História O teu sabor - Capítulo 162


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Beyond The Scene, Bts, Comedia, Cotidiano, Drama, Envolvimento, Hentai, Imagine, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Jungkook, Maknae Line, Mudanças, Novela, Park Jimin, Relações, Romance, Sitcom
Visualizações 540
Palavras 3.959
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEYOOOOOOOOOOOO
OLHA A FOTO ASSASSINA AI GENTE!
CHEGUEI COM MAIS UM CAPS
SEXTA TA QUASE AI EM PEOPLE
SURTANDO? TALVEZ KKKKKK

Capítulo 162 - Por que você é pequenininha


Fanfic / Fanfiction O teu sabor - Capítulo 162 - Por que você é pequenininha

"Você tá com uma cara de cansado" comentei enquanto ele comia uma banana que eu preparei como mingau

"Dormi duas horas né?" ele deu um sorriso fraco, seus olhos estavam fechados ainda, tenho certeza disso

"Chimmy" falei acariciando seu pescoço "Você sempre tira seu tempo para me ouvir, me aconselhar, mas parece que eu falo muito de mim e você pouco de você"

"Não" tadinho, estava até sem forças de falar mais

"Me fala como você está… como anda o comeback… como está se sentindo em relação a ele... "

"Amor da minha vida" ele deitou a cabeça no meu ombro e dei um sorriso involuntário com o que ele disse "Eu estou mais no mundo dos sonhos do que o real"

"Você está bem?" vamos por partes

"Estou bem"

"Está se sentindo pressionado ou estressado?"

"Um pouco" ele bocejou "Estão colocando muitas fichas em nós, tenho medo de não dar certo"

"Está sim, vocês são muito talentosos"

"Acho que se fosse algo meu, solo, provável que eu não estivesse tão calmo, embora domingo que vem eu deva estar uma pilha de nervos, mas tendo o grupo todo comigo me sinto mais acolhido"

"Vocês completam o talento um do outro"

"confio mais do talento deles do que no meu"  assim que ele terminou essa frase dei um tapa na boquinha dele "aaaaaah levei um tapa"

"Para aprender a não falar bobagem"

"Mas é verdade, eu luto contra isso, mas é verdade"

"Chim..." que dor no meu peito

"Eu sei que não deveria pensar assim, é um dia de cada vez"

"Você vale muito sabia?" perguntei o abraçando

"Terminei" pareceu uma criança "Preciso ir"

"Não" ele mal foi já estou sentindo falta

"Tenho que ir" Jimin passou a mão pelos cabelos e levantou

O acompanhei até a porta sem soltar sua cintura. Ele era tão bonito sem maquiagem.

"A gente nem… transou" fiz um bico

"Você está melhor?" ele perguntou alisando minha bochecha

"Estou sim" mas queria ter feito mais com ele, foi tudo muito rápido

"Que bom..." interrompi sua fala com um beijo

O beijei da forma mais apaixonada que podia, passei os braços ao redor da sua cintura e prensei meu corpo no dele

"O que está fazendo?"  ele me perguntou com a boca ainda na minha

"Me deixa aproveitar um pouco mais" murmurei o puxando para o sofá

"Eu vou me atrasar" ele riu, mas mesmo assim veio

"Vai nada" o joguei no sofá

"Yuri..." o beijei, ele não estava lutando muito contra, então não era tão errado eu incitar isso

 

P.O.V HIRO

O sol ainda não tinha nascido e acordei com uma vontade ridícula de ir ao banheiro. Aproveitei e desci para pegar um copo com água. O relógio sonoro e irritante da sala marcava 5:05. Demorei um pouco para perceber a Elena cochilando no sofá, pelo que me lembro ela dormiu no quarto com a amiga, como veio parar aqui?

Me aproximei dela e vi que a mesa no jardim estava enfeitada e pronta para o café. Mas que linda! Nossa menina preparou algo só para nós. É nesses momentos que eu penso como cada gesto, por menor que seja é valioso. Ela pensou em nós, em nos fazer uma surpresa. Fiquei olhando para o lugar, que possui uma aura mágica, com cara de bobo.

