1. Spirit Fanfics >
  2. O som do coração >
  3. Uma (possivel) descoberta

História O som do coração - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Os pais do mais novo casal se reuniram para jantar no novo ap deles

Capítulo 10 - Uma (possivel) descoberta


30/06 1:43 Am

Apartamento SN 

Narradora on 

Temari acordou assustada e suando frio

-Shikamaru -o balançou com uma de suas maos ate ele acordar-

-o que foi - ele disse se espreguiçando-

- Shikamaru -exitou um pouco-

-Pode falar 

-Ja parou pra pensar o quão aleatorio e impulsivo foi a decisão dos nossos pais de nós juntarem?

-Na verdade nao, mas como assim?

-Primeiramente, o que o meu pai ganha ajudando na divida do seu avô? E outra, porque a gente namorar tem haver com isso? Ele podiam apenas fazer uma parceria, mas nao, ele juntaram a única herdeira disposta a assumir o cargo dos Sabaku e o único herdeiro dos nara, a gente nao tem nada haver com essa divida, então porque ele nos juntaram? E porque tao rapido?

-Nossa, Eu realmente nao tinha parado pra pensar nisso, mas... -quando ele se virou ela estava dormindo- tsc problemática...

5:50

Temari on

Desci ate a cozinha para comer algo, na verdade ao tem cereal, nós precisamos fazer compras!

- Temari -ouvi a voz do Shikamaru atras de mim-

- Oi

-Tas pensando o que tu me disse de madrugada e realmente nao faz o menor sentido, mas porque você ta com olheiras?

- Depois de um tempo disso, eu acordei e nao dormi mais, até o dia clarear

-Entendi, mas voce tem que dormir bem  nao pode ficar perdendo sono assim-foi nesse momento que o celular dele tocou-

Ligação on

- Oi mãe 

-filho, bom dia, te acordei?

-Ja estava acordado a um tempo

-se da convivência com a Temari esta te fazendo bem -ri- mas enfim, nós combinamos com rasa e os filhos deles para ir-mos jantar ai

-Hoje? - disse espantado, alem de nao ter comida em casa, chega-mos tarde da escola-

-Nao! Sábado 

(Fundo da ligaçao) - Meu bem?

- Oi shika

-nossos pais querem vir jantar aqui sábado, da pra ser?

- Por mim tá tudo bem (Fundo da ligaçao off)

-de boa mae

-Voces estao se alimentando direito ne?

-É lógico -ri de nervoso-

-acho bom mesmo!

-Mas tenho que me arrumar para a escola, te amo, tchau, bjs

-Tchau te amo também 

Ligação off

Shikamaru on

-Essa é uma boa deixa para perguntar a eles sobre disso ne?

-Sim, mas a gente precisa comprar comida, na nao tem nada pra janta, na que você fez o favor que queimar o arroz ontem ne?

-Mas desculpa bebe, eu nao fiz de propósito 

-Ta, Ta, vamos no mercado depois da aula ta?

- Nao 

-Como assim nao?

-Você vai ter que me dar algo em troca

-Pta que pariu era só oque me faltava, eu amo vou fazer nada nao

-Então eu nao te levo

-porque eu nao renovei minha carteira -bate na propria testa-, oque tu quer?

-Assim que eu gosto

-Mas nao enrola!

-Para de ser grossa comigo, me dá, muito carinho e beijinhos (foi so eu que vi duplo sentido nessa frase ai?) Um carinho pra ti é só um tapa dado com menos força!

-Ta dar carinho?

-Entenda como quiser essa parte, vai se arrumar ja ta ficando tarde - ela subiu meio confusa e eu ri, olhei no relógio 6:30, parece que vamos chegar atrasados hoje-

Konohagakure School 

7:15

Temari ok

-Anda mais rapido shikamaru, a gente vai se atrasar mais!

Chegando na sala era o professor Orochimaru, ele me dá medo

-Onde estavam e porque se atrasaram?

-Perdemos a hora

-Tanto faz, para seus lugares agora, e silêncio, da próxima vez para a diretoria

Corremos para nossos lugar e recebemos olhares maliciosos dos nossos amigos

-ei estressada -sussurrou ja que sentava atras de mim-

- Oque foi proca?

