História O segredo de Jimin - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook, Jimin!top, Jungkookbottom!, Namjin, O Segredo De Henri
Visualizações 59
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi biscoitinhos, espero que gostem desse capítulo mesmo ele estando curtinho.
Me desculpem os erros ortográficos e boa leitura!♡

Capítulo 12 - Brigas e trabalho


Quando estávamos voltando da lanchonete, ouvimos algumas pessoas discutirem, uma delas parecia ser o Dylan, ou melhor, era ele. Ele esta cercado por um cara e duas meninas, será que ele aprontou o que dessa vez?


— O que será que ele fez desta vez? — às vezes eu penso que esses idiotas não tem mais o que fazer do que estar em uma briga o tempo todo.


— Ele deve ter tentando aquela cantada "Hey, princesa! Você é uma gata, sabia? E o feitiço virou contra o feiticeiro! Quem sabe assim a ficha dele não cai? — eu dei um sorriso para o Tae, sempre mas horas de tensão ele conseguia fazer alguma piada. Eu tentei ver o que estava acontecendo, o que foi falho, então eu fui me aproximando sorrateiramente.


— Mas moço, eu estou te dizendo, acredita em mim, eu não estava olhando para a sua namorada. Eu só estava de passagem, indo para o colégio, fica calmo. — o Dylan disse se cagando de medo, claro, ele estava sozinho.


— Você acha que eu vou deixar por isso mesmo? Eu já tinha visto você e os seus amigos idiotas encarando tudo quanto é mulher que passava. — para piorar a situação, a namorada do cara disse que ele estava sim, encarando ela.


— Porra, já disse, eu não sei de nada e não estou nem aí pra sua namorada. Eu só me interesso pelas novinhas solteiras. — acho que está na cara que o rapaz que é muito maior que o Dylan quer impressionar a namorada, acho que o Dylan está em apuros, se fodeu.


— Jeon? - Taehyung me chamou e eu congelei na hora. - Nem pense nisso que você está pensando em fazer, não esqueça que foi esse o cara que você empurrou contra a parede quando quis.... ajudar o Jimin.


— E daí, mano? Isso muda alguma coisa? — revirei os olhos voltando a prestar atenção na briga.


— Jeon, ele é um idiota! Você viu o que ele estava fazendo no centro da última vez? — suspirei e voltei a minha atenção ao Tae.


— Eu sei Tae... Mas agora ele está fodido de verdade! Mesmo ele sendo um idiota não quer dizer que ele merece levar uma surra. — eu voltei a prestar atenção na cena, aquilo só piorava, o cara de dois metros de altura estava segurando o Dylan pela camiseta, o cara estava sacudindo ele violentamente. Meu Deus, o Dylan não tem nenhuma chance com aquele cara, aliás, eu também não, o rapaz deu um murro na cara do Dylan, estou pasmo e com uma puta raiva, ele levantou a mão para dar um segundo murro. — Seu idiota, o que você esta fazendo? Deixa ele! — mais uma vez meu cérebro entrou em curto-circuito e eu agi antes de pensar, me metendo no meio da briga, eu sinto o meu sangue circulando na minha cabeça. Eu consigo sentir a própria pulsação do meu coração em meu ouvido.


— Quem é você? — o caralho de 7 metros de altura me perguntou em uma arrogância só.


— Jeon. E... Você? — o analisei todinho, acho que eke ficou incrédulo.


— O que você tem a ver com isso? — Bom, eu não sei o que responder mais preciso ganhar tempo.


— Ele é meu amigo. — a minha voz não passou muita confiança, mas também, com o tamanho do cara que estava na minha frente, posso concluir que vai ser difícil passar uma chave de braço nele. — Ele te falou que não fez nada, não precisava sair batendo desse jeito. — mais uma vez, para piorar mais a situação a namorada do rapaz abriu a boca, falando que eu pensava que era quem? Porra, queria passar a cara dela no chão. Aish, não exagera JungKook.


— Hey, seus idiotas! Não o menosprezem! Ele é um super-herói. - o Taehyung se juntou à mim, deu uma vontade enorme de voar em cima dele, mas vi que ele estava falando sério. — Eu já o vi em ação e não é pouca coisa. — o Jimin para do meu outro lado.


— Ele ali pode falar melhor do que ninguém. — o Jimin aponta para o Dylan, que fica caladinho, a Jasmine se juntou a nossa liga da justiça.


— Eu não sei fazer nada. Mas sei gritar bem alto e chamar a polícia. — a Jasmine disse e o cara soltou uma gargalhada horrorosa.


— Vocês acham que me dão medo? — de repente o Enzo chega.


— Eii Dylan, o que ta rolando? Oh cara! Oi Gregory! O que ta acontecendo aqui? — a cara de lagartixa, ou seja, o Enzo, disse coçando a nuca.


— Você conhece esse cara? — o cara de 2 metros de altura, que se chamava Gregory, perguntou.


— Conheço, ele é meu brother. Algum problema? — o Enzo se aproximou mais de nós encarando o Gregory.


— Não, de boa. Hein, cara? De boa, hein? — o tal Gregory dá um tapão no ombro dele. Um tapa amigável e viril, mas cheio de insinuações.


— Sim, de boa. — o Dylan está vermelho de vergonha e de raiva, ele respirou aliviado, coitado. O Enzo chamou novamente o Dylane disse que ele estava demorando de mais, ele se despediu do Gregory e eles foram embora sem nem olhar para a gente.


— Jimin, agora você já sabe como é tentar ajudar alguém e essa pessoa ficar TOTALMENTE agradecida. — o Taehyung joga uma indireta na cara do Jimin e morre de rir.


— Deixa pra lá, Jimin. O importante é que não aconteceu nada, não? — suspirei ficando mais próximo dos meus amigos.


— É, ele parecia bastante encrencado. — a Jasmine disse ficando ao medo.


— Foi muito inconsequente da sua parte. — tentei falar algo mas o Jimin me impediu. — A gente teve sorte, não brinca mais com isso quando você estiver sozinho. — meu Deus, que autoritário, nem vale a pena responder, de qualquer forma, ninguém nunca me entende quando acontece esse tipo de coisa.




Até que enfim a aula acabou, mas hoje a noite eu vou ter que trabalhar, trabalhar, trabalhar. O Jimin está em pé, ao lado da porta me esperando, dessa vez vamos continuar a preparar o seminário na minha casa.


— Vamos? — o Jimin falou comigo me tirando dos pensamentos, eu deixei um sorriso escapar de minha boca.


— Vamos... — arrumei meus materiais e coloquei a mochila nas minhas costas, seria uma longa noite.


Notas Finais


Vocês gostaram?

Link para quem quer entrar no grupo do whatsapp: https://chat.whatsapp.com/H3sclVF7pwV38UFGyXyDor

O Link do trailer da fanfic: https://youtu.be/z3ioc458UTQ


Amo vocês, um ótimo dia, bom final de semana. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...