1. Spirit Fanfics >
  2. O Soberano da Origem >
  3. Meu nome é Lin Yezhou!

História O Soberano da Origem - Capítulo 1


Escrita por: HeiWuya

Capítulo 1 - Meu nome é Lin Yezhou!


Penhasco da Lua Prateada, Cidade da Pedra Lua.

A Cidade Pedra Lua existia por muito tempo, isso permitiu o desenvolvimento atual da mesma contando com três clãs de cultivadores que tinham cultivadores do reino da "Criação do Núcleo de Sangue" como seus chefes de clã.

Isso fez da cidade uma pequena potência na região circundante, a cada dez anos uma competição é feita entre os clãs reinantes para saber quem tem a geração jovem mais promissora.

Este evento está sendo sitiado nesse momento no Penhasco da Lua Prateada, sendo o penhasco uma das propriedades do clã Lin que é um dos três clãs da cidade.

Lá embaixo no fundo do penhasco pode-se ver uma arena feita a partir de rochas totalmente negras que passavam a sensação de durabilidade a qualquer um que as visse.

Ao redor da arena circular estavam vários espectadores que se dividiam em três grupos distintos, um desses grupos usava vestes verdes com adornos prateados enquanto o outro grupo do lado deles usavam vestes roxas com também adornos prateados.

Por fim o último grupo que aparentava ser o maior do local  estavam usando vestes negras com adornos dourados imponentes enquanto exalavam uma aura de autoridade.

Esses três grupos espectadores eram os três grandes clãs da Cidade Pedra Lua, sendo os de verde o clã Han, os de veste roxa o clã Chu e os que estavam exalando ar de autoridade eram todos do clã Lin que estava sediando a competição dessa década.

Fora dos espectadores ao lado da arena estava um pequeno palco com uma tenda onde tinham três cadeiras iguais, nessas cadeiras sentavam-se três homens de meia-idade com ar e olhares profundos. Estes eram os chefes de clã, os cultivadores de pico nessa região.

Ou seja, estes chefes eram as excelências do Reino da Criação do Núcleo de Sangue. cultivadores como esses poderiam varrer os outros clãs da cidade com um simples mover de mãos.

Nesse exato momento os chefes de clã estavam observando a luta no palco onde estavam um garoto de cabelos negros vestindo vestes da mesma cor, e do outro lado seu oponente com roupas roxas.

Claramente era uma batalha entre um membro do clã Lin e o outro do clã Chu, o cultivador do clã Chu era um jovem com aparentemente vinte anos com sua base de cultivo estando no Reino da Abertura de Veias do Corpo.

Enquanto o jovem do clã Chu investia contra o garoto do clã Lin com sua espada o pressionando a cada momento da batalha, o garoto e sua espada de madeira mal feita se defendia ofegante enquanto perdia cada passo dessa batalha até ficar encurralado na borda da arena.

"Desista lixo! Você só está envergonhando seu clã com essa força patética" - Disse o jovem de vestes roxas com seu seu sorriso frio e de desdém.

"Hahahaha!! Quem exatamente é o lixo aqui Chu Zhen? Você com seus 20 anos continua na seita externa com apenas 5 veias abertas enquanto eu só tenho 14 e tenho apenas 3 de minhas veias abertas" - Gargalhava o garoto enquanto olhava com seu rosto manchado de sangue para Chu Zhen.

"Isso é apenas o forte intimidando o fraco!" - Disse enquanto respondia novamente o jovem.

"Humph! No cultivo não existe intimidação, existe apenas você um lixo fraco e eu que sou forte!" - Chu Zhen dizia enquanto avançava com mais ímpeto para cima do garoto, ele parecia realmente irritado agora.

"Lin Yezhou ainda é um pirralho tentando encontrar desculpas por ser fraco!" 

"Exatamente, como ele ainda não pôde entender a natureza do mundo? ele é muito novo ainda"

Opiniões como essas ecoavam de todos os espectadores ao redor da arena enquanto olhavam friamente com desdém para o garoto Lin Yezhou na arena.

"É uma pena que ele seja imaturo ainda e não viu a crueldade do mundo, ele está destinado a perder aqui." - Disse o chefe do clã Chu enquanto observava de longe a luta.

"Por mim ele pode simplesmente morrer na arena, o meu clã Lin não aceita covardes que dão motivos as suas fraquezas." - Cruelmente esbravejou o chefe do clã Lin.

