História O senhor Arrogante - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Kim Taehyung, Tae
Visualizações 364
Palavras 1.773
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURA! 😘

Capítulo 21 - Brigas!


Fanfic / Fanfiction O senhor Arrogante - Capítulo 21 - Brigas!

Tae-Fico parado observando s/n sair enquanto meus olhos ardem com a atitude errônea que obtive ao apostar em ficar com ela. Droga de maldita aposta! Como sou idiota mesmo.-Dito tais palavras me aproximando da mesa, me sento e tento concentrar no que estava fazendo em meu netbook, mas uma raiva descontrolada me invade e o jogo contra a parede, merda mas o que eu estou fazendo! -Exclamo me levantando na intenção de ir atrás de s/n, saio de minha sala e entro no elevador e ao chegar na recepção ainda encontro a mesma conversando com Hope.

S/N-Preciso ir Hope.-Dito para o mesmo assim que avisto Taehyung saindo do elevador, ando rapidamente em direção a saída mas o mesmo me alcança.

Tae-S/N! Espera.-Peço segurando em seu braço.

S/N -Me solta seu pervertido idiota! Ja ganhou sua aposta agora me deixe! -Exclamo possessa me soltando bruscamente.

Tae-Espere vamos conversar direito!

S/N-Não quero mais saber de você. Park Hiung estava certo sou muito igênua em acreditar nas suas falsas palavras de amor.-Olho para o mesmo que se infurece.

Tae-Desde quando você fica de papinho com aquele idiota?

S/N-Idiota nada, ele só me alertou de como você é realmente e a idiota aqui não acreditou, mas acabei de confirmar que você não mudou nada Kim Taehyung!

Tae-O que ele tem haver com o que a entre nós dois hum? Isso é algo entre você e eu s/n.

S/N-Haha bato palmas com deboche, o quem fala em intimidade entre casal, você mesmo disse a ele o que fez entre quatro paredes comigo seu imbecíl.

Tae-O que? Aquele desgraçado me paga, nunca falei nada a respeito do que faço com você para ele, nem para meus amigos eu falo! -Exclamo incrédulo e com fúria, irei pessoalmente saber o que ele falou para você, vou quebrar a cara daquele infeliz.

S/N-Me deixa Kim, não me procure mais seu mulherengo descarado, você se arrependera de brincar comigo dessa forma!

Tae-Eu não estou brincando com você s/n! Pare com isso! Não ver que Park Hiung esta causando intriga entre nós?!

S/N-Se ele causa intriga então porque essa porra dessa aposta é verdade? -Questiono o mesmo que não me responde. Sabia! Você não mudou merda nenhuma.

Tae-A mesma da alguns passos para se distanciar mas a impeço novamente. Então vai ser assim, vai acabar o que esta havendo entre nós por causa do imbecíl do Park Hyung?

S/N-Foi você quem estragou tudo Kim. -O respondo chorando, passar bem! Espero que um dia você se ferre como você esta ferrando comigo.

Tae-Fico sem reação com as palavras de s/n e simplesmente a observo se distanciando, dando grandes passos apreçados olhando para o chão a sua frente.

S/N-Estou andando rapidamente sem hesitar em olhar para trás, nada em minha vida da certo! Por que você fez isso comigo Kim? Você é um grande imbecíl que meu coração inciste em amar, haaaa como me odeio por isso! -Exclamo sentindo lágrimas desserem por minha face, ando a esmo pela rua me sentindo um lixo por ser usada e enganada por Kim mais uma vez, sou desperta de meus devaneios com uma buzina de carro ecoando próximo a mim olho na direção do som e percebo ser Park Hiung, fico surpresa com tamanha coicidência mas me mantenho parada olhando em sua direção enquanto o mesmo estaciona o carro.

Park H.-Parece que o lance da aposta surtiu efeito, seguir ela hoje foi uma boa e é lógico irei dar um de bom moço e ter s/n em meus braços. -Dito em pensamentos enquanto ando em sua direção. Que coincidência encontrar com você! O que faz aqui sozinha e ainda por cima chorando, o que houve? Hum ja sei você conversou com o Tae a respeito do assunto de ontem?

S/N-Sim.-O respondo ainda chorando, você tinha razão ele realmente apostou em ficar comigo, me sinto usada Park Hiung, o mesmo me fita e logo em seguida me abraça.

Park H.-Não fique assim s/n!

S/N-Quero poder esquece-lo como um passe de mágica!

Park H.-Acho que precisa desabafar, vamos para minha casa a gente conversa melhor o que acha?

S/N-Fico indesiza e não sei se realmente devo ir, mas que mal tem ele só quer me ajudar sentimentalmente. Tabom vamos, preciso desabafar mesmo.-Sorrio minimamente para o mesmo e andamos em direção ao carro.

                                  (...)

Estamos sentados no jardim da casa do mesmo e logo ele puxa assunto a respeito do que houve o conto tudo.

Park H.-Mas eu te alertei sobre ele la na casa de praia do Hoseok, não quis me ouvir, você nunca deve acreditar nele, não sei se você ja ouviu falar mas ele é do tipo que fica com mulher e logo descarta, acho que ele esta esse tempo todo com você só para desfilar o que ele conseguiu se é que me entende.-Dito para a mesma me referindo a aposta.

S/N-Não entendo porque ele brinca tanto com meus sentimentos, queria que ele sofresse da mesma maneira que estou sofrendo agora.-Dito fitando a piscina a poucos metros de distância.

Park H.- S/N não fique assim,você é especial demais, ele não merece suas lágrimas.-Dito colocando minha mão sobre seu queijo fazendo com que a mesma me olhe, enquanto ele não te dar valor tem alguém aqui que se importa com você e te quer de verdade, falo tais palavras aproximando meus lábios aos da mesma.