-Porque chegaram tarde?

-A mae do Shikamaru ligou, e eu acordei tarde

-E essas olheiras ai? A noite foi boa ontem ein?

-Ta brisando? Nao teve nada disso que tu ta pensando nao -quer dizer, em partes- isso é porque eu tive insônia 

-Hunrun, ta bom 

-Entenderam turma? -O professor brisadao olhou especificamente para mim com cara de ódio 

- Sim - foi oque todos responderam, inclusive eu, por favor ne? Eu tenho o Shikamaru em casa, ele me ensina oque eu quiser (Mano essas frases tao mt maliciosas)

A aula passou de boa, tudo normal na medida do possível, Naruto atacou a tinta do sai no professor iruka, sasuke foi pego reclamando da aula do kakashi, Gaara tentou mentir pra Kurenai e ela disse que essa mentira nao funcionava com ela, hinata recebeu um beijo do Naruto e faltou morrer, Neji e Tenten começaram a se bater no meio da aula de história, aquela coisa normal da minha escola.

Rasa on

-voces acham que eles estão se dando bem?

- eu liguei pro Shikamaru hoje, eles pareciam bem carinhosos um com o outro, se chamavam ate por apelidinhos carinhosos

- Eu acho que fizemos uma boa escolha -se pronunciou shikaku-

-Sera que eles nao desconfiam de nada mesmo? Eu falei que essa historia estava muito mau contada, eles são muito espertos para cair em uma dessas - disse Hana-

-Mas eles estão cegos pelo amor querida

-Espero mesmo, eu ja vejo Temari explodindo se descobrisse

Rasa off

~Quebra de tempo

Shikamaru on

Super-mercado

A gente veio em um mercado depois da aula acabar, estamos comendo muito mau esses 3 dias que estamos mirando sozinhos, alem de nao ter comida em casa

-Voce come abobrinha? - Temari perguntou-

- Nao, ela tem um gosto problemático 

-O que a gente vai jantar hoje?

- Eu sei fazer sopa

- Eu sei cozinhar so nao quero

- Eu também, aahh Temari olha - eu disse apontando para salgadinhos-

-O que? -perguntou confusa 

-Deixa eu levar por favor

- Nao! Temos que ser saudáveis 

- So alguns, nao vamos comer todo dia, deixa, deixa vai

-Voce parece uma criança, e fala mais baixo garoto, ta geral olhando pra gente

-Tudo bem meu bem - Temari gosta dessa frase, talvez por ela ter uma sonoridade legal-

Após as compras levamos tudo para o carro e fomos até em casa

- Temari você conhece aquele Alan?

-Quem é Alan Shikamaru?

-O caixa que estava passando nossas compras

- Oque tem ele?

- Nao acha que ele estava sorrindo muito pra você nao?

-Na verdade nao 

-Palhaço! 

- Shikamaru o cara nem falou comigo direito e tu ta com ciúmes dele?

Eu ia comentar sobre a repórter mas preferi nao jogar alcool no fogo

-Nhe, mas imagina se eu nao estivesse lá! Ele ia ficar te cantando, até tu passar o teu número para ele, ai vocês iam ficar se pegando nos sábados nas festas, e depois iam morar juntos, ele ia te engravidar e sumir --ok agora eu viagei levá-lo

-Para esse carro agora!- ela ordenou e eu o escostei na calçada, estava a noite e sem muito trânsito- olha nos meus olhos-e eu olhei, ah como esses olhos são lindos, eu morro de amores assim- a gente nao tem nada fora um contrato- ah que lin... pera aí o que?

- Pera aí oque? Porque ta rindo?

-Voce tinha que ver a sua cara - ela continuou rindo- relaxa queridinho eu gosto de você de verdade, e eu nao daria meu número de telefone a um estranho 

- Eu também te amo -em jogo rápido tirei o cinto e fui pra cima dela no banco, nos beijamos intensamente e ela colocou a mão em baixo da minha blusa e arranhou meu abdômen com as unhas, nós separou colando nossas testas e disse

-A gente nao pode meu bem, e mesmo se pudesse, nós estamos em um carro, no meio da rua -fui para o meu banco eu ja estava duro,  coloquei meu cinto e ela estava rindo com a cabeça baixa e mordendo os labios para tentar abafar o riso, olhei para baixo e vi que minha ereçao, estava visível, e digamos que BEM visível, então era disso que ela tava rindo 🤡🤡🤡 -

Temari on

Ver o efeito que eu tenho sobre ele é incrível, principalmente que com um simples toque meu ele ja fica exitado, ao ver aquilo tentei segurar meu riso, mas ele pareceu perceber do que eu estava rindo e ficou meio tímido.

