História O Sequestro - Jikook Híbrido - Especial - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Híbrido, Jikook, Lemon, Namjin, Romance, Vhope, Yaoi, Yoongi
Visualizações 365
Palavras 2.178
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Científica, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Fique longe dos meus Filhos


Fanfic / Fanfiction O Sequestro - Jikook Híbrido - Especial - Capítulo 13 - Fique longe dos meus Filhos


Namjoon Povs


Finalmente agora podemos ver o que se andam fazendo naquele laboratório secreto do Park.  Taehyung nos mandou as imaginas de todas as câmeras  vista pelo satélite. Taehyung não só consegui apenas as  imaginas , mas sim aceso a todo o sistema como: as portas e alarmes e etc. 


- Agora vamos ver onde Jimin está. - digo abrindo o Noutbook tendo agora acesos ao sistema invadido  por Taehyung. 


- Onde eles estão?  - pergunta Jungkook. 


- Quando eu entrei lá eles estavam em um laboratório,  e com certeza tem câmeras por lá. 


Percorri por todas as câmeras até que finalmente achamos as que estão no laboratório. E Sim!  Estou vendo o Jimin.


- Olha é ele! - Digo surpreso vendo Jimin dentro de um cela. 


- JIMIN! .... eu vou matar esse homem! - Jungkook diz nervoso. 


- Onde estão as crianças?  - Pergunta D.O. 


- Estranho. ... era pra elas estarem com Jimin. Onde estão? - Começo a passar as imaginas das câmeras até que consigo uma visão delas em outra sala presas também em uma cela. - Achei! 


- Já chega eu vou lá!  - Jungkook diz se levantando nervoso. 


Seguro seu braço o fazendo parar - Espera Kook você não pode  simplesmente ir até lá.  


- É meu marido e meus filhos que estão lá!  Você acha que eu achei agradável meus filhos preços ali? - ele diz alterado. 


- E você acha que eu estou feliz?  Vendo meus netos e um de meus filhos ali?  Pensa bem Jungkook e pra isso que estamos aqui,  pra salva-los. 


- Verdade! Se concentra Jungkook - D.O tentou o acalmar.


- Prestem atenção!  Somos apenas três.  Vamos fazer um plano de invasão,  pelo que eu pude ver,  entrar na fábrica não vai ser difícil,  ainda mais com Taehyung hackeando o sistema. No portão Norte existem dois guardas ou seja "escoltas " e no portão Sul é a mesma coisa. E pra entrar..... temos que matar-los. 


- O QUÊ!  MATAR?  - Jungkook se assustou. 


- Já tô gostando disso - D.O sorri trevoso - Deixa essa parte comigo. 


- Mas eles são trabalhadores - Jungkook questiona. 


- Você acha mesmo que eles são apenas guardas de fábrica Kook?  - pergunto - Guardas  de fábrica não andam com uma arma israelita nas mãos,  da uma olhada - digo pegando o binóculo o mostrando os homens armados. 


- Nossa! 


- Mas não se preocupe você não vai mata eles,  esse servido tá com o D.O ele é um atirador de Elite. - sorri. 


- Isso mesmo - Diz preparando sua arma para atirar. - Atiradores como eu são como ninjas,  matamos sem rastros e sem barulho. 


- Credo! 


- Eu vou tentar entrar. Jungkook você fica com o D.O aqui fora dando cobertura. 


- Mas Namjoon não é perigoso você entrar lá sozinho? - Jungkook pergunta preocupado. 


- Não se preocupe Kook fui treinando pra isso mesmo. Aliás! Eu sei onde é a entrada do laboratório. - sorri.  - D.O você trouxe seus fone sem fio? 


- Trouxe sim.  Tá lá no porta luvas. 


- Perfeito! 


- Pra que precisa do fone?  - Kook pergunta. 


- Para entrar em contato com o Tae. 


Sem mais perca de tempo, ligo para Taehyung para ele me ajudar a entrar na fábrica. 


Ligação On 


- Alo - ele atende 


- Tae.  Sou eu o Nam. 


- Oi Appa! 


- Onde você está? 


- Estou com o Jin  .


- Você ainda tem aceso ao sistema que você hackeo fora da empresa? 


- Tenho sim! 


- Ótimo.  Preciso que você entre no sistema novamente e tome acesso das portas e dos alarmes.


- Ok.  Eu posso fazer isso. 


- Perfeito.  Já encontramos o Minnie e as crianças , vamos invadir. Fique na linha e não se preocupe com os barulhos de tiro.


- O QUÊ!  ......


- D.O Atira! 


Digo e D.O se posiciona para atirar ao longe.  Ele puxa o gatilho acertando os dois guardas do portão da frente os atingindo na cabeça. 


- MANO EU SOU DE MAIS! - Ficou convencido. 


Coloquei o fone no ouvindo para ainda manter contato com Taehyung na linha. Assim que D.O deixo o caminho livre, com muito cuidado sai de onde estava, seguindo para o portão Sul.  Tiro uma das minhas Armas da cintura por precaução.


