História O Sociopata - Capítulo 38


Escrita por: e IBMMiguel

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags O Sociopata, Psicopata, Psicopata Eu, Sociopata
Visualizações 4
Palavras 1.264
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Nada a dizer sobre esse capítulo

Capítulo 38 - Surpresas


 Após Iara ter descoberto o recado por completo subimos para a cozinha, eu havia pedido para uma padaria próxima entregar três cestas de café da manhã em casa, subimos e começamos a comer.

Robson: Iara, aquele recado.

Iara: Sim, o que tem ele?

Robson: Estava mandando os empregados dele me manterem longe e para eles não atrapalharem certo?!

Iara: Certo.

Robson: Que tal fazer com que eles atrapalhem?

Iara: Como pretende o fazer?

Robson: Vamos invadir e destruir alguma de suas bases, uma das fábricas.

Iara: Destruir? Como? Por acaso está pensando em explodir o lugar?

Robson: Não, eu não trabalho com bombas, só mato quem mereça morrer, e podem haver inocentes lá.

Iara: Então qual sua ideia?

Robson: 97% das fábricas em geral estão usando processos computadorizados hoje em dia. É só uma questão de invadir o computador geral. Através de um mainframe.

Iara: Traduz.

Robson: Já ouviu falar em cavalo de troia?

Iara: Sim, foi um cavalo de grande altura que foi dado para os troianos e haviam inimigos dentro que, durante a noite, invadiram e destruíram tróia.

Robson: Isso, mas e quanto a um trojan horse.

Iara: É o termo em inglês, é a mesma coisa.

Robson: Sim, mas nesse caso é um vírus. Que quando recebido e aberto pode me dar permissão para invadir o computador central, ou seja, o mainframe da empresa

Iara: Quem vai fazer isso?

Robson: Eu, você está falando com alguem que é formado em mais de 4 cursos de informática. Rs (começou a se achar, né cara)

Alex: Gente, alguém me explica o que está acontecendo?

Iara: desculpe, esqueci que estava aí. Estamos pensando em como conseguir o que queremos, que é atormentar Marcos. Sendo assim, Marcos será obrigado a vir pra ca, não acha uma oportunade boa?

Alex: Estão falando do Marcos dono das empresas Mar's?

Robson: Sim, o maior traficante que existe na região.

Iara: ele é mais um crimonoso na lista de Robson, como ele mata criminosos, é mais uma lâmina de troféu, creio eu. Então matando ele, acabamos com boa parte do tráfego.

Alex: Vocês são doidos, né? só pode. Marcos é o cara mais de boa que existe. Ele ajudou várias pessoas da região que estavam sem emprego.

Robson: Então você sabe quem ele é. Quer saber quem ele ajudou? Patrick era um garoto que não tinha emprego e estava para ser despejado. Sabe onde ele está agora? É o corpo número 70 lá em baixo.

Alex: Certo, vou precisar sair pra fazer compras, dentro de meia hora volto. Pode ser?

Iara: vai e liga antes de voltar.

Alex: Tudo bem, mas não tenho seu número.

Iara: tem o do robson, chispa daqui!

Alex: Ok, tchau. "Falou saindo"

Robson: Coitado dele, seja mais gentil.

Iara: não, obrigada, no momento não estou com paciência pra isso. Em fim, você vai invadir, e aí? Mais o que? Vai investigar os que fazer parte do tráfego?

Robson: Também, mas, se invadirmos o computador da empresa certa talvez encontremos o computador pessoal dele.

Iara: e o que espera encontrar no computador dele?

Robson: algo com o que ele se importe mais do que tudo.

Iara: já não basta a família?

Robson: Você sabe o nome da Esposa? O nome da filha?

Iara: que eu saiba, todo mundo tem facebook hoje em dia.

"Ela joga celular com o perfil da mulher dele"

Robson: Ele é um cara inteligente, esqueceu que ele conseguiu me vencer duas vezes? Com certeza ele bloqueou o acesso ao perfil pelo número de celular. E o mais importante, ele tem uma amante, ninguém sabe mas eu descobri.

Iara: só ir a casa dela e... Ah... Ele se importa mais com ela que a esposa?

Robson: Talvez, mas eu não sei o nome dela ainda. Descobri isso a pouco tempo. Pra ser mais preciso com o recado que você encontrou no corpo.

