História O submisso depressivo (Jikook, Namjin e Vhope) - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Annyeonghaseyo meus bolinhos de arroz ❤

Eu não atrasei dessa vez!! Parabéns pra mim!!!


Boa leitura e descupe os erros 😁

Capítulo 30 - Por que?


Fanfic / Fanfiction O submisso depressivo (Jikook, Namjin e Vhope) - Capítulo 30 - Por que?

*Jimin on.


- Jungkook o que é isso? - pergunto o olhando e pondo a pequena caixa de volta em seu lugar.

- Seu presente - sorrir se aproximando.

- O que? Mas você...

- Lembra ontem quando eu disse que iria sair?

- Sim - assinto com a cabeça.

- Então - se apoia de costas na penteadeira - Eu sai para compra isto - fala e eu olho para as flores - Pode pegar são suas.

Pego as flores e sinto o cheiro maravilhoso das mesmas, eu realmente amo girassóis.

- São os seus favoritos não é? - ele pergunta cruzando os braços.

- Sim - sorrio sem mostrar os dentes - Como você sabe? - questiono confuso.

- Eu estava prestando atenção quando você disse lá no jardim que ama girassóis assim que viu um - explica.

- Hum - digo admirando as flores - Obrigada.

- Isto também - aponta para a caixinha.

Volto minha atenção para a pequena caixa, ela é toda preta e tem um formato retangular, a pego a olhando com atenção, ponho as flores em cima da penteadeira, tendo as mãos livres para abri-la, e assim o faço tendo a visão de um de uma pulseira dourada com alguns brilhantes.

- Que lindo! - pego o objeto de dentro da caixinha.

- Você gostou? - o Jeon pergunta ficando de frente pra mim.

- Sim - sorrio.

- É ouro puro - ele fala e eu arregalou um pouco os olhos - E diamantes - olha para a pulseira.

- Jungkook eu na-não posso aceitar isso.

- Claro que pode, é um presente quero que fique com ele - pega o objeto de minha mão.

- Mas...

- Não tem mas Jimin - pega meu pulso - Posso colocar?

- Pode - falo baixo e um pouco em envergonhado e ele põe em mim.

- Pronto.

- Obrigado Jungkook - o olho.

- Denada - olha para a pulseira - Sabe eu olhei bastantes jóias antes de encontrar essa - diz segurando minha mão - Assim que a vi... Lembrei de você - me encara - O dourado do ouro me fez lembrar do seu cabelo e... O brilho dos diamantes me fez lembrar do brilho que tem o seu sorriso - sorrio acanhado ao ouvi tal coisas do moreno.

- Jungkook...

- Jimin - ele se aproxima mais - Não é só isso que eu quero te dar hoje.

- O que mais você... - paro de falar ao sentir suas mãos em minha cintura e ver seu rosto se aproximando do meu.

- Eu... Quero de dar prazer - fala em meu ouvido e eu sinto um arrepio - Não quero receber nada, eu só quero te satisfazer - se afasta.

Fico estático, não sei o que dizer, na verdade nem sei se tem algo a dizer em uma situação como essa, não que eu não queira eu quero sim porque eu... Eu... Estou apaixonado pelo Jungkook.


*Jimin off.


*Jungkook on.


Levo uma de minha mãos até o rosto do Jimin o acarinhado com a parte superior da mesma, ele pareceu levar um pequeno susto como se estivesse afundado em seus pensamento. Sorrio e deslizo mão que ainda estava na cintura do loiro até o nó do roupão fazendo o mesmo com a que está em seu rosto e o desfazendo deixando a mostra todo o seu corpo e observando cada parte do mesmo.

- Você é lindo sabia? - o olho e suas bochechas estavam vermelhas como um tomate, sorrio ao ver sua feição envergonhada.

Ponho minha mão direita na barriga do menor movendo-a até um de seus mamilos o apertando um pouco tirando uma pequena arfada do mesmo. Logo retiro totalmente seu roupão, passando as mãos sobre os seus braços finos e macios.

Me aproximo mais dando pequenos selares em seu ombro seguindo para seu pescoço e partindo para a sua boca onde dou alguns selinhos começando um beijo mais profundo e intenso, exploro cada canto de sua boca com minha língua sentindo a respiração do Jimin acelerar mais e mais.

