História O sol é para todos! - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, V
Tags Jihope, Namjin, Vkook/taekook
Visualizações 30
Palavras 910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Mistério, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi mores, estou com falta de criatividade então, se a fic estiver ruim, me perdoem e não desistam de mim, está bem?

Boa leitura, mores💞

Capítulo 9 - Para onde levaram Kim Taehyung?


Fanfic / Fanfiction O sol é para todos! - Capítulo 9 - Para onde levaram Kim Taehyung?

Jeon Jungkook.    P.V

Abro a porta e fito os dois garotos até sentir Yoongi me dá um soco leve no estômago.

-Ai,Yoongi- Digo entre gemidos- doeu!

-Era para doer, idiota- Ele diz e entra na casa, Namjoon apenas segue o mesmo, os dois sentam no sofá e me encaram como se estivessem esperando uma explicação, abro a boca várias vezes e nada sai- Por que saiu daquele jeito, Jeon?- Diz com um pouco mais de calma.

Me sento no meio dos dois no sofá, pego o controle e desligou a televisão, mas não tiro os olhos das mesmas. E ficamos lá, no silencioso. Sinto os olhares sobre mim, até ouvir Namjoon quebrar totalmente o silêncio.

-Ele estava com ciumes- diz.

-Não estava não!- retruco.

-Estava- insiste Namjoon.

-Okay, okay. Está bem, vocês venceram- Digo- Eu estava com ciúmes- Vejo Namjoon e Yoongi rirem- Aish! Vocês são muito irritantes - Reviro os olhos.

Ouvimos barulhos na porta, quem pode ser desta vez? Quer dizer, noona já foi dormir, meus amigos estão aqui e minha mãe viajando, quem mais poderia ser?. Abro a porta e vejo Taehyung, ele está de cabeça baixa , quando ele levanta a cabeça, vejo seus olhos vermelhos e seu rosto inchado, arregalo os olhos e o abraço.

-Me perdoe, Jeon- Ele diz- Eu não... Eu não quis fazer seu coração doer.

Aquela cena partiu meu coração de tal maneira, isso é tudo culpa minha, como pude fazer isso? Como fiz aquele drama todo?. Sem parar de abraçar Taehyung, faço um gesto para que Yoongi e Namjoon saísse, o que parece funcionar. Solto Taehyung e puxo para que ele entrasse em casa, fecho a porta atrás dele e o puxo em direção ao sofá. O abraço novamente e coloco sua cabeça em meu peitoral.

-Jeon...- diz em meio aos soluços.- Eu fiz seu coração doer de novo, não é?- É raro ver ele assim, no dia a dia ele é feliz e energético, mas agora está aqui, chorando em meus braços. Me quebro, ele não deveria está chorando, está tudo bem, choro, o que é raro de acontecer- Você está chorando? - me olha surpreso.

-São apenas lágrimas, hyung- Digo enquanto acaricio seus cabelos- E não, você não fez nada. Você me faz bem, acho que exagerei um pouco no ciúmes, então quero que me perdoe, eu te amo muito, está bem? Não chore- limpo suas lágrimas com os dedos.

Ele levanta o rosto e cola nossos lábios,peço entrada e ele rapidamente cede ao pedido, foi um beijo calmo e suave, completamente apaixonado. Passo as mãos pelos seu rosto, sinto sua mão direita em minha nuca, ele entrelaça seus dedos em meus cabelos, suspiro em meio ao beijo. Ele se separa, maldita falta de ar, depois de alguns segundos 'ataco' seus lábios novamente, não como antes, agora quente, com mais desejo.

-Eu não quero saber!- Diz minha noona em seu quarto, ela fica nervosa, o que me deixa surpreso pelo fato de ela ser sempre calma- Saía daqui! Agora!.

Separo o beijo ao ouvir aqueles berros, Noona nunca foi de se estressar. Vejo uma das serventes descer correndo das escadas, seu rosto cheio de lágrimas, olho para Taehyung que está sem expressão e a boca semiaberto, subo as escadas correndo percebendo que Taehyung vem logo depois, abro a porta e vejo Sana no chão, berrando feito uma criança.

-Sana?- Diz Taehyung- O que aconteceu?-Tae se aproxima e se senta do lado dela.

-Ah, não foi nada- limpa as lágrimas e sorri forçadamente.-Oh meu Deus! Taehyung você tem que sair daqui.

-Noona! Está mentindo!- Grito- Conte o que aconteceu, por que Taehyung tem que ir?- Me acalmo ao ver que Taehyung arregala os olhos.

-Omma... Ela... - Respira fundo e continua - Ela não quer desfazer o noivado. Por causa da minha insistência, ela está vindo para cá, Jungkook! Leve Taehyung rapidamente.

Arregalo os olhos e pego a mão de Taehyung, saio correndo e desço as escadas o mais rápido possível.

-Aish! Eu sei andar- Resmunga.

Abro a porta e empurro Taehyung para fora.

-Conversamos por mensagens- Grito e fecho a porta.

Subo as escadas e vou até meu quarto, fecho a porta com força e respiro fundo, eu poderia ser pego , minha omma com certeza ficaria brava e eu estaria completamente fodido. Me deito na cama e pego meu celular no criado-mudo,  a casa de Taehyung é longe, o que me deixa com um pouco de medo, Taehyung é frágil, se algo acontecer, como poderia se defender?

(...)

Já faz uma hora que Taehyung saiu daqui, minha mãe já chegou, apesar de ela não ter vindo no meu quarto, consegui ouvir sua voz e o som da maçaneta na tentativa de ser aberta. Mando mensagem para Taehyung.

CHAT ON~

Eu: Taehyung? (Mensagem enviada, porém não entregue.)

Eu: MEU DEUS, TAEHYUNG (Mensagem enviada, porém não entregue).

CHAT OFF~

Desci as escadas em desespero, encontro minha mãe na sala mas ignoro, quando tento sair ela pega em meu braço e diz:

-Onde está indo?- Pergunta.

Apenas solto sua mão de meu braço e vou ao encontro de Taehyung. Vou até sua casa e encontro a porta escancarada, arregalo os olhos ao perceber que estava tudo escuro. Ligo a luz e vejo um bilhete no chão escrito; 

Se quer encontrar Kim Taehyung, terá de seguir as instruções, mas se vir com alguém, seu namoradinho irá morrer.

Arregalo os olhos ao ver aquela mensagem, viro a folha de papel e vejo o endereço. Olho para o lado e para o outro, não a rua está deserta, sem nenhuma pessoa sequer, o que foi uma oportunidade para o suporto crime. 

Por que fizeram essa maldade com Taehyung?



Notas Finais


Eu sei que o capítulo ficou pequeno mores, mas espero que gostem💞

Até o próximo capítulo💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...