1. Spirit Fanfics >
  2. O teu amor (Bakudeku) (Katsudeku) >
  3. Uma mãe não se engana

História O teu amor (Bakudeku) (Katsudeku) - Capítulo 1


Escrita por: AiramAnaojLlucy

Notas do Autor


Olá amores, espero que estejam bem.

Voltei com uma história nova, espero que gostem e desculpem qualquer erro.

💗

Capítulo 1 - Uma mãe não se engana



Izuku Midoriya, é um jovem de 20 anos que anda no terceiro ano da faculdade, é muito esforçado para além de ser muito inteligente por isso é um dos melhores da sua turma. É também um rapaz muito simpático e gentil, por isso tem muitos e bons amigos. 

Izuku mora sozinho desde os seus 18 anos, foi muito difícil para ele e para mãe estarem longe um do outro pois sempre fora a penas os dois, logo tiveram de ser muito fortes quando se separaram, Inko não quis deixar o seu bebê e Izuku também sentiu muito por estar a deixar a sua mãezinha, mas o mais jovem queria começar a ser mais independente, então para ele a melhor maneira seria ir morar sozinho.


Izuku namora com Todoroki desde o início do ensino médio, quando se conheceram os dois deram-se logo bem, criaram uma amizade muito bonita que depois evoluiu para algo ainda maior, Shoto foi a primeira paixão de Midoriya. Juntos passaram por momentos bons e maus, partilharam tudo um com o outro, sempre respeitaram muito um ao outro e nunca esconderam nada um do outro... Até o dia em que Todoroki e Uraraka começaram a ter um caso, fazem três anos que Shoto e Ochako têm um romance, os dois agem como se não houvesse nada entre os dois e o pobre Izuku não desconfia de nada, para ele Uraraka e Todoroki são apenas os seus melhores amigos, seria impossível pensar que a menina que ele conhece desde o pré-escolar seria capaz de lhe fazer uma coisa destas, nunca passaria pela cabeça de Midoriya ser traído por duas pessoas tão importantes na sua vida.


                 =========


Pov's Izuku


Hoje é domingo e não há muito coisa para fazer, não tenho nenhuma saída marcada, já tenho a casa limpa, a roupa lavada e o almoço feito, também não combinei nada com o Shoto porque o mesmo disse-me que estaria ocupado o fim de semana inteiro, parece que ele tem de ajudar o pai com algumas coisas, eu não entendi direito porque estava com muito sono quando falamos na sexta-feira, e ontem quando voltamos a falar não se tocou no assunto, mas bem que eu queria estar com ele agora, eu gosto tanto do meu Shoto ele é o meu príncipe, sempre tão gentil, carinhoso, atencioso e paciente eu amo aquele bicolor hahaha, sinceramente não sei o que seria de mim sem ele ou se descobrisse que ele já não me ama... Ai meu Deus prefiro nem pensar nisso pra não dar azar, bom... Melhor pensar em outra coisa, já sei vou ligar para minha mãe.


Ligação on 


Inko: Izuku meu amor - disse a minha com uma voz animada, acho que ela já está com saudades.

Olá mamã, como estás?

Inko: Eu estou bem meu amor. E tu, como estás meu querido?

Eu estou bem mãe. Como vai o restante?

Inko: Muito bem meu filho, os clientes continuam a elogiar os nossos pratos, por falar nisso adicionamos pratos novos, que já estão a fazer bastante sucesso tens de vir cá experimentar. - ela está mesmo animada, gosto muito de sentir a felicidade da minha, se ela estiver bem eu também estou.

Izuku: Eu vou sim, vou com o Shoto ele adora a sua comida. 

Inko: Ah o Shoto...

Izuku: Mãe - falei em tom de repreensão - que implicância é essa com o Shoto? De um tempo pra cá parece que desgostaste dele.