Impulsionou suas pernas fazend-o as entrelaçar em minha cintura o levando até a cama e o deitando tendo cuidado para a sua cabeça ficar sobre o travesseiro. Assim desço até seu pescoço dando alguns beijos e chupões indo pra os seus mamilos chupando-os com vontade.

- Jungkook! - geme o loiro pondo a mão em minha cabeça.

Faço uma trilha de beijos até seu membro que já estava bem durinho, o segurando assim tirando mais um gemido do Park.

- Eu vou chupar você - o encaro sorrindo de lado.

Ele não fala nada, apenas respira rápido e pesado. Começo a fazer movimentos ainda com as mãos logo pondo o pênis do mais novo em minha boca. Inicio movimentos o mais rápido que consigo prestando bem atenção em cada expressão que o loiro faz.

- Jungkookie... Awn... E-eu vou...

- Pode gozar Jimin - falo e ele goza em seguida em minha boca - Que delícia - abro mais sua pernas para ter a visão da sua entradinha - Tão rosadinha - digo o olhando, em sua testa já há gotas de suor e alguns fios colados a mesma.

Aproximo meu rosto de seu cuzinho já o vendo pulsar, passo a língua sentindo a textura espessa do local cuspindo no mesmo em seguida, começando a chupa-lo. Jimin se contorce de prazer na cama enquanto vislumbro tudo com atenção, pego seu membro começando a masturba-lo mas uma vez.

- Ju-Jungkook! Ah! Jungkookie...- ouvir aquela voz doce gemendo o meu nome me deixava cada vez mais excitado porém satisfeito ao mesmo tempo- Ju-Jungkook e-eu... - ejacula mais uma vez.

Deixo sua entrada lubrificando dois de meus dedos os levanto até a entradinha do loiro e os enfiando na mesma. Faço movimentos de vai em vem rapidamente enquanto chupo suas bolas e aperto sua coxa com a outra mão.

- Ah! Jungkook pa-para - tenta me tocar.

- Por que? - pergunto parando de chupa-lo.

- E-eu quero você - fala entre arfadas.

- Jimin eu disse que hoje eu só iria te dar prazer.

- Não - diz manhoso se mexendo - Jungkook - se senta na cama me fazendo parar os movimentos - Por favor - segura minha mão - Eu quero te dar prazer também, e-eu quero - fala respirando descompassadamente.

- Tem certeza disso?

- Humrum - balança a cabeça, é impressionante como até em um momento desses ele consegue ser fofo.

- Tá bem - me levanto retirando minha camisa e calça ficando apenas de box, vejo o olhar de Jimin sobre o volume na mesma e tiro a peça o revelando meu pênis.

Subo em cima da cama começando a beijar novamente o loiro que envolve seus braços em meu pescoço, deito por cima do Jimin na cama logo rolando na mesma trocando as posições.


*Jungkook off.


*Jimin on.


Começo a rebolar no pau do Jungkook enquanto passo as mãos em seu abdômen, o moreno dar gemidos roucos enquanto sinto o seu pênis roçar em minhas nádegas.

- Jimin eu preciso entrar - fala segurando em minha cintura.

Levanto um pouco deixando o Jeon se posicionar logo sentando lentamente sentindo seu membro grande e duro me penetrar aos poucos.

- Ah Jimin... bebê senta pra mim hum? - assinto com a cabeça começando a me movimentar.

É a primeira vez que o Jungkook me deixa ficar por cima e isto está tá sendo tão delicioso.

- Humm - gemo sentindo o moreno segurar meu membro o masturbando enquanto aperta minha cintura.

Depois de um tempo eu acabo gozando sentindo minhas pernas ficarem cada vez mais fracas, Jungkook segura minha bunda me ajudando nos movimentos.

- Jungkook eu... Eu estou cansando - falo diminuindo a velocidade.

- Tudo bem pequeno - ele inverte as posições novamente ficando por cima de mim - Eu continuo daqui - ele começa a se mover rapidamente dando estocadas fortes.

- Jungkook! - gemo alto sentindo nossos corpos se chocando.

