História O sonho da realidade - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigos, Guerra, Jornada, Monstros, Sonho
Visualizações 16
Palavras 824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Nossos laços são o que nos ligam às outras pessoas, fazendo de nós quem somos hoje, e quem seremos em um futuro, seja ele próximo ou não.

Capítulo 8 - A deusa



     __Marco, Kaeru, acordem... Venham até mim e me ajudem a sair daqui...
Kaeru e Marco então acordam, há alguém os chamando, ambos levantam de suas camas no meio da noite.
     __Foi você que me chamou Marco?
     __Não, acho que veio de fora.
     __Venham até mim garotos, me libertem dessa prisão - disse uma voz doce e calma, vinda da arena.
Então os garotos resolveram ir ver quem estava falando aquilo, abrem a porta e andam pelos corredores imensos com cuidado para não acordar Karen. Chegando na arena, eles se deparam com a silhueta de uma mulher na parede, metade monstro, metade humano.
     __Q-quem está aí? Revele-se senão... Senão.... - diz Marco, com medo de quem pode estar por trás daquela silhueta estranha.
     __Não tema Marco, não vim aqui para lhes machucar, eu tenho uma missão para ambos, ouçam com atenção, meu poder foi selado e meu corpo aprisionado, estou usando apenas os restos de poder para falar com vocês, peço que me libertem, para que eu os ajude a acabar de vez com todo o caos que abrange essa terra, sou a deusa Aritna, meu corpo está no mais fundo calabouço deste universo, e quem me prendeu aqui foi... - A deusa então para de falar e sua silhueta começa a desaparecer.
     __Quem? Quem a prendeu? Nos diga, então iremos atrás dessa pessoa, iremos te salvar... - diz Kaeru
     __Kaeru... Ela estava usando os restos de seu poder, acho que agora não sobrou mais nada, vamos dormir logo, senão não conseguiremos treinar direito amanhã.
     __Sim, vamos...
Logo ao nascer do Sol, Karen vai até o quarto dos garotos:
     __Acordem seus preguiçosos! Hoje temos muito trabalho a fazer!
     __Uh? É você mãe? me deixe dormir só mais um pouco... - diz Kaeru, sonolento, pois passou a noite toda pensando no que havia acontecido naquela noite.
     __Nem mais um minuto! (Ele me chamou de mãe? Que felicidade!!! Sempre quis ser uma mãe) Levantem agora!
Os dois se levantam e todos vão à arena, onde Karen passa o primeiro treinamento dos dois:
     __Estão vendo esse chão coberto de poeira ? Limpem-o! Vocês tem uma hora.
     __O que? Mas nós não íamos treinar? - Perguntou Marco.
     __Isso faz parte do treinamento, vocês tem que ser ágeis, derrotem essa poeira antes que ela os derrote, comecem logo!
     __Sim senhora... - disseram os dois, desanimados.
     __Quando terminarem, nós iremos partir, no caminho explicarei mais sobre seus elementos.
Então os dois começaram a varrer a arena, até toda a poeira que ficou acumulada por conta da batalha do dia anterior estivesse no lixo. Os três partiram logo em seguida.
     __Onde estamos indo Karen?
     __Nós iremos à próxima cidade, a cidade de Kronoa, lá eu irei comprar alguns mantimentos para nossa primeira viajem e um livro sobre magia, irá ser bem útil, e vocês tomem cuidado, aquela cidade é conhecida por seu alto índice de criminalidade.
     __E você tem dinheiro para isso?
     __Kaeru, seu bobinho, claro que tenho! Como você acha que eu vivo? Ganho muito dinheiro de magos que vem me desafiar, e tem que pagar quando perdem.
     __Ei! Então por que não pagou o jantar ontem? Você me fez gastar todo o dinheiro que Júlio me deu... - disse Marco
     __Porque vocês não pediram e nem perguntaram se eu tinha dinheiro comigo, ué.
     __Esqueça isso... Essa cidade que temos que ir fica muito longe daqui?
     __Não muito, são apenas umas três horas de caminhada...
     __É.... Bem rápido... Com certeza...
Após três longas horas de caminhada, eles finalmente chegam na cidade, onde logo de cara há uma biblioteca enorme.
     __É aqui! A maior biblioteca deste reino, aqui vocês podem encontrar todo e qualquer tipo de livro que imaginarem, sejamos rápidos.
Karen então pega um pequeno livro, seu título é "A magia e suas origens", começa a folheá-lo, até encontrar a página que fala sobre os elementos.
     __Muito bem, existem seis elementos, dois de ataque, que são o fogo e a terra, dois de suporte, que são a água e o vento, e dois modificadores, que são a luz e a escuridão, vocês tiveram bastante sorte em ter um de ataque e um de suporte cada, quando uma alma unipolar tem como elemento a luz ou a escuridão, ela não pode fazer nada além do teletransporte, pois esses elementos não atacam e não dão suporte, a mesma coisa acontece com almas bipolares que tem a luz e escuridão como elementos, como vocês tem os dois, acho que esse livro não irá falar sobre como ficarão suas habilidades, por isso terão de treinar todas elas, e também é um dos motivos de eu os acompanhar, quero registrar todo e qualquer avanço que vocês fizerem.
Após comprar uma cópia do livro, eles vão comprar alguns mantimentos, até que dois homens invadem a loja, usando duas espingardas.
     __Todos parados! Isso é um assalto - anuncia um dos homens
     __E iremos atirar em qualquer um que tentar nos impedir! - grita com confiança o outro homem...
 


Notas Finais


Muito obrigado se você leu até aqui!
Favorite se gostou e peço que comente o que está achando da historia!
Me desculpem quaisquer erros cometidos...
E até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...