História O tempo não para - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Será que foi um sonho?


PV JANE

Acordo sozinha será que ontem foi sonho, não, não pode ser,foi tudo tão real,mas espera definitivamente este não é meu quarto,fico aliviada e preocupada ao mesmo tempo, será que ela se arrependeu de me beijar,que não significou nada para ela,mas para mim foi ótimo.Me levanto e vou para o meu quarto, quando saio dou de cara com Nick que me olha com uma cara maliciosa, ignoro e vou fazer minha higiene matinal.

Vou para cozinha tomar café e ouço algumas conversas.

Nick:Vc não acredita quem eu acabei de ver saindo do quarto da Megs.

Max:Quem?

Nick:A ruiva.

Max: Serio.

Nick: Seríssimo,nossa irmã sempre foi uma pegadora ,falando no diabo.

Meg:Bom dia,o que estavam falando de mim?

Max:sobre vc ter pegado a ruiva .

Nick:Maninha vc é bem rápida. Já levou até para cama.

Meg: primeiro que eu não pequei ninguém, não fizemos sexo.

Max:Qual irmãzinha está perdendo no jeito.Estou despcionado.

Meg:ela é especial,vou fazer tudo certo.-que fofa. 

Gabriela:que avanço até ontem não queria nem olhar na cara da garota.

Meg:as coisas mudam

Gabriela: espero que seja uma mudança boa .

Depois de escutar toda essa conversa resolvo descer.Vejo que Meg já saiu da cozinha.

Max:bom dia!

Eu:Bom dia!

Nick: tchau cunhadinha,tenho resolver umas coisinhas.

Eu: tchau Nick

Meg:Bom dia Jena,tenho ir até os lobos parecem que eles estão arrumando confusão com as sereias.

Eu:posso ir com vc?

Meg:Melhor não

Eu:deixa,por favor

Meg:digamos que esse trabalho nas vai ser nenhum pouco gentil.

Eu:Prometo que vou ficar quieta.

Meg: Tá,peque um capacete e vamos

Eu:vamos de moto?

Meg: porque está com medo?

Eu: Não, não-digo mais para mim mesma.

Meg: então vamos.

Eu:tá bem.

Meg:Vc vai com essa roupa?

Eu:O quê tem de errado com minhas roupas?

Meg: Não tenho nada contra.So que vc vai passar frio ,toma a minha jaqueta.

Eu :mas e vc?

Meg : híbrida lembra?

Eu: Claro

Meg:suba.

Eu:eu posso segurar aqui.-ela cola minhas mãps em sua cintura.ela começa a acelerar e eu a seguro mais forte.

Eu:nunca mais,nunca mais.

Meg:eu nem acelerei muito.

Eu: Lógico para quem corre em velocidade de vampiro.

Meg:Tá vamos.

Eu:toma sua blusa

Meg: obrigada.vamos

Meg:Olha que bonitinho a alcatéia reunida.

?: Tunner precisa tirar aquelas sereias daqui,elas estão  ceduzindo meus lobos.

Meg:O quê eu tenha com isso?Resolva com elas .

?:O problema é que se eu for lá,elas podem fazer o mesmo comigo .

Meg:Vou ver o que dá para fazer.

?: desculpa qual é seu nome?

Eu:Jena

?:Prazer Jena,eu sou Dionísio é essa é minha alcatéia-ele estende a mão,ele me parece ser legal,além de ser bonito,mas, não chega aos pés de quem está ao meu lado.

Meg:Não de muita confiança Jena,vamos.

Eu:Para onde?

Meg:Para o porto.-ela estenda a mão para que eu suba.

NO PORTO

Meg:tome cuidado elas são inimigas poderosas.

?: Não é bem assim,vc falando desse jeito parece que eu sou do mal.

Meg: não deixa de ser verdade,vc ainda é uma vaca.- a mulher muito bonita por sinal,vem se aproximando lentamente de mim,e rapidamente Meggie fica na minha frente com se fosse me proteger.

