História O tritão - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Curtidoresdasasuhina/br, Sasuhina
Visualizações 89
Palavras 513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Misticismo, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá!
Essa fic é(era) para o desafio de Halloween do grupo Curtidores da Sasuhina/Br e eu estou mega atrasada, além de não ter feito exatamente terror e nem uma one :v Porém, estou postando mesmo assim e por isso queria agradecer a Arê-chan por ter me apoiado a postar.
Antes de ler quero que saibam que suicidio nunca será a resposta e se você precisa de ajuda converse com alguém (pode ser com alguém que conheça, comigo ou com o CVV).
Enfim, espero que gostem!

Capítulo 1 - Capítulo 1


Frio foi tudo que sentiu quando sua roupa ficou totalmente molhada e seu corpo começou a afundar no oceano. Hinata estava em um momento de coragem ou talvez loucura que a fez se jogar na água salgada, seu corpo machucado e cheio de ataduras doía ao contato daquela água, porém não doía mais que sua alma. 

Ela tinha apenas dezenove anos, e vivia com os pais em um pequeno vilarejo, quando piratas resolveram saquear o lugar onde morava e massacrar seus moradores. Alguns moradores foram escolhidos para sobreviver e serem escravos dos piratas, aquilo era sorte segundo algumas pessoas, porém para Hinata era puro azar.  

Enquanto homens deveriam trabalhar na cozinha ou na limpeza, Hinata e outra mulher escolhida eram outro tipo de escravo. A outra mulher era mais velha e se ofereceu para aquilo, afim de sobreviver. Hinata por outro lado, perdeu sua inocência e pureza para homens que não queria, além disso sofreu ferimentos por ter rejeitado tudo aquilo várias vezes. 

A jovem moça chorava a todo momento, sofrendo com seus machucados físicos e psicológicos. Enquanto isso, a outra mulher tentava a consolar dizendo que quanto mais rápido se acostumasse seria melhor, assim veria sua beleza como uma dadiva e não uma maldição. Porém, para Hinata aquilo parecia improvável, a cada dia que passava ela perdia um pedaço seu, quando um pirata a tocava ou a cada faixa nova no seu corpo por reclamação. 

Ela ainda tinha dezenove anos, e não havia se passado nenhum mês dentro do navio, quando Hinata decidiu que não aguentava mais aquilo. Em seus pensamentos já estava morrendo por dentro, já estava no inferno. Então, em uma noite, correu pelo convés e se jogou na água sabendo que ninguém ali iria lhe salvar, afinal para a tripulação ela era só um objeto que poderia ser substituído. 

A água fria e salgada doía em seu corpo, seus pulmões começavam a arder graças a entrada da água em sua via respiratória, ela sabia que aquilo seria o fim e aceitou com toda a tristeza que acumulou durante aqueles dias. Abriu seus olhos para observar a escuridão do mar, antes de fechar os olhos de vez, foi então que viu algo que não esperava. 

Os piratas sempre contavam histórias sobre seres do oceano e como sentiam medo de ser devorado por algum deles, porém muitos falavam de sereias e tritões como lendas e histórias de terror, falando que ganhariam muito dinheiro se capturassem algum. Por isso, ficou surpresa ao ver um homem a sua frente e mais surpresa ainda ao ver uma cauda completando o corpo do medo. Se encolheu lembrando das histórias dos piratas, porém sabia que logo ia perder a consciência e assim se ele a devorasse não ia sentir. 

Hinata fechou os olhos que ardiam demais, além disso acreditava que aquilo devia ser apenas uma alucinação, quando sentiu seu rosto ser tocado e olhou mais uma vez vendo o tritão de olhos negros muito próximo. Se aquilo fosse uma alucinação, estava sendo muito real, porém de qualquer forma não saberia já que sua consciência se esvaiu. 


Notas Finais


Lembrando que a fic terá só mais um capítulo ou dois, eu só postei logo porque já se passaram muitos dias do Halloween e eu não vou ter tempo tão cedo de continuar :v
Beijos e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...