"Bom dia" ouvi uma voz aguda, porém masculina atrás de mim e dei um pulo por ver, de canto de olho, um homem encapuzado.

"Como chegou aqui?" me virei bruscamente num quase desferindo um golpe nele

Parei a tempo quando vi aqueles olhos arregalados.

"O que… Jungkook você quase me fez infartar?"

"Eu só dei bom dia" ele se justificou ainda assustado

"Precisa tomar cuidado em como faz essas aparições sinistras"

"Mas eu só falei bom dia"

"Coitado" tentei afastar a enorme franja dele do rosto "Você não corta mais o cabelo?"

"Quando eu arrumo, fica certinho" ele sorriu "A Elena dormiu?"

"Sim… " olhei para ela "Ela acordou mais cedo para preparar..." espera um pouco "O que você faz aqui?"

"Eu vim tomar café com ela, como vou viajar amanhã, só tive um tempinho hoje"

"Não acredito" eu aqui achando que a minha filha levantou mais cedo para preparar um café da manhã em família, mas não, ela só estava esperando o namorado

"Não acredita que eu estou aqui?"

"Sai da minha frente" falei rindo e voltei para cama

Deitei e Marion se moveu.

"Onde você foi?" ela murmurou

"Você me deve um café da manhã romântico"

"Oi?" ela me empurrou "Eu não te devo nada"

"Poxa vida" para onde foi o romance do nosso casamento?

 

P.O.V ELENA

Acordei com uma massagem no pé e espreguicei, Jungkook estava de fone balançando a cabeça ao som de alguma música.

"Olá" murmurei

"Como você está?"

"Com sono" sentei ao lado dele "Você mandou mensagem cedo"

"Desculpa, era o tempo que eu tinha" ele me fez um cafuné

"Tempo péssimo"

"Mas consegui"

"Quando você vai embora?"

"Tenho que sair daqui umas nove"

"JUNGKOOK"

"Desculpa"

"Não vai nem dar tempo de comer um pão" cruzei os braços e fiz um bico

"Você que se apaixonou por mim, devia ter pensado nisso antes"

"Olha só! Ainda por cima me culpa" empurrei ele

"Você que se apaixonou e me deu chances, porque eu poderia ser apenas mais um idol apaixonado pela maquiadora estrangeira de olhos azuis, mas não, você também me curiu e agora estamos juntos, ou seja, lide com as consequências"

"Triste, porém verdade" dei um selinho nele e levantamos para comer

"Cadê...Apolo!" ele viu meu gatinho enrolado como uma bola de pêlo no tapete e foi pegar ele no colo

"Você vai mesmo acordar um gato?"

"Já acordei uma gata e não deu em nada"

Em que momento que o Jungkook começou a aceitar tão bem o Apolo mesmo?

 

P.O.V DEBS

 

Jm: Yuri, precisamos terminar

Yu: Porque?

Jm: Você me faz ser um péssimo profissional

Yu: Desde quando?

Jm: Desde o momento que eu chego atrasado por sua culpa

Yu: Eu não me lembro de te forçar a ficar

Jm: COMO NÃO?

Jm: Eu estava na porta, quando a MADAME, resolveu me seduzir

Yu: Mas a sedução não quer dizer obrigação

Jm: Yuri a partir do momento que você me instiga, não me dá outra opção a não ser ceder

Yu: E você demonstrou estar muito infeliz em ceder né

Yu: A sua infelicidade também durou bastante né? Um dia eu vou acabar com problema na virilha e você será o culpado

Jm: Trabalha a sua elasticidade lindona

Jm: Vai precisar

Yu: E você trabalha a sua força

Jm: Trabalhando juntos seremos o melhor sexo que essa cidade já viu

Yu: Você quer que vejam?

Jm: Mudando de assunto

Jm: Tem um presentinho que eu escondi no seu apartamento

Yu: Onde?

Jm: Terá que achar

Jm: Foi ontem a noite enquanto você dormia

Yu: E o que é?