?: Protegendo a namoradinha,vc nunca foi assim comigo.Mas não se preocupe eu não mordo.

Meggie: Considerado o tempo que te conheço vc morde sim.-a mulher se aproxima e toca o rosto de Meg descendo sua mão até chegar no braço,o ciúme me atingiu em cheio-Mas enfim não vim para jogar conversa fora,quero que vc é suas irmãs parem de provocar os lobos.

?: Nós não temos culpa se eles se apaixonam tão rápido.

Meggie:Resolvam isso ou eu resolverei,e não vai acabar bem.

?:Isso foi uma ameaça,vc não está em vantagem.-Meg toma uma postura defensiva,do nada surgem umas vou te mulheres nos cercando._saia da aqui antes que a garota e vc morram,seria uma pena um rostinho como o seu ser danificado .

Eu: Não tenho medo de vcs ,sou o ser mais poderoso da terra.

?:mas a garota atrás de vc é uma fraqueza.

Meg: Resolvam os seus problemas,antes que eu volte aqui sozinha.Vanos Jena.-Ela saia andando rápido com fúria e eu a sigo sem falar nada.

Meg:Por isso não queria ter de trazido,elas poderiam te matar,e eu poderia ter acabado com todas eles de uma vez 

Eu:Nem tudo se resolve em briga.-toco em seu rosto devargar.

Meggie : Para mim sim.Vamos sair daqui logo,antes que eu volte e mate cada uma delas.

NA MANSÃO TUNNER.

Max:Como foi com as sereias?

Meggie:uma merda.

Claramente ela estava de mal humor.

Max:Nossa,vou falar com Gabriela o humor dela deve estar melhor que o teu.

Meggie:Que seja.-ela vai em direção a escada e eu a sigo.

Eu: posso ficar com vc

Meggie:Vc quem sabe.

Eu:Sua grosseira me dá muita raiva.

Meggie:o que vc quer de mim?Quer que eu seja uma heroína? Desculpa amor eu sou a vilã.-ela não estava gritando ,mas,sua feição estava me assustando.

Eu:eu só queria que vc fosse legal.

Meg:Procura a Gabriela ela é a gentil da família ,eu sou o monstro.-vou recuando-Vc está com medo? Responde Jena.

Eu:Eu não estou com medo.-minto.

Meg:Vc diz uma coisa ,mas,seu corpo diz outra.Me diz o quê vc quer que eu faça.

Eu:Eu quero ...quero que vc me beije.-ela me empurra com força contra a porta,eu estava sentindo tanto prazer que nem senti dor,seus lábios eram macios, desço meus lábios pelo seu pescoço, dando chupões que deixaram marcas vermelhas ,que sumiram quase na mesma hora ,ela segura minhas mãos por sobre a minha cabeça e beija meus lábios e vão em direção ao meu maxilar,me fazendo suspirar,mas,eu queria mais contato,solto meus braços e seguro seus cabelos loiros com certa força,Meg me levanta sem dificuldade e sem quebrar o beijo ,e leva-me para cama,ficando encima de mim,me levanto um pouco e tiro minha camisa ,ela me observa por alguns segundos me deixando corada 

Eu: não me olha assim.

MEG:Olhar como?-ela parece confusa.

Eu:Como se fosse ler minha mente.

Ela desce beijos pela minha barriga,e eu ainda desejo mais.

Eu: Não me tortura muito.

Não aguento muito e tiro sua blusa,e beijo sue pescoço e desço para seu abdômen.Quando vou tirar meu  short , alguém bate na porta.

Eu: Não para por favor .

?:A prefeita está aqui,quer falar com vc.

Meg levanta e veste a blusa ,me deixando na cama cheia de vontade.Ela abre a porta e vejo Nick totalmente sem graça.

Nick:Se tivesse me avisado eu não teria atrapalhado sua diversão.

Meg:Vamos logo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...