1. Spirit Fanfics >
  2. O sequestro >
  3. Conflitos

História O sequestro - Capítulo 37


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura amores ❤️

Capítulo 37 - Conflitos


Pov Lauren

- Temos que preparar um novo argumento.- Lucy falou quando eu me aproximei dela, ela estava desde as 7:00 da manhã mexendo naquela papelada.- Preciso de algo concreto, não posso enrolar novamente.

- Você deixou meu cérebro todo louco com aquela explicação.- Falei rindo.- Aceita?- Ofereci o chocolate quente que eu estava tomando.

- Só um pouco.- Ela bebeu e me devolveu.- Eu estou procurando algo que eu possa usar contra a Camila, algum processo ou algo do tipo.

- Acha que ela tem alguma coisa na justiça?- Perguntei confusa.

- Claro que tem, ricos sempre tem processos.- Ela riu e voltou a vasculhar os papéis.

- Quer ajuda?- Me sentei do lado dela.

- Uhum- ela me deu alguns papéis e eu comecei a procurar... Ficamos até umas 16:00 procurando alguma coisa mais não achamos nada, foi cansativo ficar lendo aqueles arquivos porém foi divertido, Lucy resmungava de dor nas costas as vezes, eu soltava algumas piadinhas... Eu gosto de estar perto dela, ela me faz esquecer um pouco isso tudo.

- Achei.- Ela falou empolgada.- O arquivo fala o seguinte: Acusada Camila Cabello por bullying contra colega de sala.- Ela se levantou e começou a ler.- Hmmmm, o processo foi grande porém foi mantido em sigilo a pedido de Sinuhe Estrabao.- Ela observou o arquivo com cuidado.- Acho que podemos usar isso contra ela.

- Como?

- Eles estão fazendo você ser um monstro, mais se talvez eles acreditem ela também foi um monstro, não vai justificar o fato do sequestro mais pelo menos vai mudar a forma com que eles olham pra ela.- ela andou de um lado pro outro com o papel.- Eles acham que ela e boa moça, mais na verdade ela e uma riquinha que se acha.

- Ela não e assim.- Falei passando a mão no cabelo.- Isso e o que ela mostra, mais ela é diferente.

- Isso não importa, sua liberdade importa e eu sinceramente não me importo de fuder com a vida dela pra tirar você.

- Lucy..

- Você precisa entender que acabou pra vocês Laur..- Lucy voltou a olhar os papéis.- Hmmm, Camila ganhou o processo blá blá blá blá.- Ela ficou lendo mais alguns minutos.- Na verdade o processo não foi ganho.

- Como assim?- me levantei pra tentar ler mais ela virou fazendo graça.

- A vítima desistiu.- Ela analisou atenta.- Jauregui? Eita.

- O que tem meu sobrenome?

- A vítima foi sua irmã Laur..- Ela falou com um olhar sem jeito.. - Seus pais desistiram do processo.

- Tayy.- Comecei a gritar e logo ela desceu correndo.- A Camila fez bullying com você?! Você levou ela no tribunal, desistiu do processo e depois ficou amiguinha dela.

- Que?- ela falou perdida.

- Nós desistimos porque a família dela ofereceu uma grande quantidade de dinheiro.- Papai falou.- Tay sobe pro seu quarto.

- Não.- ela falou.- Essa história já morreu Lauren, não foi o que pareceu ser.

- Como eu não fiquei sabendo disso?- falei mais puta que tudo.- E como você Desistiu de defender sua filha por dinheiro?

- Lauren era uma quantia muito grande.- Mamá falou.

- Não acredito.- Falei negando com a cabeça.- Bando de escrotos.- Subi pro meu quarto e fechei a porta.- Vagabunda, aquela filha da puta machucou minha irmã.

- Laur.- Lucy entrou no meu quarto.

- Eu não quero falar com ninguém.- Ela me ignorou e me abraçou por trás.... Uau... Eu precisava de um abraço...

- Vai ficar tudo bem.- Eu chorei.... Agora todo arrependimento que tinha por ter machucado Camila se foi... Minha vontade e de voltar no passado e fazer pior... Como a Tay voltou a andar com ela?

- Porque as coisas são assim pra mim.- Falei saindo do abraço e escorando na janela.

- A vida e muito fácil.- Lucy parou na minha frente.- A gente que complica tudo.

- Eu sempre complico tudo.- Falei e Lucy fez um leve carinho em meu rosto... Fazendo nossos olhos se conectarem... Os olhos de Lucy me trazem paz.... Me acalmam...

Pov Camila

- Camila você tem que sair desse quarto.- Minha mãe falou entrando.- Ficar aqui vai ser prejudicial a saúde.

- O que você está fazendo aqui? 

- Vim cuidar de você.- ela falou sorrindo.

- Agora?- perguntei indignada.- No dia que eu voltei você não deu a mínima de estar aqui, quando eu estava nas mãos da Lauren você não se importou em mover um dedo.

- Eu sempre soube que essa Lauren era má pessoa.- Ela falou orgulhosa.

- Você está no mesmo nível.- Cuspi as palavras.

- Você me respeita Camila.- Minha mãe gritou.

- Me erra.- Falei saindo do quarto e correndo pra fora... Eu preciso gritar... Preciso respirar... 

- Onde você vai filha?- papá falou gentil.

- Correr.- Falei e logo sai correndo... Eu corri... E corri... E corri... E quando me dei conta estava parada no fundo do quintal da mansão Jauregui... Observei a casa.... Soltando minha respiração com força..... Não sei porque eu estou aqui... E nem como cheguei aqui tão rápido... Mais eu estou aqui... Parada... Observo uma janela aberta.... E lá está Lauren... Com a advogada... A advogada está fazendo carinho em seu rosto... Elas se olham... O que eu pensava realmente está acontecendo.... Elas tem algo.. Lauren não sentia nada por mim... Talvez sempre estivesse com essa mulher...


Notas Finais


Tururuu 👀👀 o trem só piora
Favoritem e comentem ❤️
Vão ouvir Lento pessoal, boraa ❤️
Dale lento
Un poquito más lento 🤤❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...