1. Spirit Fanfics >
  2. O sonho da nerdzinha que sofria bullying >
  3. "A festa"

História O sonho da nerdzinha que sofria bullying - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - "A festa"


Fanfic / Fanfiction O sonho da nerdzinha que sofria bullying - Capítulo 9 - "A festa"

Era manhã, acordo sentido alguém me abraçar me viro e vejo Lívia a dormir, sorrio e toco de leve em seu rosto, quem diria hein que ontem nois duas iríamos fazer aquilo, mais pela primeira vez eu não chorei ou quis morrer por conta disso, eu confiava nela e ontem foi maravilhoso, levanto e me cobrindo vou para o banheiro e tomo um banho, deixava a água escorrer sobre meu corpo, era tão relaxante, tão bom, queria apenas ficar ali e deixar a água escorrer tudo de mim, todas a mágoas, tristezas, abusos, violência, passado um tempo já saio do banheiro vestida com uma blusa cor violeta e um short azul claro, voltei ao quarto e passo creme em meu cabelo e logo comecei a me pentear, vejo pelo espelho Lívia se mexer e logo acordar, me viro ainda me penteando


-- Bom dia bela adormecida -soltei um riso-

-- Bom dia raio do meu dia -ela sorriu-

-- Ah para 

-- Porque hora?

-- Num sou raio de dia de ninguém -a olhando-

-- Aaah, mais de mim é sim meu bem 

-- Okay, então né 

-- Venci hehe -falou se levantando-

-- Dessa vez 

-- Vamos ver, vou lá me arrumar 

-- Ta bom, ficarei aqui 


Fiquei ali terminando de me pentear, passei um leve perfume e me sentei na minha cama, e fiquei olhando para o teto fazendo um bico, pensando no quão bom tá sendo ficar aqui com ela, não falo em questão de dinheiro nem nada, mais sim porque minha vida era um inferno na casa de (meu) padrasto, e foi incrível como em pouco tempo minha vida tava mudando, por mais que eu ainda sofra na escola, eu mudei um pouco, eu consegui sorrir, fazer uma amiga de verdade


-- No que está a pensar Yara?

-- Oque? 

-- Tá tão distraida assim?

-- Ah só um pouco, tava pensando um pouco

-- Entendi, sim, vamos descer, estão chamando para tomarmos o café da manhã

-- Uhum vamos, eu já tô com bastante fome 

-- Somos duas então 


Rimos e descemos de mãos dadas, (só para constatar foi a Lívia que puxou minha mão e não quis soltar okay) todos nos olhava enquanto nos sentamos a mesa, logo perguntaram para Lívia e eu


-- Vocês estão namorando? 

-- Que? Não, não estamos não -falei olhando para Lívia que só me olhava de volta-

-- Aaah que pena, vocês são tão fofinhas juntas, que até pensei que estavam

-- Bom... "Ainda não estamos namorando" tia 

-- Como assim ainda não?


De repente Lívia se levantou veio até mim e se ajoelhou, pegou minhas mãos e olhou em meus olhos, dando um sorriso e exitando falou


-- Yara Still, você aceita namorar comigo?

-- A-ah ....

-- Aceita, aceita, aceita -ouvi sua tia falar-

-- Eu... Aceito sim -sorri a olhando-

-- Irraaaa, vivaaa

-- Tá bom tia, chega -Lívia riu-

-- Precisamos comemorar 

-- Ah não precisa não -falei nervosamente-

-- Tem certeza?

-- Ah... Não se incomode com isso 

-- Não será incomodo nenhum pequena 


Essa tia da Lívia era bem animada vey, insistiu tanto que no final, ela iria fazer uma festa para comemorar meu, até que seria bem legal isso, me animei bastante com a ideia, mais voltando aqui... Todos que estavam a mesa começou a tomar seu café da manhã em silêncio, gente parecia até que eu tava num funeral de alguém que num merece ser mencionado, foco imaginando se era porque eu agora era namorada da Lívia, fiquei imaginando se aquilo era uma forma de preconceito, eu percebia que a família quase toda me evitava, menos a tia boa da Lívia, não sei de repente me senti mal por estar ali, tomei rápido meu café da manhã e me levantei pedindo licença e logo saindo dali, não queria ser incomodo, andando pela a mansão vi um pequeno jardim lá fora cheio de flores, aproveitei e me sentei na graminha ao lado das flores, fiquei ali até ver a Lívia se aproximar e eu apenas voltei a tocar nas flores e sentir seu cheiro


-- Porque saiu assim da mesa? 

-- Como assim? 

-- Você não parecia feliz... Oque houve para você ficar triste?

-- Lívia, eu sou um incomodo aqui, sua família me olhava com uma cara de "essa menina não deveria estar aqui" , por isso quis sair de lá 

-- Você pode até ser um incomodo para o resto da minha família, mais isso não deve fazer com que você fique mal, eu amo você e quero lhe protejer 

-- Eu... Eu...

-- Mais nada, você ficará auqi comigo, e não importa oque poderá acontecer, você ficará comigo okay?

-- O-okay então 

-- Agora vamos, temos uma festa para preparar -ela se levantou e estendeu a mão- vem 

-- Você ainda está nessa da festa ainda? -peguei a mão dela e levantei-

-- Agora sim, estou bastante 


Formos indo preparar tudo para de noite, eu presentia que essa festa seria bem animada, mais também presenti que algo podia acontecer, pensando pelo lado positivo voltei a organização



{.......}



Já eram agora 17:50, e nois terminamos tudo finalmente, e estávamos sentadas no chão exaustas


-- Precisamos levantar, ainda temos que nos arrumar 

-- Eu tô cansada, eu não quero levantar 

-- Você vai por bem ou vai por mal hm?

-- Calma, eu vou por bem mesmo

-- Ótima escolha


Pegamos vestidos, e formos uma de cada vez se arrumar, primeiro foi a Lívia depois foi eu, a gente foi rápida para não deixarmos convidados esperando... Terminamos e logo saímos do quarto e descemos as escadas, vey tava praticamente o pessoal da escola inteira aqui, todos olharam para mim, estavam tipo uma cara de "Oque a nerdzinha tá fazendo aqui?" , Se essa foi a reação deles, eu não quero nem imaginar quando eles souberem para que foi o intuito dessa festa... 


-- Eu vou pegar alguma bebida, você vai querer uma?

-- Sim, por favor


Lívia sai me deixando sozinha no momento, eu não queria ficar parada então comecei a andar para o lado de fora da mansão, tinha mais gente lá dentro curtindo, do lado de fora não se via quase ninguém, estava um pouco escuro mais dava para ver o lado de fora, quando decidi entrar de novo sinto alguém puxar forte meu braço e tampar minha boca antes mesmo de eu falar algo, a pessoa me segura com uma das mãos na minha boca e outra na minha barriga e me fazendo ficar de costas, me arrepiei ao ouvir a voz da pessoa que era a pior do mundo



-- Lembra de mim "princesa"? 



💙{Continua}💙



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...