História O senhor Arrogante - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Kim Taehyung, Tae
Visualizações 253
Palavras 1.678
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura amores! ❤

Capítulo 22 - Decisões!


Fanfic / Fanfiction O senhor Arrogante - Capítulo 22 - Decisões!

TAEHYUNG ON...

Tae-Perder você é a última coisa que eu quero s/n, mas não justifica você ter ido na casa desse idiota aproveitador.-Dito em meio a pensamentos enquanto estou dirigindo. Droga! -Exclamo socando o volante do meu carro, talvez eu tenha me enganado ao pensar que s/n realmente tivesse me dado uma oportunidade de demonstrar meus sentimentos a ela, essa é a primeira e última vez que uma garota me faz de idiota! Essa é a primeira e última vez que você me faz de idiota s/n! -Dito a mim mesmo furioso, cansei de ser otário na sua mão, eu posso estar apaixonado por você mas ainda tenho orgulho suficiente para lhe ignorar e te esquecer. Chego em minha casa e ao entrar Meylin fica me encarando.

Meylin-Senhor Kim o que houve? Se envolveu em alguma briga?

Tae-O que você acha? -Resposto a mesma com outra pergunta em um tom irônico.

Meylin-Me desculpe senhor Kim mas me preocupo com você.

Tae-Não preciso que você tenha pena demim, vai fazer suas obrigações lhe pago para isso. Observo a mesma indo em direção a cozinha sem dizer nada enquanto subo as escada indo em direção a meu quarto, ao entrar fito minha cama e flashs do momento ardúo que tive com s/n vem em minha cabeça, mas logo uma raiva me consome ao me recordar da cena da mesma na casa do imbecíl do Park Hiung. Haaaa s/n porque? -Me questiono internamente. Que porra! -Me praguejo ao ver meu reflexo no espelho. Aquele miserável deixou meu olho roxo aish! -Exclamo possesso, ando em direção a minha cama e me sento pensando em como fazer para esquecer s/n,passo a mão em meu cabelo na intenção de poder esfriar minha cabeça diante dessa maldita situação em que me meti mas é irrelevante, resolvo tomar um banho para me relaxar e assim faço, ja devidamente arrumado saio de meu quarto e fico na sala de estar. MEYLIN! -Chamo a mesma que logo apararece.

Meylin-O que deseja senhor Kim?

Tae-Traz aquela garrafa de Whyski pramim.-Peço a mesma que logo trata de ir buscar, após algum tempo a mesma chega com a bebida, consumo várias doses e logo percebo que ja estou na segunda garrafa, não obtenho mas controle de meus sentidos, meu corpo não obedece meus comandos, porém meu coração ainda paira em bater por s/n. HAAAA QUE PORRA! QUERO TE ESQUECER! -Pego a garrafa de Whyski vazia em minha frente e jogo com toda força contra a parede, ato este que faz com que Meylin chega dessesperada na sala onde estou.

Meylin-Senhor Kim, acho que você ja esta muito exautado! -Exclamo preocupada e percebo o mesmo me fitar de pé, porém sem equilíbrio nenhum.

Tae-Eu decido quando devo parar de beber nessa porra aqui, aliás liga para aquela boate e fale com o atendente que Kim Taehyung quer a vadia de sempre.-Dito rindo. ANDE MEYLIN! Quero me divertir um pouco.


Meylin-Senhor Kim esta tão bêbado que a fala do mesmo esta desconexa, não sei se devo chamar alguma prostituta aqui.Ah meu Deus e a garota que ele esta tendo um caso, como ela vai ficar? -Me questiono em pensamentos, mas se eu não fizer o que ele pede posso ser demitida, que decisão dificil,fico indesiza olhando para o mesmo.

Tae-Você ouviu, vai logo chamar, fica me olhando com essa cara de paisagem não! ANDE!

Meylin-Vou rapidamente ligar para a boate e assim faço, peço que mande a garota que o senhor Kim deseja e o atendente me diz que em vinte minutos a mesma chegará, aviso o senhor Kim que não me responde nada, apenas fixa seu olhar em direção a porta de entrada. Minha vontade é de ligar para aquela garota, mas não vou me meter pode sobrar pramim.

Tae-Fico por um tempo sentado e após alguns minutos a garota que eu pedi chega, simplesmente linda e gostosa, mas nada se compara a s/n, me levanto meio cambaleando para recepcionar a mesma que logo faz seu papel de me seduzir, falo para a garota subir a escada e assim ela faz, chamo por Meylin que não demora muito e aparece. Pode ir para sua casa descançar, não precisa vir amanhã eu me viro, vou te dar o dia de folga, a mesma assente e logo vai para a sua casa, fecho a porta e subo a escada indo em direção a meu quarto, ao abrir a porta a vadia ja se encontra somente de Lingerie em cima de minha cama.

TAEHYUNG OF.