Yu: Um vibrador para eu usar na sua ausência?

Jm: Yoongi está do meu lado

Yu: Porque não avisou antes?

Jm: O presente não é um vibrador

Yu: É o que?

Jm: Tear

Yu: Tear?

Yu: TEAR? VOCÊ JÁ ME DEU O ALBUM?

Yu: JIMIN ONDE ESTÁ? EU PRECISO SABER

Jm: Acha ele, é o seu desafio enquanto eu estiver fora

Yu: NÃO! ISSO É MUITO MALDADE!

Yu: O que foi que eu fiz para merecer isso?

Jm: Maldade? Eu te dei um álbum antes mesmo dele estar nas lojas

Yu: Mas você não me disse onde ele está! Como acha que estou me sentindo? 

Jm: Tá na sua casa, é só procurar que você acha

Yu: Me dá uma dica

Jm: Dica? Não kkkkkkk já dei o álbum

Yu: Tá se achando!

Jm: Mas quando achar me fala

Yu: Não vou falar, vou gritar

Jm: kkkkkkkkk

Yu: Eu vou revirar a minha casa

Jm: Tá fácil Yuri

Yu: aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

 

P.O.V ELENA

Jungkook ficou um tento alisando a área que o Apolo mordeu, eu avisei para ele não acordar o gato. Ainda assim, como Apolo era um ser bipolar como a dona, Jungkook sentou a mesa comigo e ele foi atrás de seu colo para deitar e voltar a dormir.

“Coloca” Jungkook me deu um fone para colocar no ouvido

“Não vamos conversar?" perguntei colocando

"Ouve comigo e me dá seu celular que eu quero passar umas coisas para ele” entreguei o aparelho e ele ficou mandando uns arquivos enquanto conversávamos e comíamos ouvindo a música

“Está uma loucura lá na empresa, todo mundo pilhado, eufórico e preocupado” falou depois de mastigar um bolinho de arroz

“Pelo lançamento?”

“Não apenas, mas a apresentação no domingo que vem”

"Sempre achei que vocês lidavam com essas coisas naturalmente" comentei de boca cheia

"Nunca, podemos parecer tranquilos em tela e realmente nos divertimos em performances, mas antes de subir é sempre muito intenso, nervosismo vai a mil"

"O que passa na sua cabeça?"

"Nossa… tudo e nada… eu fico meio estranho" ele riu "É que assim, eu tenho preocupações como, vai dar tudo certo? a roupa de ninguém vai rasgar? minha voz vai falhar? eu vou errar? é delicado"

"Entendo"

"Mas ao mesmo tempo é tanta coisa que passa na minha cabeça que acaba não ficando nada"

"Vocês em algum momento tiveram noção que ficariam assim?" perguntei colocando mais chá para ele

O dia amanhecia nublado e frio, embora aqui estivesse perto do verão. Apolo ficou um pouco mais manhoso com o Jungkook, estava até aceitando cafunés, talvez ele também soubesse de sua partida e estava se despedindo.

"Está falando do alcance?"

"É"

"Não, nunca" ele fez uma careta "Quando começamos parecíamos ter prazo de validade, nossa empresa era endividada e a beira da falência, houveram momentos que achamos que o grupo teria que sofrer disband, nosso primeiro win foi dois anos depois de debutarmos e o daesang foi em 2016"

"Tem vários vídeos na internet com a reação chocada de vocês" e eu morria de rir em todos

"Ninguém esperava, só de sermos indicados era uma honra"

"Muitos dizem que vocês são esnobes por terem todo esse reconhecimento"

"Sabe Ellie" ele recostou na cadeira sorrindo enquanto sua mão direita afagava a cabecinha do Apolo "Apesar de algumas roupas caras em clipes e músicas como os cyphers, nós somos muito… comuns… Jimin tem uma reserva gigantesca de dinheiro, porque ele simplesmente não consegue gastar e prefere deixar na poupança, cada um de nós reserva uma parte dos ganhos a família e não possuímos uma mobília cara em nosso apartamento, o que mais investimos é em equipamentos, nisso todos gastam e muito, mas ainda assim… somos muito cientes da nossa condição, independente do dinheiro, não sinto que tenhamos mudado"

