História O Sonho da Vaca Que Não Queria Ser Comida - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Crônica
Visualizações 6
Palavras 376
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ela está de volta.

Capítulo 5 - Escuridão


Lá estava ela, no meio do nada, na maior escuridão. Depois que morreu, tudo escureceu e acabou parando nesse “lugar”, nessa escuridão.

    -Onde eu estou? - pensou ela.

    Estava muito confusa. O que estava acontecendo? Que lugar era aquele? Não havia morrido?

    Ela começou a andar aleatoriamente, tentando achar uma saída. No meio daquilo tudo, começou a ver umas imagens em sua frente, como se fosse a projeção de um multimídia, mas sem o multimídia. Começou por ela nascendo, depois viu ela crescendo, os momentos mais importantes e que melhor se lembrava de sua vida. Tudo acontecendo ali na sua frente. Até que chegou na última coisa que havia vivido, reviu toda a cena de encontro e despedida entre ela e seu grande amigo Bob, o gato.

    Até que a luz desapareceu e voltou a ficar tudo escuro. Então ela começou a sentir um tipo de gosma a envolvendo e com mais uma coisa do seu lado. Estava dentro de algo meio redondo. Já esteve naquele lugar antes, mas quando?

    -O que está acontecendo? Isso é tão nojento e estranho. Onde estou? O que é esse negócio? - realmente era algo nojento.

    Ela continuou nessa situação por mais uns 9 meses. O tempo não passava, para ela. O lugar parecia que ia ficando cada vez menor e mais apertado, com essa coisa do seu lado, apertando ainda mais.

    Até que em um certo dia, quando já estava tão apertado que mal conseguia se mexer, ela começou a ser empurrada pelas paredes para um lugar que não parecia grande o suficiente para passar, mas que, de alguma maneira, estava passando.

    Então começou a ver uma luz, para onde estava sendo levada, e lá foi ela. A luz batia em seu corpo e ela sentia a textura e o cheiro da grama. Tinha um fazendeiro na sua frente e uma vaca atrás, com outra coisa saindo. Era outra vaquinha.

    -Eu...mas… - ela estava muito confusa, não podia acreditar - Eu renasci. Eu voltei à vida - realmente, ela renasceu, ela voltou à vida, e estava desesperadamente confusa - E eu tenho um irmão? - não, ela tinha uma irmã - Como? Isso acontece com todas as vacas? Eu ainda vou conseguir voar? E meu irmão? Também consegue voar?


Notas Finais


E agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...