História O teu sabor - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Beyond The Scene, Bts, Hentai, Imagine, Imagine Jimin, Jungkook, Maknae Line, Park Jimin, Romance
Visualizações 888
Palavras 2.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Elena será bem importante para toda a trama, então terão mais pontos de vista com ela
:)

Capítulo 2 - Eu estou bem


Fanfic / Fanfiction O teu sabor - Capítulo 2 - Eu estou bem

Acordei cedo junto com a Elena para aproveitar melhor o dia, tinha me programado para ir ao parque com algumas colegas do curso de coreano.

Elena como sempre estava linda essa manhã e sorridente. Ela comeu uma fruta correndo e já saímos.

“Lembra do meu fio de cabelo hein” Eu disse no elevador enquanto arrumava meu cabelo de frente para o espelho.

“Pode deixar, quer para fazer alguma amarração?” Ela estava um pouco séria, mas era o jeito da Elena fazer piadas com a feição séria.

“Exatamente! Para que mais seria?”

Pegamos o taxi juntas, pois seguimos o mesmo caminho, ela que iria descer antes. O celular dela já vibrava como doido. É a minha chefe, ela está acompanhando a sessão de fotos deles hoje e parece que está uma correria danada.

“Eu imagino...” Comentei observando a rua e as pessoas passando rápido pela janela “Eles vão fazer comeback né?” Me virei para ela num movimento rápido “Depois me conta as cores de cabelo” Ela deu risada e o táxi tinha chego no destino “Bye Bye Mon Chéri” Mandei beijo para ela.

“Até loguinho!”

 

P.O.V ELENA

 

Entrei correndo pelo estúdio, minha chefe estava surtando com a outra assistente dela porque a garota mal entendia a diferença das paletas de cores. Quando me aproximei dela vi que estava gritando com a garota nova.

“Como que você me derruba álcool aqui?! Como pode ser tão desatenta!” Ela esbravejou

“Oiee” eu disse chegando perto com um pano que estava na minha bolsa e ajudando a garota a limpar a bagunça “Elena você é minha salvação hoje”

Ela me levou para todos os cantos e explicou como seria a organização. Também disse que era muito importante zelar pelo segredo de qualquer informação que estivesse lá, desde roupas, cenário e os cabelos deles claro.

“Essa é a única coisa com que essa empresa é mais chatinha” Minha chefe sorriu “As outras são chatas com tudo” gargalhou e logo se conteve ao perceber que os meninos tinham chegado. Eles estavam com roupas bem casuais e de bonés e chapéus. Tae estava com uma cara de quem rezou muito para conseguir mais tempo para dormir, mas falhou miseravelmente. Hope e Suga estavam de óculos. Namjoon era simpático cumprimentando as pessoas da equipe e Jin fazia o mesmo acenando com a cabeça já que a boca estava cheia de bolinho que a caixa ele segurava com dificuldade nas mãos já que estava com outras duas bolsas. Jimin parecia um pouco sério e quieto. Os seis se encaminharam para a troca de roupa e minha chefe já colocou duas malas de maquiagem nos meus braços para eu a acompanhar. No meio do caminho percebo o Jungkook entrando no lugar com uma camisa branca e calça jeans surrada. Ele andava um pouco mais apressado. Rapidamente ele olhou na minha direção e eu desviei o olhar um pouco tarde demais, já tinha batido nas costas da minha chefe.

“Elena!” Ela reclamou, com toda a razão, a primeira mala era bem dura e eu tinha batido a ponta nas costas dela “Ta dormindo ainda? O que tá acontecendo hoje com esse povo”

Pedi desculpas e dei uma risadinha. Depois que eles trocaram de roupas começou a real correria pelo lugar. Os fotógrafos ficavam catatônicos por conta de alguma falha de equipamento e as maquiadoras ficavam meio nervosas de passar alguma coisa errada no rosto deles. Eu imagino que seja grande responsabilidade ter que lidar com um grupo grande como eles. A manhã foi basicamente assim, eu andando de ponta a ponta levando coisas e ouvindo minha chefe gritar com a outra assistente. Nem vi muito das fotos que estavam sendo tiradas, mas percebi que a primeira parte foi dos mais velhos. Não vi nem sombra da maknae line nesse meio tempo. Apenas um pouco antes do almoço que o Jimin veio até o estúdio e tirou umas fotos dos Hyungs.

As meninas paravam o que estavam fazendo para olhar para ele. Deviam ser um pouco mais discretas pelo menos.