"Acho que mic drop deixa um pouco essa impressão"

"Quando estávamos começando muitas dessas emissoras, jornais, revistas e celebridades gostavam de dizer que nós não aguentaríamos nem um ano, muitos rejeitaram qualquer ajuda, pelo contrário, acho que músicas assim são uma forma de dizer a eles que apesar de toda a falta de fé deles, nós persistimos e conseguimos"

"Como uma vingança"

"E uma vingança saudável vamos combinar porque no fim é só uma música, dá satisfação ver tudo isso"

"Acho que estão certos"

"Quem nos julga esnobes não sabe nem de onde viemos ou o que passamos e o julgamento de estranhos não nos aflige"

"Pior que é verdade"

"Elena você acha que somos mesquinhos e esnobes?"

"Claro que não"

"Você nos conhece, tem propriedade para falar"

"Sim" comecei a fazer uma cafuné nele, gostava da textura de seus cabelos

"Até mesmo dentro do fandom eu sei que tem pessoas que me enxergam como um menino chato e mimado, sendo bem sincero, até eu já me vi assim"

"Não parece"

"Eu… tenho... " ele riu "Problemas de ego"

"Como assim?"

"Na minha família sempre existiu uma espécie de cultura em ser o melhor, meu pai era atleta e se destacou muito, quando eu comecei a entrar para o mundo artístico eles investiram muito em mim e o mínimo que eu tinha que dar em troca era ser..."

"O melhor" completei a frase dele e Jungkook balançou a cabeça

"Então eu cresci ouvindo que era muito bom no que eu fazia e acreditei nisso"

"Ainda acredita, certo?"

"Acredito, mas de forma mais consciente e contida" ele ficou olhando para o Apolo "Eu não sou O melhor Elena, sou mais um bom artista no meio de vários tão bons quanto" subiu o olhar para mim "Mas ser o vocalista principal, o menino de ouro, o cara bom em tudo, me faz pensar que se algum momento eu errar será uma decepção muito grande, porque sempre esperam muito de mim"

"Mas você é humano, pode errar"

"Não é bem assim que funciona, você viu o American Hustle Life"

"Sim, o seu tombo..." já comecei a rir, mas só porque ele riu junto

"Na época, aqueles foi um dos momentos mais constrangedores e vergonhosos que eu já tinha passado, para piorar estava gravado"

"Foi só um tombo" alisei sua bochecha "Todo mundo cai"

"Cada dançarino teve a sua chance e eu fui o único que perdeu a batalha de dança, hoje eu entendo, mas na época, fiquei tão irritado que não conseguia falar com ninguém direito" ele tinha um sorriso meigo, isso me encantava muito "Eu já fui muito mais egoísta, mas enfim, a vida é uma evolução, eu provavelmente não seria o que sou hoje sem eles"

"Mas acho que a maioria das pessoas te acha um menino meigo"

"Sei" ele revirou os olhos "Eu ainda estou aprendendo a lidar com… certos tipos de comentários"

"É verdade que o Hoseok já jogou uma banana em você"

"Sim" voltou a rir "Eu tinha comprado uma banana, porque as de casa estavam mais maduras do que eu gostava de comer, eis que eu coloquei minha banana na mesa e ao voltar Hoseok estava com ele, brigamos e ele ficou tão bravo que jogou ela em mim e me mandou enfiar ela no..."

"Uuuuuuuuuuu" sagaz o hoseok, não imagino ele assim "Vocês demoraram muito para se entender?"

"Não, o Nam sempre tentou apaziguar a nossa convivência, aquela reunião que você viu no Burn é bem recorrente e antiga"

"Imagino"

"Você briga muito com a Yuri?"

