História O sonho da realidade - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigos, Guerra, Jornada, Monstros, Sonho
Visualizações 14
Palavras 753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Todos possuem suas qualidades, que são adquiridas com a experiência e com o passar do tempo, diferente dos defeitos, que sempre existirão, não importa o que façamos, nossos defeitos são uma parte muito importante de nós, afinal, ninguém já foi, é, e nunca será perfeito.

Capítulo 7 - A alma lendária



Então suas almas se revelam para Karen, deixando-a sem palavras.
     __M-mas como isso é possível? (Eu devo estar vendo coisas, as almas de ambos possúem mais elementos que a Alma Heróica daquele livro velho) Levantem-se garotos, tenho boas notícias.
     __Então Karen, quais são nossos tipos de alma?
     __Marco, as almas de ambos vocês são extremamente fortes, eu mesma nunca havia visto uma alma assim.
     __Como assim? elas são Bipolares?
     __Não, a alma de vocês supera a Alma heróica, ambos tem almas lendárias, com quatro elementos, são eles Fogo, Vento, Luz e Escuridão para Kaeru, Água, Terra, Luz e Escuridão para Marco...
     __Você está brincando não é? A alma heróica é uma lenda, e mesmo que tenha existido, ela foi registrada apenas uma vez, é praticamente impossível nós dois termos almas superiores a ela.
     __Marco, se eu quisesse brincar teria dito que ambos tem as almas neutras, nem eu estou conseguindo acreditar direito nisso, mas se é real, então agora eu tenho mais um motivo para ensiná-los, mas antes, quetal prepararmos uma festa? Não é todo dia que se vê uma alma com quatro elementos.
     __Uma festa? Mas e os convidados? Só há nós três aqui, e não parece que tenha muita gente que vem aqui...
     __Você não precisava me lembrar que não tenho amigos.... Estão com fome? Já é quase hora do jantar.
     __Não sei o Marco, mas eu estou morto de fome! Não comi nada hoje.
     __Eu só comi um pão que Júlio havia me dado...
     __Então irei preparar a comida, sou tão boa na cozinha quanto sou na arena!
     __Obrigado professora Karen! - disseram os dois garotos
     __Não me chamem assim! Apenas Karen já está bom.
     __Entendido!
Karen foi à cozinha, de onde começou a sair uma fumaça preta com um odor repugnante.
     __Karen? Está tudo bem por aí?
     __Sim! Não se preocupe Kaeru!
     __E o que é essa fumaça?
     __Nada de mais, isso foi apenas um pequeno erro de calculo - *cof *cof - não se preocupe!
     __Ok... então esperarei na biblioteca com o Marco.
Alguns minutos depois, Karen terminou de preparar a janta:
     __Jantar na mesa garotos, venham comer antes que esfrie! (sempre quis dizer isso).
     __Onde fica a mesa Karen? esse lugar é muito grande - Grita Marco, perdido com Kaeru pelos corredores.
     __Virem no quarto corredor à direita, depois no segundo à esquerda, então é só seguir reto!
Chegando na sala de jantar, os garotos se deparam com três pratos de comida queimada, o cheiro horrível da fumaça de antes foi absorvido pela comida.
     __Fiz tudo com muito carinho, espero que gostem!
     __Claro Karen... A comida parece ótima... - Diz Kaeru, enquanto tapa seu nariz.
     __Kaeru, é melhor você não comer isso, acho que está envenenado - Sussurra Marco.
     __Será que ela tem um cachorro?
     __Nem pense em envenenar um cachorro.
     __Kaeru, Marco, me desculpem, eu sou um desastre cozinhando não é mesmo?
     __Karen, não se preocupe com isso, veja, um amigo nos deu um pouco de dinheiro antes de ir embora, se houver um restaurante ou algo do tipo neste vilarejo, nós podemos comer algo - Então Marco tira $30 de seu bolso - Vamos procurar algum lugar.
     __Certo! Apenas deixe-me lavar esses pratos - Karen usa uma magia de vento para levantar os pratos e outra de água para limpá-los
     __Karen, a sua alma é Bipolar?
     __Sim Kaeru, eu posso usar magias de água e vento.
Os três vão à um restaurante que Karen indicou, chegando lá, todos fazem seus pedidos e, surpreendentemente, o valor cobrado foi apenas $30.00, tudo o que Marco tinha em seu bolso.
     __Hmm, isso está delicioso Karen! - Diz Marco com a boca cheia
     __Não fale com a boca cheia Marco - Diz Karen, também com a boca cheia
     __Os dois, tenham um pouco de educação! - Diz Kaeru, o único falando com a boca vazia.
Após o jantar, todos voltam para a casa de Karen, então ela chama os garotos para uma conversa séria.
     __Kaeru e Marco, sobre o treinamento de vocês, já que querem acabar com a guerra, terão que, primeiramente, derrotar os seis anciãos, há três em cada lado da batalha, mas eles possuem almas Bipolares e são muito poderosos, talvez até mais poderosos que eu. Como não podemos perder tempo aqui, eu terei que viajar com vocês, e treiná-los durante nosso percurso, vão dormir, amanhã eu lhes conto mais sobre os elementos de suas almas.
Então Karen mostra o quarto dos garotos, eles se deitam em suas camas, e todos vão dormir...

 

     __Acorde... E me ajude...
 


Notas Finais


Muito obrigado por ler até aqui!
Favorite se gostou!
Me desculpem por quaisquer erros cometidos.
E até a próxima!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...