História O simbolo do caos. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya (Deku)
Tags Deku, Vilão
Visualizações 420
Palavras 2.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá jovens

Capítulo 8 - Declaração de guerra


Fanfic / Fanfiction O simbolo do caos. - Capítulo 8 - Declaração de guerra

Deku sempre assistiu o festival de esportes da U.A era algo natural que um fã tão grande dos heróis como ele assistisse o festival da escola mais famosa e mais natural ainda que ele próprio sonhasse em participar de um.

Infelizmente sonhos não tendem a se realizar e o esverdeado estava novamente assistindo o festival dessa vez, porém ele estava na plateia ao lado de Kyoko Jirou sua companheira de equipe que era até recentemente uma aluna da U.A.

-se quiser fugir essa é sua chance- Izuku disparou quando ambos chegaram ao estádio onde o festival seria realizado.

-não até dar o troco naquela vadia louca- respondeu a ex estudante.

Os dois estavam disfarçados. Deku tinha se vestido como um executivo comum e mantinha apenas seus cabelos verdes fofos e suas sardas enquanto Jirou possuía uma peruca loira e usava um vestido azul.

- eeeee hora !- o narrador anunciou – hora das fases finais !.

As fases finais eram as lutas mano a mano um prato cheio para Deku copiar cada individualidade que visse embora ele tivesse certeza que deveria aperfeiçoar as que já havia copiado.

Alguns nomes se destacaram para Midoriya, Tokoyami, Kachan, Todoroki, Uraraka e Momo se destacaram para Deku embora ele tivesse se interessado pela cientista Hatsume e Iida.

-eles estão indo bem – Jirou comentou ao seu lado e Deku concordou se levantando ao fim da luta de Ochako com Kachan uma derrota completa para a menina da gravidade.

- espere até as finais – instruiu Deku e deixou a parceira ali.

Midoriya encontrou Uraraka sentada na arquibancada a menina parecia arrasada com diversos curativos pelo rosto e pelo corpos após sua luta contra o loiro explosivo que seguiu invicto para a próxima fase, Todoroki venceu sem problemas igual a Tokoyami e Momo.

-você foi bem- Deku disse se jogando no assento ao lado da menina de olhos castanhos que se virou para ele e arregalou os olhos ao reconhecer seu salvador.

- o que está fazendo Midoriya?- ela questionou, Deku deu os ombros.

-eu vim declarar guerra – afirmou e se virou para a menina usando a individualidade que copiou da recovery girl para curar o resto dos ferimentos da morena.

-o...obrigado- a menina da gravidade agradeceu e Deku sorriu.

-disponha – se ergueu e tentou ir embora quando foi puxado pela manga pela morena que corada lhe pediu para ficar.

Deku sorriu não deveria se deixar levar pela menina, mas ele não resistiu ao tímido pedido de Uraraka e se juntou a ela para acompanhar as lutas que foram de fato muito intensas sendo o maior destaque o fato de Todoroki estar usando suas chamas e de Bakugo não se conter durante suas lutas os dois pareciam estar de fato irritados.

Não foi uma surpresa que os dois estarem um contra o outro na final, mais alunos se juntaram a eles nas arquibancadas mais poucos notaram Midoriya e Uraraka que observaram com cuidado a batalha final e Deku sorriu imaginando como iria interromper a luta.

-eu tenho que trabalhar- Deku disse e se ergueu Uraraka se ergueu junto e sem uma palavra seguiu o esverdeado.

Izuku Midoriya sorriu, pois havia conseguido uma nova recruta para seu grupo, a grande final prometia ser a luta mais intensa desse festival esportivo e começou com uma grande barreira de gelo sendo disparada contra Bakugo que simplesmente a explodiu antes que uma onda de chamas forçasse o loiro para trás com violência, Bakugo não era tolo e sabia que deveria haver um limite para a individualidade dupla de seu oponente então decidiu apostar em sua própria resistente e usou suas explosões para salvar as chamas.

Usou uma delas para se aproximar do jovem bicolor e estava para atacar Shoto diretamente quando um furação de chamas surgiu entre os dois. Havia uma pessoa ali um jovem de roupas sociais e um sorriso triunfante estava acompanhado por uma garota de camiseta esportiva e calças da U.A.

-olá Kachan, Todoroki – Midoriya saudou.

-Dekuuuuuuu- Kachan respondeu com uma explosão contra o esverdeado e Uraraka.

Porém acabou sendo parado por uma barreira de vento o esverdeado sorriu e esticou a mão disparando uma onda de fogo azul que não atingiu Kachan devido sua destreza que se esquivou antes que Midoriya erguesse uma barreira de gelo para se proteger da de Todoroki.

