1. Spirit Fanfics >
  2. O Silêncio que Exala Nosso Amor >
  3. Borboletas na Barriga Denunciam Ela

História O Silêncio que Exala Nosso Amor - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


↬ a primeira versão dessa fanfic é muito mais triste, pois tive o plot dela nos dias que a yas tinha ido "viajar", então eu tava numa melancolia que só! então reescrevi e deixei mais... fofo? de qualquer maneira, boa leitura e espero que gostem! ♡

Capítulo 1 - Borboletas na Barriga Denunciam Ela


Desde pequena, Sooyoung sempre foi alguém bem barulhenta, seja pelos seu chorinhos escandalosos quando queria algo ou pelas gargalhadas altas e gostosas que deva quando menor. Sempre gostou de barulho, de todos os tipos dele e a todo momento, consequentemente sempre odiando o silêncio, nem que ele se instalasse por apenas alguns segundos.

Conforme seu crescimento, desenvolveu uma bela voz, aproveitando ela para fazer o que mais gostava: cantar. Logo no fundamental, conheceu seu melhor amigo, viviam grudados e eram como irmãos, mas ele já tinha uma irmã e que infelizmente, apenas a tinha visto uma vez ou outra. Ela era uma incógnita para si, não a conhecia e ao menos trocou um simples “oi” com a garota, sem contar que seu amigo não falava sobre ela, nem o nome ele dizia, até que a garota passou a frequentar a mesma escola que eles. 

Kim Yerim, um nome bonito que combinava com a garota de fios louros e um sorriso tão dócil quando sua personalidade tímida, era uma combinação perfeita de primavera e doces, contudo, Sooyoung nunca havia escutado a voz dela e isso intrigava a morena. Em momento algum a garota havia falado alguma coisa e na menor das hipóteses, havia ao menos forçado algum som, o que era estranho e apesar disso, havia o fato de que a garota abaixava a cabeça toda vez que a Park pronunciava algo e nunca a respondia e isso acabava incomodando a morena, pois ela gostava de barulho, muito barulho.

E foi nesse momento que Sooyoung passou a valorizar o silêncio e seu significado, pois logo ao ligar os pontos e finalmente saciar sua dúvida com seu melhor amigo, ela entendeu o motivo do silêncio e o olhar profundamente vazio em momentos que a morena falava alguma coisa. Ela era surda, não ouvia e nem falava nada e infelizmente, sua perda de audição foi um dos níveis mais antes que há, então não havia solução para seu caso, mas nada impossibilitou que elas se gostassem. 

Deram tempo ao tempo, deixaram as coisas fluir da forma que deveriam e novamente com a ajuda do tempo, Sooyoung aprendeu outras maneiras de fazer um barulho de forma silenciosa, pois aprendeu a língua de sinais necessária para que as garotas se comunicassem e isso encantava Yeri de forma avassaladora. A morena fazia de tudo para ver a garota feliz, gostava de ver ela sorrindo e falando o quanto gostava dela em gestos silenciosos e com grandes significados. Era o silêncio que liga as elas, mas foi ele também, que um dia havia impossibilitado que eles se conhecessem. 

Talvez Sooyoung não soubesse o quanto era apaixonada por Yeri, achava que era um sentimento de amizade, onde apenas desfrutavam de um amor entre irmãs de coração, nunca havia imaginado que era um amor romântico. Até que as borboletas na barriga denunciaram que havia algo a mais em tudo o que viviam.

Elas compartilharam do silêncio e selaram o verdadeiro significado do amor delas em beijos românticos e açucarados, enquanto juntavam os corpos em um abraço caloroso. O amor delas era assim, compartilhavam o silêncio a todo momento e Park Sooyoung passou a valorizar a falta de barulho audíveis, enquanto amava a todo momento Kim Yeri.


Notas Finais


↬@busanjimin fez essa capa na qual estou muito apaixonada ah! de verdade, tô surtando mto por ela ♡
↬ espero que tenham gostado, kisses e até breve! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...