História O sonho da realidade - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigos, Guerra, Jornada, Monstros, Sonho
Visualizações 13
Palavras 761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Quando se luta para proteger algo ou alguém, tua coragem e determinação se elevam ao máximo, e você se torna capaz de fazer qualquer coisa, apenas para não perder o que tanto ama.

Capítulo 4 - Um velho amigo ou um novo inimigo?


 

     __Quem está aí? - disse Kaeru enquanto o farol do carro ofuscava sua visão.

     __Kaeru! Que bom que você está bem!

     __M-Marco? É você? desligue esse farol por favor!

Então o farol do carro foi desligado, e Marco saiu do carro junto a dois homens.

     __Espere, esses dois são...

Kaeru então é interrompido por um dos homens que aponta uma arma para seu rosto.

     __Espere! O que está fazendo? Abaixe essa arma Lucyo, ele é meu amigo! - disse Marco assustado com a ação do homem.

     __Escute, foi esse o garoto que nos impediu de capturar um dos monstros hoje cedo! Ele é um traidor dos humanos.

     __Não... Kaeru, você realmente fez isso?

     __Marco... eu fui salvo por aquela família de monstros, eles me abrigaram em sua casa durante a noite, aquilo era o mínimo que eu podia fazer, eu não sei o que eles te disseram para você se unir a eles, mas pode acreditar em mim.

     __Lucyo, pelo menos deixe os dois conversarem um pouco, afinal eles são amigos, não é mesmo Marco? Seria péssimo se Marco presenciasse a morte de seu amigo sem ao menos poder se explicar - disse o segundo homem presente ali.

     __Ok, ok, vocês dois tem dez minutos, melhor serem rápidos, não estou com muita paciência hoje.

     __Obrigado... - disse Kaeru com um ar de alívio

Os dois começaram a conversar, Kaeru explicou tudo o que havia acontecido, dês do desaparecimento de sua casa até a tentativa de captura de Carla, Marco escuta tudo com muita atenção e depois começa a falar o que aconteceu com ele.

     __Bom, naquela noite que aquela mulher apareceu, eu tentei dormir pensando que aquilo era apenas minha imaginação, mas não consegui, sempre quando fechava os olhos a imagem daquela mulher aparecia na minha frente, então eu me levantei e abri a janela, quando vi que havia apenas uma estrada de terra e uma floresta lá, eu logo procurei por meus pais mas não os achei, então eu sai de casa, mas quando fui entrar novamente ela havia sumido, eu comecei a seguir a estrada quando me deparei com esses caras, eles estavam dirigindo em alta velocidade e pararam logo que me viram, pediram que eu entrasse no carro, e começaram a contar-me suas historias, no começo não entendi ao certo porque eles fizeram isso, mas a única coisa que pude fazer era acreditar, já que não havia me sobrado nada.

     __Marco... Me desculpe mas, você sabe o por quê deles tentarem prender o monstro que me acolheu?

     __O Lucyo perdeu seus pais na guerra quando vários monstros começaram a invadir sua casa, seus pais o esconderam e o protegeram até não aguentarem mais lutar, ele os viu sendo assassinados bem na sua frente por um monstro, dês de então ele vem guardando esse rancor, talvez seja por isso que ele tentou fazer isso...

     __Entendo, ele deve ter sofrido muito não é? Mas e o outro? Eu ainda nem sei o nome dele.

     __Ele se chama Júlio, é um amigo de infância de Lucyo, acabou vindo enfrentar monstros para não deixar Lucyo sozinho, pois ele é muito irritado e poderia causar alguma grande confusão se ficasse por conta própria com uma arma - os dois ficam em silêncio por alguns segundos, então Marco retoma sua fala - Ei, eles podem não parecer, mas são bem medrosos hahahah, pelo que Júlio me contou, até hoje eles nunca derrotaram um monstro com mais de 1.50 de altura.

     __hahahah, isso eu já percebi, o Jon deu um baita susto nos dois... Marco, agora é sério, os monstros me disseram algumas coisas sobre a guerra que anda acontecendo até hoje, agora eles confiam em mim para acabar com tudo isso, mesmo que isso tudo não passe de um sonho, eu.. Não, nós estabeleceremos a paz entre as duas raças, para que não hajam mais vítimas dessa guerra causada por motivos egoístas.

     __Sonho? Acho que você bateu a cabeça em algum lugar... Bom, eu irei te apoiar, nós dois juntos iremos acabar com essa guerra!

     __Que bom que posso contar com você, vamos, acho que nossos dez minutos já acabaram a um bom tempo.

     __Vamos.

Os dois foram até o carro, Marco explicou a situação em que Kaeru estava, Lucyo e Júlio acabaram concordando em levar ele, após muita discussão, claro.

     __Ah, cansei disso, nós iremos deixa-los na próxima cidade, daí em diante vocês que se virem.

Os dois garotos acabaram dormindo no carro, enquanto iam para uma pequena cidade humana agrária.

Então, já ao nascer do Sol, todos os quatro chegaram na cidadezinha.

 

 

 


Notas Finais


Muito obrigado por ler até aqui!
Favorite se você gostou.
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...