"Nossa, brigamos as vezes sem nem ter noção que estamos brigando, faz parte da convivência" e como faz! "a Ma me disse que quando nós éramos crianças eu parava de chorar quando ficava perto dela brincando"

"Que fofas"

"Eu vi umas fotos antigas que… infelizmente não me lembro como foi o momento, mas eu parecia muito feliz"

"Eu queria ter conhecido o Jimin e o Tae desde criança"

"Ela mudou muito" murmurei "Ela era tão besta"

"Elena!"

"Mas ela era! Não posso falar?"

"É que independente..."

"Yuri deixava as pessoas pisarem nela, sempre que recebia uma crítica chorava e o maior sonho dela era casar e ter filhos"

"Tem um sonho assim não te torna besta" ele olhou para mim

"Eu disse que era o maior né? Na verdade era o único, eu acho errado você só ter esse foco de vida"

 "Errado é você ditar a felicidade do outro besta" apertou meu nariz "Se esse era o sonho dela, que bom para ela, é claro que também penso que a vida é mais do que casar e filhos, mas se esse era o foco dela, errado não é"

"Eu acho que é preciso MUITO mais" gargalhei "Ela tinha um caderno de recortes onde colocava vestidos de noiva, buquês, decoração, tudo de casamento"

"Caramba"

"Pois é, acho que isso ainda existe, mas no porão da casa dela no Japão"

"Credo"

"Mas não conta essas coisas para o Jimin, vai que ele assusta"

"Acho difícil" ele riu "Ele não tem essa febre por casamento, mas é muito romântico, então..." deu de ombros 

"Uma vez para uma festa colocaram um vestido branco nela, a garota quase infartou”

"E você Elena?" ele pegou a minha mão e ficou balançando ela "O que mudou?"

"Nada" fiz uma careta

"Nada?"

"Não sei dizer o que mudou, tenho a impressão de ser sempre assim, mal educada, desbocada e chata"

"Você não é nada disso" fiquei olhando para ele "Tá bem, talvez um pouco desbocada"

"Muito!"

"Você é impulsiva" Jungkook beijou minha mão "Muito impulsiva"

"E isso é ruim?"

"Um pouco… as vezes"

"Eu sei que sou exagerada quando a raiva me sobe a cabeça, mas não é maldade minha, é que eu me exalto"

"Escuta gatinha" ele quer mudar de assunto

"Diga"

"Você quer alguma coisa de lá?"

"Claro que não"

"Porque claro?" ele riu

"Tô de boa, não tem nada lá que me interessa"

 

 

"Porque você está falando isso?" Gritei furiosa

"Porque você é ingênua!"

"Eu n!ao queria ter que dizer isso… desse jeito… mas eu não quero ficar com vocês!"

"Você não sabe o que é melhor para você! As coisas que eles vão te ensinar!"

"Coisas melhores que vocês!"

'"Elena!"

"Você é só uma velha mesquinha e egoísta!"

"Elena!!"

"Não vou aceitar isso! Não quero ficar com vocês e vou gritar isso em qualquer juri que me colocarem! Eu quero ficar com meus pais"

"Ele não é seu pai!" ela levantou a voz

"É para mim!"

"Ele não vale nada!"

"Mas pelo menos não está morto"

O tapa que eu levei no rosto ecoou alto pela sala luxuosa e uma das empregadas dela olhou de canto de olho para mim, tentando não demonstrar reação. Aquele foi o primeiro tapa que ela me deu, mas não foi o único.  

 

 

"Ma… Ma… Por favor… me tira daqui" falei desesperada no telefone da minha amiga

"O que houve?"

"Eu não quero nunca mais voltar aqui, preciso ir embora"

"Elena se acalma"

"Não! Enquanto eu estiver aqui eu não vou me acalmar"

"O que ela fez?" a voz de Marion ficou mais alta e grave

"Ela me bateu"

"Te bateu?"

"O que?" ouvi a voz de Hiro ao fundo

"Ela me bateu, foi horrível, eu fugi de lá, me tira daqui Ma"

"Dá aqui" Hiro pegou o telefone da mão da Marion "Está com os documentos e a autorização?"

"Estou" respondi contendo o choro

"Vai para o aeroporto, vou comprar a passagem e te mando por email"

"Okay..."

