História O tal suicídio. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 30
Palavras 424
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Drama (Tragédia)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Sorria pela ....


Muitas pessoas tem sonhos normais 

Poderia eu não ser normal ?

Um sonho obscuro,cheio de pecados 

Eu ainda permaneço a sonhar com coisas boas 

Mas tenho medo 

Eu não quero tal ato 

Mas as vozes gritam 

Elas me colocam na sala do pânico aonde todos os seus medos vão até você 

Eu não sei quando comecei nessa realidade 

Sei que minha mente está quebrada 

Não sei até onde a água irá encher 

Eu ao menos sei se isso vai transbordar 

Já imaginou os momentos das pessoas que você ama mais alegre sem você? 

Já imaginou como tudo seria melhor?

Seria engraçado se não fosse tão trágico no ponto de te sufocar 

Seria engraçado se essa dor parasse 

As maçãs aprodecem assim como minha mente 

Ela está apodrecida mas eu ainda tenho inteligência 

Pelo menos tenho isso , pra disfarçar 

Anti-social

Morra 

Tal ato 

Me desculpe sou covarde demais para te fazer feliz 

Me desculpe mas eu não tenho coragem 

Talvez um dia 

Talvez , eu ao menos não sei 

Não acho que vou ficar feliz ou alegre 

Não é um tanto faz 

Somente não acho que preciso expressar algo 

Tudo um dia morre

Eu ao menos tenho que ser "forte" e esperar o grande dia que isso chegar 

Talvez eu seja julgada e seja pior lá do que aqui 

Mas estou tentando 

Quando minha cortaria acabar ,talvez você sorria pois você desejou isso na minha frente .

Espero que você não me xingue mas sorria e fale graças a deus 

Ai sim me chame de Peter Pan quando seu sonho de eu estar morta estiver concretizado

Obrigado por falar seu sonho pra mim 

Enquanto eu permaneço respirando irei te deixar infeliz 

Me desculpe por isso 

Quando a notícia chegar sorria e ria e me xingue de idiota 

Pelo menos a pessoa que me odeia sorriu pela notícia do seu sonho realizado 

Pelo menos quando eu estiver morta vou fazer a pessoa que me odeia feliz 

Ao menos sorria, você que desejou minha morte 

Quando seu sonho estiver realizado fique feliz 

Por causa de palavras eu morri

Não chore , sorria e me xingue como você sempre fazia quando eu estava viva 

Me xingue e me odeie morta 

Ao menos sorria pois foi possível palavras da sua boca que o desejo se realizou 

Foi por suas palavras que minha mente e quebrada e eu não paro de me preocupar com coisas fúteis 

Então sorria pois você me mudou de acordo com suas palavras 

e agora eu uso não passo de sangue e escuridão 

Ao menos sorria pela minha morte que você desejou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...