-pelas costas?-zombou o vilão- que feio.

Antes que ele pudesse continuar falando grandes paredes de cimento se ergueram e o cercaram, vindas do herói Cimentos que junto com Midnight eram os juízes da partida logo vários professores da UA saltaram para proteger os alunos e deter o vilão.

-sinceramente – Deku falou longe da caixa de cimento onde deveria estar- nem me deixaram falar.

-ochako-chan – Midoriya pediu e a garota da gravidade tocou o chão fazendo todo o estádio flutuar com os profissionais presos ali, quando tentaram sair barreiras de cimento os detiveram vindas de Deku.

-agora ouçam – pediu e logo todo o sistema de som e de vídeo estavam focados no esverdeado graças a Kyoka que se infiltrou na sala de transmissão a morena recrutou três colegas de turma para sua causa, Tokoyami cansado de ser visto como um ser inquieto por conta de sua personalidade e individualidade, Momo cansada da sociedade injusta e a cientista Hatsume disposta a usar suas experiências ao máximo.

Bakugo tentou atacar o esverdeado novamente e ergueu ambas as mãos dessa vez convicto que Deku não podia manter os profissionais preso e se defender ao mesmo tempo o loiro atacou com todas as suas forças.

-morra!- gritou enquanto lançava uma enorme explosão destinada ao esverdeado.

Deku foi salvo por uma enorme sombra em forma de pássaro que o protegeu enquanto uma corda foi disparada e agarrou Bakugo o derrubando, logo Midoriya e Uraraka estavam cercados pelos novos recrutas de sua organização incluindo Jirou que já conseguirá regular todos os recursos.

- o que vocês estão fazendo porra !- o garoto explosivo gritou.

- o que você acha Kachan? – a palma da mão de Deku explodiu em chamas azuis – escutem bem!- gritou chamando a atenção de todo o estádio.

-essa sociedade cria monstros – declarou – e depois os repudia e envia outros monstros para derrota-los, os heróis estão corruptos o povo está hipócrita e vocês –apontou para os heróis flutuando no ar- os poderosos estão condenados – disparou uma bola de fogo azul na direção de Shoto que avançava em sua direção.

O jovem respondeu com seu próprio fogo e uma explosão abalou a arena liberando os profissionais e destruindo boa parte da arena. A explosão jogou Bakugo para longe ainda amarrado o loiro lutou e xingou quando foi parar aos pés da plateia.

- A Chaos brigade declara guerra aos heróis tolos e corruptos e a todos que estejam sendo oprimidos – Deku garantiu flutuando ao lado de seus comparsas – nossa porta está aberta.

Ao terminar de dizer essas palavras Midoriya abriu um portal para seus aliados quando um borrão dourado o atingiu com força o jogando para baixo enquanto seus companheiros eram transportados dali.

All might. Foi o pensamento de Deku enquanto se levantava conseguiu se proteger usando as individualidades de reforço de Kirishima e do herói quatro tipos, porém seu braço direto ainda foi quebrado pela potencia do golpe do herói numero que parou em sua frente com seu sorriso habitual.

-desista jovem Midoriya eu estou aqui- All might afirmou com sua confiança habitual.

-vai se fuder – respondeu o esverdeado embora soubesse que suas chances não eram nada boas.

Usou uma onda de gelo para tentar ganhar tempo e pensar em algum plano para fugir dali mais All might era um monstro se comparado a qualquer outro herói e mostraria a Midoriya o porque ergueu o punho com vontade e atacou a enorme onda de gelo sem hesitar.

-Texas smash !!!!- o golpe despedaçou a onda de gelo e lançou Midoriya para trás com ainda mais violência porém o esverdeado gerou fogo azul e lançou contra o numero que se esquivou com maestria venceu a distancia entre os dois.

O ataque doeria sem duvidas por isso Midoriya focou toda sua atenção na resistência e agarrou o braço do símbolo da paz e invocou todas as suas forças para jogar o herói para trás com um lançamento que facilmente derrubaria um prédio mais que o herói não demorou para se recuperar.

- você é mesmo humano?- Midoriya questionou antes de All Might erguer o punho.

-é o fim – declarou o herói.

Mais Deku estava longe de terminar ergueu uma enorme senão a maior onda de gelo que o publico já viu e além disso disparou uma onda de fogo na direção do herói tentando ganhar tempo para fugir.