“ELENA” minha chefe gritou “Pega para mim a caixa de pincéis que eu deixei no camarim”

Fui andando pelos corredores até chegar no camarim. Escutei uma conversa e fiquei receosa de abrir a porta, até bati, mas ninguém percebeu. Entrei e vi que o Jungkook e o Tae estavam brigando por algum objeto que estava nas mãos deles, fazendo como um cabo de guerra. Nem ao menos repararam minha presença ali, o que era até melhor. Vi que a caixa estava perto deles e me aproximei para pega-la. Foi tudo muito rápido e quando percebi já estava jogada no chão. Meu nariz doía muito e instintivamente coloquei minhas mãos sobre ele. A luz da lâmpada era forte e a silhueta de alguém tampou o brilho. Meus olhos estavam lacrimejando então nem enxergava direito quem estava ali, mas podia deduzir.

“Mon!” Tae gritou no corredor “Mon vem aqui!”

Pisquei meus olhos e duas lágrimas caíram, não eram nem tanto de dor, mas meu rosto ardia muito. Vi o Jungkook inclinado na minha frente me olhando preocupado.

“Vem logo” Tae continuava os gritos até que Namjoon se aproximou “O kook bateu numa garota”

A expressão do Jungkook mudou e ele pareceu irritado, mas novamente ele voltou a atenção para mim.

“Como assim bateu...” Namjoon nem terminou a frase ao me ver jogada no chão foi correndo socorrer “O que aconteceu aqui?” Ele queria me auxiliar a levantar, mas eu apenas subi parte do corpo ficando sentada ainda no chão “Chama algum médico ou enfermeiro”

“Pelo telefone?” Tae perguntou

“Não! Aqui sempre tem para caso ocorra alguma emergência” Namjoon tinha receio em colocar as mãos em mim, mas tirou do bolso um lenço preto e me ofereceu.

Eu ainda não tinha retirado as mãos do nariz o que também impossibilitava falar, então o fiz para tentar dizer que estava bem. A dor era forte, mas não devia ser nada grave. Senti um liquido escorrer do meu nariz e vi que minhas mãos estavam cheias de sangue. A expressão do Namjoon e do Jungkoook foram de extremo pavor.

“AI MEU DEUS” Gritou um homem muito alto e forte parado na porta “Como foi que isso aconteceu e como é que eu vou explicar?”

J-Hope chegou também acompanhado de Suga e os dois ficaram chocados com a cena.

“Alguém limpa a garota né?” Suga falou entrando e pegando uma toalha da mesa. Hope também foi até a pia do banheiro pegar um pouco de água. Eu estava com dificuldade de raciocinar direito com tudo aquilo acontecendo, meu rosto latejava e o nariz parecia um chafariz vermelho de filmes de terror. Coloquei minha mão no nariz e percebi que ele estava diferente do que eu estava acostumada. Lembrei da minha luta com Wu na academia de Karate e lembro de ter fraturado meu nariz depois de um golpe.

“Cuidado, um médico já deve estar a caminho” Namjoon falou enquanto eu posicionava minha mão pelo nariz. Sabia que ia doer, minha outra mão pegou alguma coisa no chão e apertou no mesmo instante que eu voltei meu nariz para o lugar. Vi que todos os homens ali deram um grunhido de dor ao me ver fazer aquilo e eu finalmente consegui respirar com um pouco mais de alívio. Percebi que o que eu tinha apertado era o braço do Jungkook e soltei rapidamente. Nem conseguia olhar muito para ele. Me levantei, fui até a pia do banheiro onde o Hope estava, lavei as mãos e o rosto e me sequei. Ainda ia ficar bastante dolorido, mas logo iria passar. Peguei um lenço de papel da caixa que ficava ao lado da pia e coloquei no meu nariz esperando ele parar de sangrar. Todos observaram de boca aberta.

“Achei um médico” Disse Tae sem fôlego entrando na sala “Ué?”

“Não precisa” Consegui falar com uma voz horrível e anasalada por conta de ter tampado meu nariz "Eu estou bem" respondi "Foi apenas um acidente"

Ainda pasmos nenhum deles soube o que responder. Namjoon levantou e veio até mim. Ele pediu para ver meu nariz e eu deixei. Vi que Jungkook estava atrás dele ainda com aquela expressão preocupada.

“ta ok” eu disse "vocês precisam se aprontar que ainda terão mais fotos hoje"

"Se ela diz que está tudo certo, quem sou eu para negar?" Disse o homem alto e forte parado na porta

"Calma" respondeu Namjoon "Acho melhor você ver um médico"

"Também acho!" Disse Tae "A porrada foi bem forte, ela acertou o chão com tudo" Tae quase deu risada ao lembrar da cena, mas foi censurado pelos olhares dos outros.