"Seu clã continua cruel e impiedoso como sempre velho Lin." -  Suspirava o chefe do clã Han enquanto dizia.

"É por sermos cruéis que desde o estabelecimento do clã na Cidade Pedra Lua que continuamos sendo o clã mais forte!" - Bufou o velho Lin em resposta.

"Só se for nas suas ilusões velho!" - Disse o chefe do clã Han com uma pitada de raiva no rosto.

O chefe do clã Chu não disse nada e manteve silêncio, mas no fundo ele concordava com o chefe do clã Han. Enquanto os chefes de clã discutiam entre si a luta na arena continuava mais intensa a cada momento.

O jovem Chu Zhen manejou sua espada em um corte horizontal que visava a garganta de seu oponente, mas Lin Yezhou também era extremamente ágil e desviou saindo de onde estava no limite da arena para adentrar a mesma novamente.

"Você é extremamente esguio como um gato ao qual a calda foi pisada, mas isso vai terminar aqui!" - Chu Zhen parecia estar extremamente irritado por a luta contra alguém mais fraco que ele se estender tanto.

Chu Zhen colocou a espada em frente ao seu rosto enquanto deslizava dois dedos na lâmina e sussurrava um cântico, logo a lâmina começou a emitir um brilho que fez o espanto aparecer nos expressões das pessoas que estavam assistindo a luta.

"Isso é uma espada de grau mortal! Não acredito que Chu Zhen tenha este tipo de tesouro!"

"Não sei o nível mortal no qual está espada se encontra mas deve ser extremamente alto levando em conta o brilho e a aura que está emitindo"

"Nunca imaginei que veria um tesouro de grau mortal nas lutas da área externa dos clãs!"

Os espectadores comentavam em seu espanto enquanto olhavam a espada emitindo uma pressão e brilho assustadores.

"Parece que você anda bastante benevolente Velho Chu, entregando o tesouro de seu clã a um membro externo" - Disse o velho Lin com tom de zombaria.

"Hmph! O avô de Chu Zhen fez serviços meritórios para o clã ultimamente e insistiu em emprestar a espada para seu neto." - Bufou velho Chu enquanto respondia o chefe do clã Lin.

"Oh! Se eu me lembro bem essa é a espada que o velho Chu pegou nas ruínas aquele ano, está e uma boa espada mortal de nível 5." - Disse o chefe do clã Han surpreso.

"Mas é claro! eu lhe dei o nome de "Espada da Alma Cortante" já que a menos que o oponente esteja no "Reino da Abertura das Veias da Alma" ela irá cortar a alma espiritual como se cortasse manteiga" - Disse Velho Chu com orgulho.

"Uma arma assim só pode ser parada na capital onde existem os verdadeiros especialistas do "Reino da Abertura das Veias da Alma" aqui onde nós cultivadores da criação do núcleo de sangue reinamos essa é uma espada letal." - Disse o chefe do clã Lin entrando na conversa.

"Sim, mas o poder da espada depende também de que a base de cultivo do portador esteja acima do oponente para que seja totalmente eficaz, caso contrário será inútil." - Velho Han disse enquanto olhava para os outros chefes de clã.

"Exato, senão eu já a teria usado para varrer vocês velhos da Cidade Pedra Lua." - Zombou velho Chu.

"Como se fosse fácil assim!" - Bufou velho Han em resposta.

"Mesmo tendo estes contras, essa ainda é a espada de melhor qualidade existente no Estado de Yueliang, abaixo apenas é claro da espada de grau mortal nível 7 na Cidade Capital Lua Branca." - Disse o chefe do clã Lin.

"Sim, nada pode superar o poder do armamento nacional do estado na capital. Dizem que ela foi usada pra cortar o lago ao qual a capital foi construída." - Disse o velho Chu.

"Isso são apenas lendas, duvido que armas tenham esse poder." - Respondeu velho Lin com um tom sarcástico.

"Lenda ou não nunca iremos ver tal espada, mas a espada de meu clã vai demonstrar seu esplendor agora. Então observem bem!" - Num tom empolgado disse velho Chu enquanto esperava que todos pudessem testemunhar o poder do seu tesouro de clã.

Lá na arena Lin Yezhou estava pálido enquanto observava seu oponente destravar o poder do tesouro de grau mortal, ele tentou espremer de sua cabeça qualquer ideia possível para evitar aquela espada aterrorizante.