 

 

 

"Elena?" Jungkook me chamou e foquei minha visão nele

"Eu não quero nada de lá, na verdade, quero distância" falei seca, talvez eu devesse mesmo esquecer minha vó, lembranças ruins vinham em relação a ela

“Okay”

Jungkook ficou tão pouco comigo que mal pude aproveitar direito. O tempo que ele ficaria longe seria doloroso, mas estava feliz por toda a conquista dele. Em uma coisa ele tem razão, eu assinei um acordo quando me apaixonei por ele e todos os pontos negativos dessa carreira não poderiam, ou deveriam, pesar mais que os meus sentimentos. Só me restava apoiar e continuar firme até onde o coração permitir.

 

P.O.V DEBS

"Oi" Keiko falou assim que atendi "Tá tudo bem?"

"Estou fazendo uma faxina" ONDE VOCÊ ENFIOU AQUELE ÁLBUM JIMIN?

“Você viu que os meninos acabaram de entrar no avião? Tomara que eles cheguem bem lá”

“uhum” Já vasculhei a casa inteira, não tem mais nenhum lugar que eu não tenha olhado

“Então... queria ver se você tem disponibilidade para vir em casa na sexta para gravarmos um react”

“Sexta? Mas você vai postar sexta? Não é bom para eles isso”

“Não! Vou postar domingo, antes do BBMA”

“Mas onde...” ele mentiu para mim e deve estar rindo da minha cara agora

“Podemos ver juntas também, o BBMA, o que acha?”

Sentei no colchão completamente chateada e sem mais ideia de onde procurar, eu olhei até no lixo do banheiro, embora ficaria imensamente puta se ele tivesse escondido lá.

“Yuri?”

“Eu vou ver” cocei a cabeça

“Você está bem mesmo?”

Olhei para meu celular no chão em meio uma bagunça de coisas, levantei bruscamente e o colchão foi para o lado.

“Estou bem” peguei o aparelho “Só estou... meio ocupada essa semana, tenho que ver”

“Tudo bem” ela estava tentando organizar as coisas entre nós e despistar a péssima atitude passada

 

Yu: Tô muito chateada com você

Jm: Porque?

Yu: Porque eu não estou conseguindo achar!

Jm: Amor da minha vida! Está debaixo do seu nariz!

Yu: Não me chama de amor da minha vida! Cadê meu álbum?

Jm: Ele deve estar bem quentinho

Yu: PAAAAAAAAAAAAAAAAARA

 

“Yuri? Você ainda tá ai?”

“Yuri eu tô no meio de uma coisa aqui... posso te ligar daqui a pouco?”

Olhei para trás tentando entender onde ele colocaria tudo aquilo e notei que meu colchão estava bem afastado e mostrava a ponta de um papel azulado

“O COLCHÃO!”

“aí!” gritei com a Keiko na linha e ela reclamou

Fui correndo até lá e levantei ele. Lá estava meu álbum lindíssimo, conceito R. Mas não apenas o álbum estava ali, mas também um pôster dele na foto polêmica que abalou o fandom a semana toda.

“Yuri?” Keiko você ainda tá ai? Não desligou porque mulher?

“Já te ligo” falei e desliguei

 

Yu: SEU CRETINO

Yu: DEBAIXO DO COLCHÃO

Yu: E QUE POSTER É ESSE?

Jm: O pôster foi ideia do Tae, porque você precisava de um novo

Jm: O colchão foi o lugar que achei que você encontraria de primeira

Yu: Vou deixar a minha casa no estado que está para você me ajudar a organizar quando voltar

Jm: kkkkkkkkkkkk

Yu: EU AMEI, VOU OUVIR AGORA

Yu: Pior que a Keiko quer que eu reaja na sexta com ela em vídeo

Yu: Mas eu posso ouvir a música e reagir ao MV depois, certo?

Yu: Muda alguma coisa?