S/N-Os lábios de Park Hiung tocam os meus e vejo o mesmo fechar seus olhos enquanto matenho os meus abertos, nada sinto pelo mesmo mas logo imagino Taehyung me beijando e fecho meus olhos correspondendo o beijo de Park Hiung, suas mãos acariciam meu rosto enquanto o mesmo me beija delicadamente, mas o Park Hiung cessa o ato.

Park H.- Desculpa s/n por beija-la assim tão subtamente.

S/N- Tudo bem.-Respondo para o mesmo sem jeito. É melhor eu ir embora.-Me levanto rindo sem graça.

Park H.-Por favor não vá agora fique para almoçar comigo? Se você negar eu vou ficar chateado. Hum, o que me diz?

S/N-Tabom com essa cara que você faz convence qualquer um.-Sorrio para o mesmo.

Park H.- Que bom que arranquei um sorriso seu, vamos entrar a mesa ja deve estar aposta.

Enquanto isso....

Tae- S/N ainda vou te provar que mudei por mais que você não me queira, não sei o que aquele idiota te falou, mas irei acertar as contas com ele, dito tais palavras terminando o meu almoço. De dentro do restaurante fito a rua e as palavras ditas por s/n a respeito do que Park Hiung disse a ela vem em minha cabeça e logo tomo a decisão de ir na casa dele. Saio do restaurante e logo dou partida em meu carro pronto para arrebentar a cara daquele infeliz.

Acelero o carro e em questão de uns quarenta minutos chego na casa do mesmo, toco o interfone e o imbecil aparece na porta de entrada sem camisa, o portão principal é aberto e entro como quem não quisesse nada.

Park H.-Ora Kim o que faz em minha casa?

Tae-Nem respondo nada e meto um soco no nariz do mesmo, você é um desgraçado! -Exclamo socando sua cara novamente.

Park H.-Ta nervoso é? Ja era Kim, s/n esta na minha novamente e você perdeu, cara não acredito que você foi tão loge assim apostando a garota.-Sorrio com deboche, confesso que fiquei surpreso.-Dito para o mesmo segurando meu maxilar que agora doi devido o golpe que levei de Taehyung. Você bate que nem uma bichinha, vou para cima do mesmo e logo o golpeio também, me desequilibro e caio ao chão juntamente com Kim que logo me golpeia novamente.

Tae- Se você encostar em s/n acabo com você porra!

.......................

S/N- Estou na sala de espera enquanto Park Hiung vai tomar o seu banho, escuto o interfone ecoar pela casa do mesmo mas permaneço em meu lugar, percebo que o mesmo atende e continuo sentada mexendo em meu celular, levo um susto quando escuto algo se quebrado, corro para a porta de entrada da casa e vejo Kim e Pak Hiung ao chão parecendo dois Pitbus brigando, fico perplexa com tal cena. PAREM! POR FAVOR, PAREM! -Grito chamando a atenção dos dois que cessam o ato.

Tae-Fico idignado por s/n ter vindo correr para a casa desse imbecíl e fico furioso com o ato da mesma. Então agora quem brinca com quem nessa porra de história hum? Me diz s/n? ME DIZ CARALHO!

S/N-Me assusto com Taehyung e o quanto o mesmo esta nervoso, sua face fica vermelha de raiva enquanto o canto inferior de seus lábios sangram. E... Eu não lhe devo mais satisfação! -Exclamo tentando ser firme.

Tae-Quer saber faça bom aproveito com esse idiota, aponto para o mesmo que ainda esta ao chão. A pior merda que fiz foi mudar por você s/n! Talvez você realmente seja uma vadia como todas as outras que ja fiquei.

S/N-Não diz isso! -Respondo tentando segurar o choro, você não tem o direito de me insultar dessa forma!

Tae- Então pare de dar motivos para que eu pense assim de você. Agora faça bom aproveito, vai lá continuar o que estavam fazendo ou que iam fazer, pensei que fosse diferente, pensei que realmente poderia entregar meus sentimentos a você, mas vi que me enganei.

S/N-O quem fala de sentimentos, não fui eu quem apostou em ficar com alguém e sair por ai desfilando como se fosse um troféu.

Tae-Posso ter errado em ter feito isso, mas foi essa maldita aposta que fez com que eu me apaixonasse por você!

S/N-Não consigo lhe responder nada e começo a chorar incistentemente.

Park H.-Permaneço ao chão vendo a discursão dos dois render conversa e decido mandar Kim ir embora. É melhor você ir embora Kim!

Tae-Não precisa mandar eu ir não, ja estou de saída!

S/N-Vejo Tae indo em direção ao portão principal e resolvo ir atrás do mesmo. Taehyung! -O chamo mas o mesmo continua indo em direção ao carro pisando firme ao chão, Taehyung! -O chamo mais uma vez e o puxo pela camisa.

Tae-O que você quer? Vai la abrir as pernas para ele.

S/N-Por favor não aconteceu nada! -Exclamo aflita. O mesmo fingi não me ouvir e entra em seu carro me ignorando e logo da a partida saindo em auta velocidade. Park Hiung se aproxima de mim me pedindo para entrar,mas nego. Quero ir para casa, quero ficar sozinha.-Dito chorando.

Park H.-Esta bem se você quer ficar sozinha! Eu a levarei para sua casa.

S/N-Prefiro ir andando, obrigado pelo almoço e desculpe o transtorno.-Dito entre soluços. Acho que não deveria ter vindo aqui.-Dito para o mesmo que fica me observando do seu portão enquanto me distancio. 


Notas Finais


Gente Park H. É um lobo em pele cordeiro. Bagaça kkkk

Comentem adoroooo! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...