-New York Smashhhhhhhhhh!- o golpe de All might afastou o gelo, porém o fogo continuou em sua direção e teria o atingido não fosse uma chama ainda mais forte que afastou o golpe de Midoriya enquanto Endeavor entrava em ação o herói numero dois estava furioso com suas chamas dançando em sua face e em suas mãos.

-essas chamas azuis –questionou –eu tenho perguntas para te fazer garoto.

Agora ele estava oficialmente fudido, preso entre os dois maiores heróis do mundo não importava qual poder usasse seria esmagado a menos que ele usasse o poder de All might. Abaixou a cabeça amaldiçoando o que estava para fazer.

-se entregue ou eu vou queimar alguns de seus membros – Endeavor disse ameaçadoramente criando uma lança com suas chamas.

- Detroid – Midoriya respondeu erguendo o punho e sentindo o poder percorrer seu corpo- Smashhhhhhh!.

O golpe desesperado não só afastou Endeavor como arrasou o resto do estádio destruindo boa parte da arena e da plateia forçando os heróis a salvar os civis enquanto Midoriya abriu um portal atrás de si e fugia no limite da consciência após usar tamanha força.

Endeavor se protegeu facilmente assim como All might que apenas andou alguns passos para trás mais para o resto do Japão a declaração de guerra seguida da tentativa fracassada de captura significava apenas uma coisa.

A Chaos brigade era de fato poderosa.

Midoriya surgiu no chão de seu esconderijo cercado por seus novos companheiros e observado por Dabi que riu ao constatar o estado do companheiro o jovem de cabelos negros e pele queimada estava cheio de cortes pelo corpo e quando Toga veio ajuda-lo a se levantar Midoriya observou que a loira também estava bem cortada.

-o que houve?- ele questionou procurando Mina, encontrou a rosada cumprimentando os velhos conhecidos.

-Stain não quis nos ouvir e nos deu um surra bb- Toga contou enquanto encarava Uraraka com um sorriso a psicopata gostava da garota da gravidade.

- então como foi a declaração de guerra?- Dabi questionou jogado no sofá viu que dos novos membros três eram mulheres e deu um sorriso sacana para seu líder- o harém só cresce.

-levei uma surra- declarou Midoriya – coloque Endeavor na nossa lista negra- pediu.

A postura de Dabi endureceu á menção do nome do herói numero dois como se o conhecesse e Midoriya realmente achava que eles se conheciam tendo em vista a pergunta do herói sobre as chamas azuis que ele copiou de Dabi.

-ele é meu – respondeu Dabi e Midoriya decidiu não forçar o companheiro para dizer mais nada.

-Jirou pode mostrar o esconderijo para nossos novos membros- Midoriya pediu enquanto Toga o abraçava ainda no chão.

A loira e Mina o ajudaram a se levantar e checar o estrago, seu braço estava quebrado e sua mão teve alguns dedos quebrados ao copiar o golpe de All might, Mina o ajudou com o braço enquanto Toga tratava de seus dedos as duas meninas foram gentis com seu líder e Mina chegou até a dar um beijo em sua bochecha.

-para ajudar na cura- ela justificou enquanto inflava as bochechas com ciúmes.

-vai ser esfaqueado enquanto dorme – Dabi riu.

-vai toma no cu – Midoriya respondeu.

Ao final seu braço estava o máximo no lugar que Mina pode colocar e Deku usou a individualidade da Recovery Girl em seu braço mais se contentou com seus dedos quebrados agradeceu a Toga com um beijo na bochecha para acalmar a loira e a mina com a promessa de irem novamente ao fliperama.

-quais as chances dele se juntar a liga?- Midoriya questionou ao lado de Dabi no sofá.

- é mais fácil ele combater a liga – garantiu Dabi- ele disse que gosta de trabalhar sozinho e sua namorada psicopata o provocou ele quase nos matou.

Toga corou quando foi chamada de namorada do líder mais não negou a provocação e Deku assumiu que era bem a cara da loira brincar com o perigo cara a cara, Mina que estava mais relaxada dos três contou a Deku toda a historia inclusive como viram Stain finalizando o herói que era irmão do representante da classe 1-A.

-interessante- Deku disse talvez pudesse usar o sentimento de vingança do mesmo.

-Pensou o mesmo que eu Mido?- questionou a rosada que parecia mais confortável em suas roupas de vilã.

-usar a raiva do Iida para fazer ele se juntar á nos?-perguntou o esverdeado e a rosada respondeu com um aceno feliz.

Deku sorriu e fez carinho no cabelo fofo da rosada. Sua mente interativa funcionava extremamente bem para o mal.

-a guerra foi declarada –Deku afirmou –hora de mover o tabuleiro.


Notas Finais


até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...