Jm: Eu ACHO que não era o mesmo

Yu: MAS EU QUERO OUVIR

Jm: Vou deixar essa decisão nas suas mãos

Yu: CARALHO

Jm: Amor da minha vida, vou decolar, quero dormir porque voo me enjoa um pouco, depois que eu chegar lá te aviso

Yu: para de me chamar assim que eu vou acostumar e te ferrar

Jm: kkkkkkkk aproveite o álbum

Jm: Ou não...

Yu: OLHA O QUE VOCÊ FEZ COM A MINHA ÉTICA!

Yu: Boa viagem, se cuida, deixei o remédio para enjoo na sua carteira

Jm: Mas quando isso?

Yu: Na minha festa, você bebeu muito e saiu meio estranho daqui, achei melhor deixar lá

Jm: Okay kkkkkk Obrigado

Yu: Se cuida

Yu: Já estou morrendo de saudades

Jm: Logo estarei ai de novo, mas enquanto isso pendura o pôster para te inspirar a noite

Yu: Seu danado! Essa foto está absurda! Tá mostrando o caminho do paraiso

Jm: Caminho do paraíso?

Yu: Essa curvinha marcada aqui que acaba no seu GRANDE membro, pouco peludo e com bolas milimetricamente proporcionais 

Jm: Sabor morango

Yu: Melhor característica!

Jm: Como você pôde esquecer?

Yu: Não é?

Jm: kkkkkkkk Se você fez muito pum de ontem para hoje o álbum pode estar fedido

Yu: Eu vou fingir que eu não li isso

Jm: Porque de sábado para domingo! Minha nossa! Tava inspirada

Yu: ⊙︿⊙

Jm: Depois fala de mim 

Yu: MAS VOCÊ TAVA PODRE

Yu: EU QUASE MORRI ASFIXIADA NA COZINHA 

Jm: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Jm: Tchau!!! (*^▽^)/

Yu: ~ヾ(^∇^)

Yu: Tchau amor da minha vida!

Jm: Amor da sua vida? Espero que não mude de ideia até eu voltar

Jm: Vai que você gosta do velhote!

Yu: VAI LOGO DORMIR QUE O AVIÃO JÁ DEVIA TER DECOLADO!

Jm: Ele deve ter bolas caídas!

Jm: E desproporcionais!

Jm: Fui!

Yu: Eu achava que estava namorando um homem muito adulto, mas não é bem isso (-_-#)

Jm: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

 

Debszinha: Heeeeeeeeeeeeeeeey

Debszinha: Ganhei o álbum!

Elena: Legal!

Elena: Jungkook passou as músicas para o meu celular

Debszinha: Isso é um absurdo! O meu namorado me fez vasculhar a casa inteira atrás disso!

Elena: kkkkkkkkkkkkk

Debszinha: E porque você mudou meu nome aqui para Debszinha?

Elena: Por que você é pequenininha

Elena: ÓBVIO

Debszinha: Olha o bullying

Elena: Realidade amiga, aceita sua altura

 


Notas Finais


Momento curiosidades:
1 Eu nunca chamei a Yuri de S/N, desde o inicio era Yuri, mas não sabia se as pessoas iriam gostar dela ter um nome, só assumi ele quando me senti confiante com a aceitação das leitoras
2 Existia uma versão dessa história toda, bem antes de eu realmente começar a escrever, que era só com a Elena. Ela era pobre e se apaixonava pelo Jimin e pelo Jungkook (pq eu n conseguia escolher um bias)
3 Existia uma versão de um capítulo que a Yuri e a May ficavam (sexysu)
4 Existiu uma versão que a Elena quebrava a perna
5 Sempre achei que as pessoas pensariam que os capítulos de comédia eram idiotas demais para rir
6 Varias vezes pensei em parar com a fic porque achava que era ruim e não estava satisfazendo ninguém
7 Eu pulo muito de felicidade ao ler comentários
8 Sempre espero ir no caminho contrário que as pessoas estão imaginando
9 Sempre tive dúvidas sobre o ménage, eu queria, mas sabia que as consequências seriam pesadas demais
10 Existe uma versão da história que um personagem grande e muito importante para a Yuri morre


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...