempo sem postar 💜💜 até a próxima ∆lways💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...