História O Sol - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Overwatch
Tags Mekamechanic
Visualizações 76
Palavras 492
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, LGBT, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Vem e aquece minha alma


Não era a primeira e nem última vez que D.Va ou Hana Song levava seu meka totalmente quebrado ou apenas o pó para o pátio de concerto para ter um trato melhor possível. Nem era os níveis de concerto sul coreanos que a deixavam frequentar com frequência os concertos e sim uma certa pessoa.

Sim, ela poderia estar pensando demais em como poderia ter uma chance com alguém tão altruísta e dedicada.

Sim, dedicada. Era "ela".

Não, Hana não estava usando seu descuido e seu meka quebrado 'pra tentar conquistar uma garota, longe disso, que tipo de pessoa ela seria se fizesse isso? O que o pai da garota pensaria ao ver uma figura pública e famosa tento encontros e comendo macarronada em Rialto com a filha em uma missão? Hana não queria o olhar furioso de Torbjorn em si pela nova instalação da Overwatch, não mesmo.

Agora, no momento, Hana apertava os dedos da mão em sinal de  enquanto Brigitte arrumava o projetor da matrix de defesa, o barulho das engrenagens resoando por todo local e parando assim que a ruiva apareceu e a olhou, sorrindo.

Ela sorria como um gato, era ótima arrumando seu meka e ainda por cima, o melhor de tudo, Brigitte Lindholm era sua fã. Tinha como Hana não estar mais apaixonada do que isso?

"Tudo arrumado para a próxima missão, Hana" Falou, a sujeira de graxa em seu rosto fez Hana ter vontade de rir e limpar com o paninho que a mesma tinha no bolso do macacão, mas seria um atrevimento.

Os suecos eram mais reclusos com relação ao toque que orientais, não? Só essa dúvida fez a cabeça de Hana girar.

"Obrigada, senhorita Lindholm" Agradeceu em um tom baixo e Brigitte deu uma risada "É a última vez que venho em seu socorro, tem muitos que podem me ajudar, mas sei que você é ótima e confio em você... Juro que arrumarei uma forma de compensar"

A última parte foi dita quase que no desespero e Brigitte apenas sorriu sem mostrar os dentes.

Depois que a filha de Torb começou a assistir suas streams e comentar as mesmas no dia seguinte, Hana já tinha caído de amores e isso só fez com que ela se notasse mais perdida ainda 

"Que tal a gente sair?" Sugeriu e talvez Hana tivesse entendido errado.

"Eu atrapalho?" Perguntou e Brigitte a olhou, seus olhos já sorriam e iluminavam Hana.

"Você me paga os concertos do meka com um encontro" Falou novamente e Hana fechou e abriu a boca duas vezes, sem reação "Ou você pode recusar..."

"Eu aceito!" Falou de supetão "Eu super aceito sair com você, nós duas de mãos dadas no por do sol e seu pai gritando de fundo, isso é muito romântico" Falou, tropeçando nas palavras e Brigitte se aproximou.

Era notoria a diferença de tamanho e Brigitte apenas tocou seu rosto com carinho, depositando um beijo casto em sua testa. 

Hana se desmanchou com isso. Um suspiro saiu de seus lábios e um arrepio subiu sua espinha. 


Notas Finais


Eu precisava fazer algo desse ship! Precisava e muito! É bem provavel que muitos tenham enjoado da minha presença em na categoria ou em ow mesmo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...