Inko: Meu bem, eu não gosto de esconder nada de ti por isso vou dizer-te... Eu não confio no Shoto, eu sei que tu gostas muito dele e que ele é importante para ti mas... Eu sou tua mãe e eu sinto que alguma coisa não está bem, por isso tem cuidado. - Eu amo a minha mãe mais do que tudo neste mundo, mas essa desconfiança dela não tem cabimento, o Todo não seria capaz de me magoar.

Izuku: Mãe eu e o Shoto nos amamos, não precisas te pre...

Inko: Meu amor, eu sou mãe e uma mãe não se engana quando sente que algo não está bem, por favor tem cuidado. - Isto definitivamente não está a acontecer... A minha mãe não pode estar a pensar que... Não não não não.

Izuku: Está bem... - revirei os olhos pois acho ridículo tudo isso - eu vou tomar cuidado, mas não precisas te preocupar, eu estou bem. 

Inko: Izuku meu amorzinho a mãe tem de ir agora, há muita movimentação aqui na cozinha e parece que hoje todos querem a minha ajuda.

Izuku: Está bem mamy, até depois então.

Inko: Até mais tarde meu filho, a mãe ama-te muito, beijos amor.

Izuku: Também te amo, beijos mamy.


Ligação of


Queria muito continuar a conversar com a mamy, mas ela deve estar bastante ocupada lá no restaurante, conversar com a dona Inko é sempre maravilhoso mesmo até quando ela implica sem motivo com o Shoto, porque eu acho muito engraçado, eu tenho a certeza que essa desconfiança vai passar ela dava-se tão bem com ele, isso deve ser apenas uma fase.

Me desfiz dos meus pensamentos com o barulho do apartamento ao lado.

Parece que o meu vizinho está a fazer obras em casa, faz uma semana que ouço barulho de paredes a serem perfuradas, mas isso não é da minha conta até porque só reparo porque me está a incomodar... Nunca me dei muito bem com o meu vizinho do lado, ele muito malcriado, nós mal nos conhecemos e ele diz que eu sou um inútil e só para piorar diz que o meu cabelo e esquisito e por isso parece um arbusto, que falta de respeito... Só é pena ele ser tão bonito, um desperdício... Mas também, não é nada minha conta tenho coisas melhores em que pensar.



              =========


Queria muito acabar com este tédio, mas não há o que fazer terei de terminar o domingo assim e, o mais chato é que tentei falar com o Shoto inúmeras vezes mas ele não atendeu, nem retornou as minhas ligações ele deve estar mesmo ocupado a ajudar o pai... Sinto a falta do calor do abraço dele, eu amo o cheiro do Todo é tão bom, queria mesmo que ele estivesse aqui, por vezes sinto-o distante mas deve ser coisa da minha cabeça.



               =========

Pov's Shoto


Ochako: AAh~ eu não aguento mais.

Shoto: Ah tão... Gostosa... Ah... Eu estou quase ah.

Ochako: Shoto~

Shoti: ... Meu anjo, tu... Foste incrível como sempre.

Ochako: Obrigada amor... Bem diferente do Midoriya.

Shoto: Ochaco - disse em tom de repreensão - não fales assim.

Ochako: E como é que queres que eu fale? Quando é que lhe vais dizer que já não sentes o mesmo por ele?

Shoto: É complicado... Não posso simplesmente chegar e dizer que acabou, ele vai sofrer muito.

Ochako: Não pensaste nisso quando tudo começou... Eu não quero saber de mais desculpas, ou tu contas ou conto eu.

Shoto: Tu não pensas no sofrimento do Izuku?

Ochako: Não. Porquê, tu pensas? - revirou os olhos - Tu só queres aliviar a culpa que sentes, tu não te importas com o Izuku... Tens uma semana para resolver este problema.


Sinceramente não sei o que fazer, de um lado está o Izuku e do outro a Ochako, eu não quero magoar o Izuku nem perder a amizade dele, mas também não quero ficar sem a Ochako. Eu tentei resistir mas foi muito difícil, não consegui e agora estou nesta situação.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Digam nos comentários por favor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...