"Esse é o fim da linha pra você Lin Yezhou!" - Rugia Chu Zhen enquanto numa velocidade aterrorizante chegava em frente a Lin Yezhou e desferia um golpe vertical para baixo visando a cabeça de seu oponente.

Aquele golpe fez todos os pelos da cabeça de Lin Yezhou se levantarem enquanto seu corpo esfriava e ele já podia sentir a morte batendo na sua porta.

O silêncio reinou na arena e nos espectadores ao redor, a espada desceu e atravessou o garoto Lin da cabeça aos pés, nenhum corte em seu corpo poderia ser visto.

Mas se algum cultivador do "Reino da Abertura de Veias da Alma" estivesse aqui ele veria a alma de Lin Yezhou nesse exato momento se partido ao meio.

Um grito de gelar os ossos foi extraído da boca do garoto enquanto ele caia no chão com uma metade a menos da sua alma.

"É uma pena, ele era inocente e jovem demais e acabou morrendo devido a crueldade do cultivo." 

"Ele nunca deveria ter entrado neste tipo de vida, apenas para morrer precocemente com sua base baixa de cultivo."  - Suspirou um dos jovens do clã Han.

"Hmph! Ele deveria ter se rendido, mas não o fez, isso significa que pelo menos ele morreu com honra." - Disse um homem do clã Lin.

"Se ele tivesse perdido face para o clã se rendendo, o próprio chefe de clã o mataria!" - Cruelmente esbravejou outro homem idoso do clã Lin, aparentemente este era um dos anciões do clã.

"Acabou, parece que meu clã Chu vence as batalhas da área externa este ano!" - Disse o velho Chu com risos presentes em sua face.

"Levem o corpo do garoto e o enterrem! mesmo que ele tenha perdido face para o clã ele ainda caiu com honra sem se render ao inimigo!" - O chefe do clã Lin disse com um tom raivoso enquanto apontava para alguns homens ao seu lado.

Os homens assentiram com a cabeça e se movimentaram até a arena onde estava o corpo caído do jovem Lin Yezhou. 

"Você deveria ter se rendido lixo! Assim eu não gastaria tanta energia dividindo sua alma ao meio!" - Chu Zhen zombava com seu semblante pálido enquanto olhava Lin Yezhou morto no chão, aparentemente esse último golpe gastou todas as suas energias. Mas isso era normal afinal estamos falando do poder de dividir almas sem estar no "Reino de Abertura de Veias da Alma" ainda.

Enquanto Chu Zhen se preparava para sair da arena, algo estranho ocorreu, tudo pareceu parar. Desde os espectadores, os chefes de clã tudo que estava vivo e se mexendo no penhasco parou abruptamente como se o tempo estivesse estático.

A aura gelada que esteve desde sempre no Penhasco da Lua Prateada era a única coisa que se movia no momento, a aura começou a se reunir em um único ponto e formou a imagem de um homem de meia-idade com cabelos longos e brancos e roupas que pareciam refletir o próprio céu estrelado.

O homem com seu semblante gelado olhou para o corpo de Lin Yezhou caído no chão e se aproximou dizendo:

"O destino fez com que seu corpo fosse compatível com o que resta da minha alma, o destino também fez com que você perdesse metade de sua própria alma para que minha vontade restante a completasse."

"Ah! Destino, se fosse tão bom comigo como foste com este garoto talvez minha alma não teria se espalhado formando este penhasco onde eu vivi recluso por anos."

"Ah! Destino, se fosse tão bom comigo talvez eu não perecesse numa guerra infernal!"

"Mas vou cumprir o último desejo seu para que talvez este seja meu bom destino! que é fazer com que este garoto ascenda e pare a destruição que corrompe o mundo" - Suspirou o homem de cabelos brancos enquanto colocava sua mão na cabeça de Lin Yezhou.

Enquanto isso numa terra negra onde os céus eram abaixo e a terra era acima e um sol negro queimava  todos aqueles espectros transparentes que estavam em um fila para um rio de almas a frente.

Um garoto de mais ou menos 14 anos estava em uma dessas filas com um semblante que não demonstrava nenhuma emoção como se estivesse vazio por dentro, ele caminhava lentamente como os outros espectros em direção a um rio de alma.

Este era Lin Yezhou que com a outra metade de sua alma foi para o submundo para entrar no ciclo de reencarnação, mas ainda não era hora de ele ir.