- Tae você ainda está aí? 


Tae: Estou sim Namjoon . 


- Que bom.  E aí 


Tae: Há 50 metros tem uma porta.  Vou destrancar ela pra você. E não se preocupe,  não tem ninguém na entrada . Pelo visto vocês matam dois homens. 


- Você está me vendo é hahahha. 


Tae: Estou vendo tudo! O que o satélite não ver em? 


- Eu trepa com o Jin - começo a rir. 


Tae: Afz. ..


Tae havia destravado o portão e os alarmes para não me denúncia. Então com muito cuidado entrei casando a porta do armazém onde eu havia entrado mais cedo. 


Tae: Namjoon cuidado!  Tem dois homens há 5 metros se aproximando de onde você está. 


- Entendido....


Me escondo atrás  de um pilar para não ser visto.   Assim que eles passaram despercebidos e vi que eles estavam se afastando, então foi até um corredor e desci umas escadas procurando o tal Armazém: Estranho , não lembro mais onde essa porta era ,mas eu sei que era neste corredor . Depois de alguns minutos procurando a porta do Armazém finalmente a encontrei. Ao entra vejo que ainda existem várias caixas no lugar .  A porta a qual tinha visto,  não a vejo mais . 


Será que tô no lugar errado? 


Ou talvez não. .......


Começo a arredar as caixas relevando o que mais queria achar ali.  A Porta. 


- Tae está na escuta? 


Tae: Estou sim! 


- Esta vendo essa porta em minha frente? 


Tae: Estou sim. ...


- Tente destrava-la preciso entrar.  Jimin está lá dentro. 


Taehyung destrava a porta e com muito cuidado e entro no laboratório do Park.  - Waall! -   fico impressionado ao ver o quão  grande o laboratório era , nunca imaginaria um laboratório deste tamanho. Mas eis a pergunta: Onde está o Jimin crianças? 


- Tae onde está o Jimin? 


Tae: Está em uma em sua frente na segunda porta a direita, mas tome cuidado Nam,  tem um homem lá com ele. 


- Tem outro jeito de entrar? 


Tae: Está vendo essa escada do seu lado?  


- Estou! ....


Tae: Suba ela que você terá uma visão da sala onde o Jimin está.  Mas tome cuidado tem um cientista lá. 


- Isso não é problema pra mim - Sorri trevoso. 


 Subir as escada a qual Tae havia mostrado e fui com muito cuidado. Me abaixei para que o  cientistas não pudesse me ver. Em um momento de distração deu um soco no rosto do homem que estava naquele andar o fazendo desmaiar.


Tae: Belo soco Namjoon. 


- Obrigado. 


Foi Tae  havia dito,  daqui onde estou e pocivel ver o lugar onde Jimin está.  O Homem a qual Tae havia mencionado era nada mais menos que Park Hyung. Me pare que ele está tento uma conversa em seu telefone negociando algo,  e entre essa ligação mencionava a palavra "Híbridos". Será que ele está falando do Jimin? 


- Amanhã de manhã. ..

-.........

- Não se preocupe estou com ele. 

-.............

- Ok nos vemos de manhã. 


Ele desligou o telefone. 


- Hey Jimin sabia que você vai sai manhã? - ele pergunta olhando Jimin 


-Vai solta o Jimin?  - perguntou o gatinho. 


- Não é outra coisa.  - ele sorri - Acabei de vender você. 


- Desgraçado como pode fazer isso - Diz Jimin nervoso - O Jimin não é um objeto! 


- Tae você está vendo isso? - Sussurro observando cena toda lá em baixo. 


Tae: Estou! O que ele vai fazer? 


- Está negociando o Jimin. 



Junghyun Povs 


- Anda logo Hyun você tá pesado - Diz Somin me levantando. 


- Não reclama Somin,  temos que sair daqui. 


- Mas é a Omma? 


- Vamos pedir ajuda pra alguém .


O Hyun e a Somin conseguimos abrir uma grade de ventilação que tem dentro desse lugar horrível. A Somin está tentando levantar o Hyun pra dentro do tubo.


- Consegui! - digo entrando dentro do tubo. 


- A agora puxa a Somin pra cima - Ela diz estendendo a mão pra poder puxar.


Mas quando o Hyun foi puxar a Somin pra cima o tal de Zuho nos viu. 


- Hey parem! 


- Anda Hyun puxa a Somin! - Ela se assusta. 


Fiz força para puxar a irmã do Hyun pra cima, quando Zuho entrou vindo  na direção da Somin e do Hyun.


- Parem! 


Puxo Somin pra cima a fazendo entrar no Tubo de ventilação. Por pouco Zuho pegava Somin . 


Ouvimos barulhos de alarmes serem disparados. 


- Vai Hyun corre!


  Fomos engatiando pelos tubos até tentarmos achar uma saída.


Namjoon  Povs


- Que barulho é esse? 


Tae: Namjoon!  Somin e Junghyun dispararam o alarme ele.....