- Ji-Jimin que... Que gostoso, você é tão gostoso - ele passa a me penetrar mais fundo.

- Mais rápido - peço ao sentir ele estocar em minha próstata e assim ele faz.

Jungkook se aproxima do meus rosto começando a me beijar, passo as mãos em suas costas sentindo seus músculos se enrijecerem seus gemidos estavam me deixando louco.

- Jungkook e-eu vou gozar denovo - falo entre os gemidos.

- Pode gozar meu amor, eu também vou... - acabamos ejaculando juntos e Jungkook se deita ao meu lado.

Depois de nossas respirações normalizarem o Jeon se pronuncia.

- Acho que você precisa de mais um banho - sorrir - Eu vou encher a banheira - se levanta indo em direção ao banheiro.

Fico deitado pensando em tudo o que aconteceu, sinceramente não pensei que uma coisa assim fosse acontecer, sorrio olhando a pulseira em meu braço.

"Meu amor"

Essa palavras vem em minha mente, por que o Jungkook me chamou assim de novo?

- Pronto, vamos - escuto a voz do moreno que me pega no braço.

Jungkook me leva em direção ao banheiro sentando na banheira se encostando na mesma e me pondo sentado em seu colo. Fico calado e quando observo o Jeon pegar o sabonete e começar a me ensaboar.

- Você gostou? Digo dos presentes e de nós termos...

- Gostei sim, gostei muito Jungkook - falo baixo sem o encarar.

Eu realmente estou com vergonha, eu sei que nois dos já transamos várias vezes mas essa é a primeira vez que tomamos banho juntos.

- E você já está melhor da ressaca?

- Acho que sim - vejo o moreno pegar minhas mãos e as por em seus ombros.

- O que achou da festa de ontem? - me olha.

- Eu... Gostei, foi meu primeiro aniversário entre amigos.

- Sério? - o maior parecia surpreso.

- Sim, as únicas vezes que e-eu tive bolo em meu aniversário foi no meu aniversário se 13, 14 e 15 anos... O JB comprava pra mim - sorrio mínimo ao lembra daquela época.

- Entendo - ele parecia analizar tudo o que eu havia dito - Deixa eu terminar de te ensaboar.


[...]


Terminamos de tomar banho e agora o Jungkook está pegando roupas para nós dois.

- Toma Jimin - me dá uma blusa preta uma calça moletom da mesma cor e uma peça íntima.

Visto toda a roupas porém as mesmas ficaram muito largas, a blusa do Jungkook está no meio da minha coxa enquanto a calça está meio folgada, o Jeon apenas vestiu uma calça também moletom cinza.

- Jungkook acho que ficou muito grande - falo olhando para a camisa.

- Verdade - sorri - Por que você não fica apenas de camisa igual fez ontem a noite em?

- Humm - penso um pouco - Está bem - retiro a calça.

- Você precisa por meias - diz indo pegar as mesma no gaveteiro - O clima mudou e está chovendo lá fora - fala me dando um lar de meias brancas.

- Obrigado - pego as meias pondo-as em mim e o Jeon se senta ao meu lado na cama.

- Estou feliz que os seus cortes tenha cicatrizado - segura meus braços.

- É... A dor física se foi mas... Ainda tenho várias feridas dentro de mim - dito baixo.

- Sinto muito Jimin - me encara.

- Tudo bem - sorrio sem mostrar os dentes.

- Mas as suas crises também pararam.

- Verdade - direciono meu olhar para meus pés.

- Jimin.

- Hum?

- Posso perguntar... O que o seu pai fazia com você? - sua voz saia calma.

- Jungkook eu...

- Não precisa falar se não quiser.

- Tudo bem, ele... Ele sempre me batia desde que eu me lembre, isso foi se intensificando enquanto em fui crescendo e eu ia ficando cada vez mais machucado, ele me batia quase todo dia e as surras eram piores quando ele perdia muito dinheiro, e... Ele me deixava sem comer, eu comia escondido e quando passei a cozinhar para ele eu guardava comida pra mim... Um dia ele descobriu e... Me bateu tanto que eu fiquei sem ir para a escola uma semana - algumas lágrimas já desciam pelo meus rosto - É isto Jungkook - respiro fundo e olho para o moreno que parecia estar com uma expressão de ódio no rosto - Jungkook? - tô com eu sua perna o tirando de seu transe.