"ah" reparei que tinha outra dor, tão forte quanto, surgindo na parte de trás da minha cabeça "Enfim, está tudo bem!" Comecei a andar pela sala e peguei a caixa de pincéis "Não se preocupem, vou ficar bem"

Sai do camarim a passos largos e pelos corredor algumas pessoas me olhavam estranho devido o lenço de papel pendurado em meu nariz.

"Espera" Ouvi alguém gritar e olhei para trás. Era Jungkook. "Por favor, me deixa te acompanhar até a enfermaria, só para ter certeza"ele parecia aflito

"Fica calmo, eu estou bem de verdade"Tentei tranquilizá-lo e voltar a andar, mas ele me parou.

"Eu insisto" Ele não colocou a mão em mim, mas senti ele pairar ela bem próxima de meu ombro.

"Precisa ser rápido" Eu disse aceitando ir com ele.

Chegando encontrei a enfermeira que passou uma pomada em meu nariz, após o médico retornar para a sala ele também fez uma vistoria mais a fundo e me prescreveu um remédio para a dor. Quando me liberaram eu sorri para Jungkook.

"Viu? Estou bem, fica tranquilo que eu sei que foi sem querer"

Ele sorriu de volta, porém ainda receoso. Acredito que estava se sentindo muito culpado pelo ocorrido. Caminhamos juntos em silêncio até o cenário em que minha chefe estava e eu entreguei a ela a caixa de pincéis. Como estava toda ocupada no Jin não reparou meu ferimento.

Jungkook se distanciou e foi falar com Jimin do outro lado do estúdio. Me coloquei num canto e fiquei observando. O mesmo homem que estava na porta do camarim entrou e veio falar comigo.

"Você vai prestar alguma queixa? Quer alguma indenização?" Perguntou sério

Me senti ofendida com a pergunta

"Não quero nada, está tudo bem" respondi ríspida

"Mas as pessoas vão comentar sobre isso, preciso tomar alguma atitude"

Nesse momento a assistente novata chegou perto e viu meu machucado ficando assustada com aquilo.

"Elena o que te aconteceu?"

"Eu escorreguei feio, mas já está tudo bem" Ela se foi e eu me virei para o homem de novo "Acho que isso responde sua pergunta, ninguém precisa saber, porque realmente não foi nada" Falei, ele sorriu e saiu. Devia ser um dos managers.

Jungkook ainda estava me olhando fixamente e agora Jimin o fazia também. Fiquei incomodada com os olhares e me mudei de lugar.

O resto do dia foi mais do mesmo, várias fotos e correria. Precisei trocar o papel do nariz inúmeras vezes, mas logo que acabou peguei minhas coisas e fui correndo para casa com fome.

 

P.O.V S/N

 

Estava jogada no sofá com os pés doloridos devido minha andança pela cidade hoje. Ouvi a porta se abrir e Elena chegar.

"E ai?!"Gritei para ela virando o rosto em sua direção que estava de costas para mim colocando o casaco no cabide.

"E ai?!" Ela respondeu

Voltei a atenção para o filme que estava assistindo. Elena foi até o quarto colocar uma roupa mais confortável, antes de se juntar a mim no sofá ela pegou a tigela de morangos na geladeira. Depois afundou o corpo no sofá com vontade, parecia muito cansada.

"Como fo..." Nem consegui terminar a frase, quando vi o rosto dela todo vermelho, nariz roxo e um pedaço de papel higiênico pendurado nas narinas surtei. "O que houve com você?"

Elena era quase dois anos mais nova que eu e na maior parte do tempo eu me esquecia disso, mas quando ela se machucava eu não conseguia evitar meu lado coruja.

"Eu cai, não foi nada"Respondeu com a boca cheia de morangos

"Minha nossa"Me aproximei e ela se esquivou da minha mão

"To bem, to medicada" falou cuspindo um pouco do líquido do morango, ela às vezes era bem desleixada

"Mais cuidado né! Caiu como? Tava olhando para o Jimin?" Fiz uma piada porque senti que ela estava bem mesmo. Quando falei isso ela rolou os olhos "Eles são bonitos, mas precisa manter o foco gatinha" Elena rolou os olhos mais uma vez e bufou "Pena que o Kook não estava lá para te pegar antes de você cair" Gargalhei "Ele é bem forte"

"Eu sei..." Ela respondeu dando um sorriso de canto e um suspiro, pareceu um pouco avoada e eu estranhei seu comportamento naqueles segundos. Levantei uma sobrancelha olhando para ela e quando percebeu que eu a encarava fechou a cara e voltou a comer.

 


Notas Finais


É isso pessoal :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...