- SENHOR PARK! OS HÍBRIDOS JOVENS FUGIRAM! - Um homem entrou gritante  completando o que Tae iria dizer.


Fugiram? 


- O QUE?  COMO ISSO ACONTECEU? - Park se assustou. 


- EU NÃO SEI MAS. ....


- SEU IDIOTA NÃO FIQUE AÍ PARADO VAI ATRÁS DELES.  NÃO OS DEIXEM SAIR. ! MANDE TODOS OS GURDAS IREM ATRÁS DELES!  QUERO ELES VIVOS!  - Park diz saindo dali zangado juntamente com o Homem deixando a sala vazia. 


Rapidamente pulo dentro da sala aproveitando a situação .


- APPA! ...


- Sai de perto da porta Jimin - Miro minha arma na tranca da cela a quebrando fazendo a porta se abrir. - Vem Jimin vamos!  - Digo e logo ele vem atrás. 


- Que bom que achou o Jimin - Ele sorriu e balaço o rabinho. 


- Deixa os agradecimentos pra depois. Temos que sair daqui. - digo olhando pro lado com cuidado para não sermos visto já que todos foram atrás das crianças. - Tae me diz se está tudo bem. 


Tae: Namjoon há vário guardas no local as entradas estão cercadas. 


- Merda!


- Onde estão as crianças Nam?


- Essa é minha preocupação Jimin .  Saber onde eles estão. 



Jungkook Povs 


- Será que o Namjoon está bem?Esse alarme não me cheira bem. 


- Não sei cara,  mas se eu você você já prepararia sua arma. - diz D.O recarregando sua arma. 


Nj: D.O, Jungkook vocês estão na escuta? 


- Sim Namjoon estamos. - Responde D.O.


Nj; Chame reforço, entre em contato com o posto principal,  vamos acabar com o joguinho do Park hoje. Eu estou cercado não consigo sair. 


- Onde está o Jimin e meus filhos? 


Nj: Estou com Jimin Kook, mas as crianças. ....


- DIZ ONDE ELES ESTÃO! 


Nj: Eu também não sei Kook eles fugiram e não consigo localiza-los, nem o Tae, ele perdeu o sinal do satélite , perdemos contato. 


- DROGA


- EO seguinte Namjoon. Vamos tentar abrir caminho pra você - D.O aponta sua arma para as entradas onde havia vários guardas armado,  e como ele é um atirador profissional não êxito em atirar e matar os vários guardas que cercavam o lugar. 


- Socorro! 


- Aaaaaah 


Começo a escutar gritos de socorro vindos da pequena florestas e resolvo ir atrás. 


- Jungkook onde vai. Vai me deixar matar todos eles sozinho? 


Não dou ouvido apenas o ignoro indo atras daquelas vozs de crianças.


- Socorro! ....



Junghyun Povs 


O Hyun e a Somin conseguiram achar uma saída do tubo que deu de frente a uma floresta.  Tem três homens atrás do Hyun e da Somin . E um deles é Zuho. 


- Parem aí seus pretinhas! - grita um dos homens. 


- Anda Somin corre! - digo a puxando. 


- Junghyun a Somin está cansada - Ela diz ofegante e perdendo as forças até que ela acaba trupicando em uma raiz de árvore e caindo no chão . 


- Ainda Maninha levanta - digo a tentando levantar mas o homens nos  alcançam.


- Finamente! Vamos homens levem-nos. 


- Fique longe do Hyun e da Somin - Digo arisco. 


- Vocês dois vem conosco! - Diz Zuho .


- NÃAAAAAOOOO! - Eu e Somin gritamos juntos até que ouvimos disparos de tiro que acertaram os dois homens na cabeça que queriam nos pegar.


- Fique longe dos meus filhos! - Diz apontando a arma para Zuho. 


- PAPAI? 


- Quem é você? - Pegueta Zuho 


- Meu nome é Jeon Jungkook,  mas isso não te interessa porque  não lembrará mais do meu nome. Criança  virem pra lá , não quero que vejam isso - Viramos  o rosto e ele atirou matando Zuho. 


- Junghyun, Somin, vocês estão bem ?


- APPAAAA!  - Pulamos em cima dele o abraçando com força. - Que saudades !


- Eu também meus amores - eles nos abraça com carrinho e amor .


- Appa a Omma ainda está lá! - Somin diz preocupada. 


- Eu sei meu amor vamos tirar sua Omma de lá.  Agora vem!  Temos que sair daqui. 


Ligação On 


- Alo 


- Jin estou com as crianças. Pode vim busca-las? 


- Acham meus netos? 


- Sim! Agora vem logo Jin.  Eles não podem ficar aqui e muito perigoso, D.O está trocando tiros com os gurdas.  VEM LOGO JIN A MISSÃO AINDA TERMINOU. 


- JÁ ESTOU INDO KOOK! 




















Notas Finais


Gente tá aí o CAP espero que tenham gostado. Se tiver erros me perdoem deixei meus óculos na cada da minha tia ♥


Até o próximo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...