Depois de chegar em casa e quartas as compras em seus devidos lugares, ele subiu para o quarto e logo eu fui atrás, ele estava com uma bermuda tactel, azul e estava sem blusa, ver aquele abdômen moreno tao definido, pra vocês terem uma nossao dava pra lavar roupa ali de tantos gominhos, eu soltei uma risadinha e ele que estava de costas se virou apressado, eu apenas o ignorei pegando uma roupa e indo para o banho, quando eu terminei ele estava mexendo no telefone mas quando me viu seus olhares passaram por todo o meu corpo, como se imaginar algo inapropriado, e pela reação que seu corpo teve, definitivamente ele estava imaginando esse tipo de coisa comigo, soltei um suspiro no mínimo satisfeita.

Sentei em seu colo colocando uma perna de cada lado com os joelhos no colchão

-O que está fazendo?

-O que você quer que eu faça? -Apontei para ele e nada me deu de resposta-

Estávamos os dois a flor da pele, comecei entao a rebolar nele devagar, e com o passar do tempo ia aumentando  a velocidade, ele prendia os labios abafando um gritinho de prazer, comecei a beija-lo e fui descendo a boca pelo pescoço, ombro, peitoral, até chegar na barra de sua calça, ambos sabiam do limite que nao poderiam passar, e ambos respeitavam isso, mas tinha coisas que nenhum deles podia deixar passar, a vontade de terem um contato mais íntimo.

Puxei ela pra baixo mesmo! Junto com sua box, me assustei um pouco com o tamanho da caixa ne? Mais eu ja tava la nao ia em bora jamais, fui distribuindo beijos por toda a extenção da cabecinha e de uma vez enfiei tudo denteo de minha boca, um pouco desajeitada claro, nunca tinha feito isso, mas eu acho que ele estava gostando

Shikamaru on

Essa garota ainda vai me deixar louco, e disso eu nao duvido nada, enquanto ela me chupava eu gemia o nome dela e coisas que nem eu sei oque era.

Após um tempo disso me desmachei na boca dela, eu realmente nunca tive uma sensação tao prazerosa quando essa na minha vida, me vesti de novo e ela deitou do meu lado e me deu um selinho

- Isso foi bom?

- Nao 

- Desculpa, eu nunca fiz isso - ela abaixou a cabeça envergonhada eu a abracei-

- Isso foi melhor que bom, muito melhor na verdade, foi incrível,  nunca tive uma sensação tao boa assim, qualquer dia desses eu te compenso hoje- ela ri de lado-

-Ah eu lembrei de uma coisa 

-O que?

- Eu nao entendi nada da aula do Orochimaru hoje

-Quer que eu te explique?

-Simm 

- Vai ser um prazer ensinar você 

-Espero que eu entenda

-Você vai entender, nem que eu passe a noite toda te explicando 

-É estranho sabe?

-O que?

- Eu sempre senti algo por você, mas eu achei que nao passava de admiração, e agora a gente ta aqui, se pegando as vezes, namorado e mirando juntos, parecemos duas crianças as vezes? Sim! Mas faz parte ne? Ta tudo parecendo tao perfeito, mesmo eu querendo te matar as vezes mas no geral é bem legal

- Eu acho o mesmo -a abraço de lado- se eu puder vou passar a vida toda do teu lado, qualquer coisa eu to aqui, prometo ser o mais compreensivo que eu conseguir e te dar tudo o que merece, carinho e respeito, e te dar sensações únicas -cheguei perto do ouvido dela lambi e morri o lóbulo da orelha dela e disse- que ninguem fora eu te darei - Ela riu anazalado e falou-

-Igualmente querido -A bateu no meu peido 









Continua...







Notas Finais


Gente toda a vez que eu usar parêntese significa que sou eu mesma falando ta? Nao é nenhum personagem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...