S/N-Não voltei para o dormitório da faculdade desde o momento em que sai da casa de Park Hiung, ja é noite e de longe observo as luzes coloridas que refletem sobre a água que cai ao lado da ponte do Rio Ham, o vento gélido paiara sobre meu corpo me deixando arrepiada, as palavras de Kim vem de súbito me deixando magoada, por jogar em minha cara hipoteses irrealistas do que ele pensou que eu estava fazendo com Park Hiung, começo a chorar novamente por saber que o mesmo não me queira mais, suas palavras de ódio me desmontam ao saber que Tae me despresa nesse exato momento. Confesso que errei em ter ido na casa de Park Hiung! -Exclamo em pensamentos, mas não posso deixar que Tae me insulte novamente, pego meu celular e observo o número de Taehyung, penso em ligar mas tomo uma iniciativa em ir na casa do mesmo. Preciso esclarecer as coisas apesar do mesmo me despresar e estar irritado comigo,não quero que ele pense que sou uma qualquer, ele estava tão cego de raiva e ciúmes que nem ao menos quis me ouvir, tomara que ele tenha esfriado a cabeça e me escute, dependendo do que acontecer estou disposta a me redimir em questão dessa aposta, afinal de contas ele mesmo disse que mudou por mim.

Pego o Taxi e vou direto para a casa de Tae, no caminho fico pensando as maneiras possíveis de poder conversar com ele e convencê-lo de que realmente só estava conversando com Park Hiung. Chego na casa do mesmo e percebo que as luzes principais da casa estão apagadas, desso do taxi e abro o portão principal ao qual o mesmo me deu uma chave reserva, ando lentamente pensando nas palavras a serem ditas para o mesmo e logo percebo que estou na porta de entrada de sua casa, do lado de fora observo através da porta de vidro uma movimentação, uma grande decepção toma conta de meu ser e lágrimas dessem incistentes por minha face ao ver uma garota nua por cima de Tae, o mesmo pega na cintura da garota ditando os movimentos e aqui do lado de fora é possível ouvir o corpo de ambos se chocando, volto correndo para o portão de saida e choro incistentemente, meu corpo se estremesse de raiva e fico desorientada sem saber a direção em que devo ir, me agacho perto do muro de sua casa e me permito chorar sem me hesitar. Pelo visto você me esqueceu rápido demais Kim! -Exclamo em pensamentos,após um tempo me levanto e chamo um taxi para ir embora.


                                    (...)

Junhie-S/N onde você estava o dia todo? -Questiono a mesma que entra com os olhos inchados e vermelhos. Por que esta chorando?

S/N-Explico tudo a Junhie que fica perplexa.

Junhie-Mas também o que você foi caçar na casa do Park Hiung! Era para ser você com ele agora. Sinceramente não sei nem o que dizer.

S/N-Queria que isso tudo fosse um pesadelo! Estou com ódio dele agora, olha Junhie vou tomar um banho e tentar dormir, a mesma assente ainda perplexa e vou para o banheiro, tomo um banho e visto uma roupa confortável, me deito mas o sono não chega, a dor que sinto em meu peito me consome me arrancando lágrimas ao me lembrar do que vi na casa do mesmo. Isso não tem preço Kim, acho que no fundo você não mudou merda nenhuma, continua o mesmo imbecíl,o arrogante e o idiota de sempre, pego meu celular e me encorajo em enviar uma mensagem para o mesmo.

Mensagem on...

-Parabéns Kim, a tal mudança que você disse ter obtido por mim foi somente algo irrelevante, fui ai na sua casa mas não quis atrapalhar sua foda com a vadia que estava na sala com você, sei que não devia ter ido na casa de Park Hiung mas o que você fez não tem preço, tudo bem que você disse que não me quer mais, não posso obriga-lo a ficar comigo, mas devia ter tido pelomenos o bom censo de deixar eu ter me explicado de alguma forma, e só para você saber não tive nada com Park Hiung! Mas tudo bem faça bom aproveito com essa vadiazinha, Park Hiung me pediu uma chance e não dei por que pensei que você gostasse demim, só estava chateada por causa dessa maldita aposta, mas agora percebo que você esta muito bem. Acho que park Hiung merece uma chance e vou dar a ele porque de você espero tudo menos felicidade.

O mesmo visualiza minha mensagem e logo começa a digitar mas depois não chega nada,fico irritada e triste ao mesmo tempo e bloqueio meu celular, idiota! -Exclamo inaudíveu, me assusto com uma notificação e desbloqueio o aparelho rapidamente.

-Espero que ele te dê essa felicidade que você diz que não posso lhe dar. Como você não ficou com ele s/n! Então o que fazia na casa daquele idiota? Foi se consolar com ele? Que saber faz o que quiser de sua vida, estou ocupado agora se é que me entende, pare de me mandar mensagem. E outra, viu o que não devia aqui em casa por que quis, não lhe chamei para vir aqui,vai la correr para os braços daquele otário não me importo com você mais.

Mando a resposta para o mesmo mas a mensagem não envia e logo deduzo que meu número foi bloqueado. Fico surpresa com a resposta que o mesmo me dera e fico sem chão, me deito na cama chorando desolada e acabo adormecendo.

TRÊS MESES DEPOIS...








Notas Finais


Eita 😱 deu ruim.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...