- Oi? Eu... Sinto muito mesmo que naquele desgraçado tenha feito isso com você - fecha o punho.

- Tudo bem Jungkook - toco em seu rosto.

- Vamos comer algo - fala afastando o rosto da minha mão - Vem cá - faz um gesto para eu subir em cima de si e eu o faço, ele logo se levanta comigo em seus braços e vamos em direção a cozinha.

O moreno me põe em cima da mesa indo até a geladeira e a abrindo.

- Que tal um sanduíche? - fala pegando os ingredientes necessários.

- Humrum - balanço a cabeça.

O maior pega um tomate e começa a corta-lo ao meus lado na mesa, observo a cena com bastante atenção, Jungkook está totalmente destraido, seu cabelo cai em seu rosto tapando parte do mesmo, desço meu olhar para os seus braços fortes e sei abdômen definido sinceramente poderia ficar olhando apenas para isto por horas.


*Jimin off.


*Jungkook.


- Ai!! - falo ao me corta acidentalmente.

- O que foi?! - indaga Jimin um tanto preocupado.

- Eu me cortei - olho para o corte.

- Deixa eu ver.

- Eu estou bem Jimin.

- Deixa eu ver Jungkook - pega minha mão olhando fixamente para o corte - Eu vou fazer um curativo, você tem um kit de primeiros socorros aqui? Lá na mansão vocês tem várias espelhadas pela casa.

- Tem sim - digo indo em direção a um dos armários pegando o item - Aqui - dou o objeto para o loiro.

Jimin começa a limpar o corto pondo em seguida um band-aid na ferida

- Está melhor assim - me olha.

- Sim - sorrio - Você arruma isso aqui enquanto eu termino o sanduíche ok?

- Ok - fala começando a arrumar a pequena bagunça - Está um pouco frio - diz ao terminar.

- Você está com frio?

- Sim - fala baixo.

- Vou te levar pra sala - o pego no colo levando ele para o local, pondo-o em cima do tapete fofinho há ali, volto minha atenção para a lareira acendendo a mesma - Pronto vou terminar os sanduíches - falo indo até a cozinha.


[...]


Volto com os sanduíches e chocolate quente em mãos, encontrando o Jimin mexendo em sua pulseira enquanto se aquece próximo ao fogo.

- Está pronto - me aproximo pondo a bandeja entre nós - Já está com menos frio.

- Hunrum - sorrir.

Após terminarmos de comer levei os pratos até a pia, Jimin havia insistido para lava-los mas não deixei.

- Que tal jogarmos algo? - digo me sentando próximo ao menor.

- O que? - levanta as sobrancelhas.

- Sabe jogar cartas?

- Não - balança a cabeça em negação.

- Tá bem, que tal xadrez, sabe jogar?

- Sei, aprendi na escola - sorrir minimamente.

- Ok - vou até a estante pegando o jogo - Vamos fazer uma aposta?

- Qual?

- Se você ganhar eu faço o que você quiser e se eu ganhar você faz o que eu quiser que tal?

- Não que eu não já faça né Jungkook - fala inocente.

- Um pedido, pode ser qualquer coisa, e aí? - reformulo a explicação.

- Tá bem.

Começamos a jogar e me surpreendi com o Jimin ele é realmente bom, sempre me deixando encurralado, ele está bem concentrado, é até fofo, sua sobrancelhas estamos franzidas e sua boca está combinado pequeno biquinho.

- Ganhei! - fala levantando as mãos e eu sorrio com sua atitude.

- E então o que vai pedi? - pergunto curioso.

- Hum... Quero que me responda uma pergunta Jungkook - puxa seus lábios para dentro da boca.

- Qual?

- Por quê... Por quê você me chamou de... Amor?


Notas Finais


Mochis eu estou com um pouco de bloqueio de criatividade então se eu atrasar o próximo cap me perdoem ok?

Ishii o que será que o Jungkook vai falar??

Beijos do Jin pra vcs 😘✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...