História O suicídio... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Dor
Visualizações 31
Palavras 855
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Terror e Horror, Violência
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo único



Por que? Por que? Por que eu continuo viva? Talvez pela esperança de ter alguém que me ame? Óbvio que não…não existe ninguém assim…talvez medo de morrer? Isso já está bem claro que sim mas eu quero muito………não acho a resposta há normal... Me sinto imunda não olhe pra mim nem  vá me procurar

                   […] 

"E apenas mais um dia o que pode dar errado?" Sempre escutei essa frase é eu seriamente acreditei nela mas percebi que esse foi um dos meus erros mais fatais…… você deve tá tipo "como assim?" e eu vou te explicar. Quando eu era pequena(continuou sendo) eu acreditei nessa frase é usava todas as vezes que eu saia de casa pra ir à escola,quando cheguei na escola foi agredida pelas garotas de lá e foi inguinoranda completamente pelos alunos da minha sala até me perguntei se eu era ou não um fantasma que estava ali só pra olhar mesmo. Eu sempre quando podia no fundo da sala para poder não só ficar prestando atenção na aula sem ficarem mirando aviões de papéis em mim Mas também para poder sentir a dor do silêncio 

                  […]

A única pessoa que me entende e uma garota lá da minha sala,ela é muito gentil comigo e tenta ter ao máximo sua atenção e que eu me senti avontade ela é realmente uma luz pra mim é ela não é como as outras garotas falsas e cruéis ela é alguém muito doce e simpatica e guarda todo tipo de segredo,só não conto pra ela sobre a minha depressão porque não quero que ela se preocupe comigo Ela já tem problemas demais então é melhor ter os meus gritos presos 

                  […] 

Sabem…meu mundo com a minha amiga e um mar de rosas mas quando ela vai embora se transforma em um inferno,sem ela eu não consigo ter força para poder aturar as outras meninas então acabo chorando e me cortando 

                 […] 

Eu já pensei uma vez que o pior sentimento do mundo era perde alguém que você ama  mas o pior sentimento e quando você percebe que você perdeu a si mesma

                 […] 

Se eu pudesse eu apenas perguntaria ao senhor Jesus Cristo "Por que o senhor me criou?" Essa seria a única pergunta que eu faria para ele e se eu pudesse também perguntaria "Por que a minha vida e tão sofrida? O que eu fiz pra merecer isso?" e "O senhor poderia prolongar a minha morte para agora?" 

              […] 

Um dia então eu já não aguentava mais,a minha amiga tentava me fszer feliz porém a dor e munto maior do que um simples sorriso e também não adianta ela me fazer feliz eu vou fazer isso eu já não tenho escolha 

            […] 

Ela disse que iria viajar por uns 2 dias e se precisasse dela era só ligar mas eu não liguei em nenhum dia. Enquanto os meus pais estavam fazendo outras coisas eu peguei um faca foi pro meu quarto e mirei bem em meu coração,eu empurrei a faca com agressividade para morre e quando eu caí no chão escorrendo sangue eu apenas disse "Finalmente*chorando com um sorriso no rosto* finalmente eu posso ser livre* fechei os meus olhos 

              […]

Quando eu abrir os meus olhos eu vi a minha mãe chorar e o meu pai também junto de meu irmão e a minha cuinhada,a minha mãe ficou dizendo "por que? Primeiro meu pai agora a minha filha?! Por que senhor? Por que?" meu pai não parava de chorar,colocou sua cabeça entre a minha barriga chorando muito,a minha cuinhada está abraçando meu irmão chorando junto de meu irmão que não dava pra para de chorar,eu me aproximei deles é disse "Hey gente eu estou aqui,sou eu" mas eles não escutaram,eu olhei pra mim é vi a entrada do meu coração com um buraco e minha roupa repleta de sangue,me levantei e vi o meu corpo no chão sangrando

                […]

Os 2 dias passaram e a minha amiga soube sobre o meu suicídio,ela depois que soube foi pra casa,foi pro quarto trancou a porta e começou a chorar dizendo o meu nome é dizendo "Me perdoa eu não sabia por favor me perdoa" ela não parava de chorar um minuto,eu mesmo sabendo que ela não irá me ver abracei ela,ela não viu mas sentiu o meu abraço e sorriu ainda chorando 

              […]

Depois de um tempo foi o meu inteiro e só os meus parente e a minha melhor amiga foram porque eles não puderam convidar o resto,a minha mãe ainda sim não parou se chorar……a minha tia abraçava a minha mãe ainda tentando fazer ela para de chorar as minhas outras tias ficaram abraçando o meu pai e dizendo "não se preocupe ela está em um lugar melhor" 

           […] 

Um ano depois do meu interro,a minha amiga ainda se lembrava porisso se isolava de todos,meus pais ainda se lembraram e ficaram com um certo transtorno na família,o meu irmão não quer mais tocar no assunto e quando vê uma foto minha fica triste e diz "eu gostaria de ter impedido isso"


Eu sei que sentem minha falta mas já é tarde demais para se arrependerem e pedirem perdão 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...