Iara: se os capangas são os mensageiros, basta nós descobriremos eles, observarmos e ver quem é. Acho que, se ele se importar mesmo, posso facilmente entrar na clínica médica onde ela vai, a atender e então dar uma informação falsa que chame sua atenção. Traçamos uma armadilha.

Robson: Veja, a parte final da mensagem foi pra ela. Ele viajou com a família. E mandou seus "funcionarios" entregarem o recado a ela. Que não o incomodasse.

Não temos tempo pra isso, precisamos de tudo o mais rápido possível. Vamos invadir o prédio do centro, acredito que lá seja a base dele.

O telefone toca e Robson atende.

Alex: Estou na porta, posso entrar?

Robson: Pode sim. Está tudo Ok.

Iara: ta, mas vamos direto no sistema, consegue se conectar com todos os computadores ao mesmo tempo?

Robson: Alex, não foi nem meia hora, não daria tempo nem de ir no centro rsrs. Vamos agora? Mas sem sair de casa. Iara, é simples, pra isso tenho que entrar no mainframe. É o computador de controle de todo o prédio.

Iara: certo, certo

Robson: vamos pro escritório. Pegue o celular do número 78 ele era próximo ao Marcos então deve ter o e-mail dele. Vou usar um e-mail cópia pra enviar o trojan

Iara corre até lá e trás em pouco tempo o celular.

Após isso eu pego o celular e encontro o e-mail de Marcos, e crio o e-mail cópia e envio o vírus para a empresa do centro.

Iara: vai invadir daqui? Estamos a mais de 40 minutos de lá. Queria ver o que as pessoas vão fazer.

Robson: Fácil, vamos hackear a câmera do prédio da prefeitura a frente.

invado o computador e crio o pânico no lugar, fecho as saídas impedindo assim qualquer um de avisar Marcos, desativo também o sinal de telefonia. Deixando apenas o sinal direto entre as duas máquinas, a nossa e a deles.

Iara: uhum...

"Olhando"

Robson: Agora, vamos encontrar o computador do escritório de Marcos, será o mais difícil de acessar. Encontrei. Agora vou tentar invadir. Espera, mais um pouco, isso, quase lá. E pronto. Invadi.

"Iara pega uma cadeira e senta do lado"

Iara: rápido.

Alex: Cara, você é bom no computador.

Robson: tem que ver na cama. Kkk

Iara: vou fingir que não ouvi isso lkk

Robson: Estou no computador dele. Agora vou abrir o e-mail dele e ver se ele entrou em contato com alguem interessante. Olha aqui, uma tal de Mariana Vilar. Iara, pesquisa esse nome na lista da polícia pra mim. Rápido

Iara: pesquisado.

"Mostro o resultado no notebook dela virando a tela"

Robson: Pronto, essa é a amante. Agora posso terminar o trabalho. Vou destruir o sistema de computadores dele. Assim será quase uma explosão.

Iara: vai ser bom de ver.

"Cola na tela"

Robson: três, dos, um. Pronto.

[3/8 18:09] Robison: No momento em que Robson destrói as máquinas vemos uma grande explosão pelas câmeras da prefeitura.

Iara: Mas que porra, Robson! Você explodiu o predio!

Robson: Não, não foi eu. Eu não explodi. Lembra do que te disse antes?? Não uso bombas pelos inocentes em volta. E não havia nenhum código de explosão no código. Isso foi algo externo

Iara: consegue as filmagens então?

Robson: Não, eu destruí o sistema de câmeras também. Não tem como ver filmagens anteriores mais. Não saberemos quem fez isso.

Iara: ah, que droga!

"Bate na mesa" com essa potência pode ter ocorrido 80% de chances de todos terem morridos. O resto é definido em 15% gravemente ferido e o 5% corpos desaparecidos...

Robson: Foi uma explosão nível cinco, de acordo com o que sei as taxas de sobrevivência é quase zero. Os que morreram instantaneamente não poderão ser reconhecidos. Talvez só pela arcada dentária.

Iara: por isso o 80%, dependendo, mesmo sendo nível 5, a estrutura pode ter comprometido um pouco disso. Ah... Maldição. Já venho

"Saio e vou pro quarto"

Alex: E agora o que vai fazer?

Robson: Não faço idéia gatinho, não faço idéia.


Notas Finais


Cuidado com a luz, ela também sabe brincar.
Psycos invadiu rsrs. Por quê explodiu se não foi colocado bomba? E não havia código de destruição! Algo está estranho.
Cuidado com as sombras você não sabe o que elas escondem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...