Uma fumaça branca apareceu no céu daquele mundo quando uma mão saiu da mesma e agarrou a alma de Lin Yezhou na fila o puxando para dentro da fumaça.

"Voltar para o mundo mortal depois de entrar no submundo e contra as regras!" - Uma voz rugiu naquele mundo quando a mão estava levando Lin Yezhou embora.

O mundo tremeu e todas as almas e espectros colocaram expressões aterrorizadas em seus rostos quando um ser de pele cinza, olhos negros e com chifres em sua cabeça apareceu no horizonte.

Sua aura fez com que o submundo tremesse e que almas mais fracas se dispersassem no ar tirando qualquer chance de reencarnação.

"Mero demônio do submundo! você ousa parar o meu caminho enquanto eu tiro alguém dessa poça de merda que você chama de casa?" - Uma voz enraivecida saiu da fumaça branca, que assim como a voz do demônio fez com que o submundo tremesse e que mais almas dispersassem.

Tal voz também saiu com uma aura da fumaça branca fazendo com que o demônio que não tinha pelos no corpo se arrepiasse todo e tremesse dos pés a cabeça.

"Sinto muito Lorde Exaltado! Não queria impedir seu caminho! é uma benção que venha visitar o submundo!" - O demônio respondeu em voz trêmula.

"Hmph! Nunca que eu iria voltar aqui de novo, e se eu realmente precisasse seria para destruir todo o local!" - Esbravejou a fumaça branca enquanto sumia com a alma de Lin Yezhou.

Assim que a fumaça branca saiu do submundo, no mundo dos vivos aquele homem de meia-idade que apareceu no penhasco estava tirando a sua mão do que aparentemente parecia ser uma fenda.

No mesmo momento em que sua mão saiu da fenda, uma alma poderia ser vista em suas mãos na qual o homem colocou de volta no corpo de Lin Yezhou e fez um sinal de selo.

A mão do mesmo que também estava sobre a cabeça do garoto começou a brilhar e o corpo do homem começou a ficar transparente, enquanto isso a outra metade da alma de Lin Yezhou que foi cortada estava sendo consertada pela alma do homem que estava sendo absorvido.

A alma de Lin Yezhou ficou uma metade exalando um poder desconhecido mas que parecia ser o pináculo absoluto, enquanto a outra era o que restou da alma do pobre garoto.

Num ambiente onde tudo era totalmente branco, existia apenas o homem que foi absorvido e o garoto Lin Yezhou que acabará de acordar e olhar ao seu redor.

"Onde estou? este e o céu?" - Bocejou Lin Yezhou que ainda não percebeu o homem a sua frente.

"Este não é o céu, e você não iria querer ir pra lá neste momento já que atualmente é pior que o submundo!" - Disse o homem fazendo Lin Yezhou notar sua presença.

"Quem é você?" - Respondeu Lin Yezhou assustado e dando um passo pra trás assim que o notou.

"Eu me chamo Wu Qiong e sou a pessoa que te salvou de entrar no ciclo de reencarnação."

"Eu realmente morri? ele usou aquela espada e cortou minha alma! maldito seja Chu Zhen e suas cinco veias abertas!" - Esbravejou Lin Yezhou.

"Hahahaha! Eu entendo sua indignação garoto, você quer ser vingar?" - Disse sorridente Wu Qiong enquanto olhava para o garoto.

"É claro que eu quero! se eu tivesse poder eu certamente mataria Chu Zhen e quebraria aquela maldita espada!" 

"Boa! Vou te contar a verdade, eu não passo de uma alma quebrada que veio dos céus caídos. Mas eu ainda tenho minhas memórias e experiências de cultivo ao qual podem te ajudar a transceder a mortalidade, meu acordo é que você cresça e ofusque todos com a minha ajuda para que me arranje um método de conseguir completar minha alma novamente depois." - Disse Wu Qiong.

"Eu não entendi todos esses termos que você usou, mas se me ajudar a ficar forte eu prometo que irei te ajudar a reviver quando eu achar um metódo!" - Disse Lin Yezhou com uma confiança raramente vista em si mesmo.

"Ok, nosso acordo está feito! pensando nisso eu ainda não perguntei qual é o seu nome garoto?" - Perguntou Wu Qiong ao determinado Lin Yezhou.

"Meu nome é Lin Yezhou, sênior!" - Abruptamente o garoto parecia se lembrar dos modos de como tratar os mais velhos e fez uma reverência ao homem de meia-idade a sua frente.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...