1. Spirit Fanfics >
  2. O Trote >
  3. Mesa Dos Sete

História O Trote - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Mesa Dos Sete


Cantina, escola.

Estávamos nós sete sentados na mesa dos sete. Tudo normal até o nojento do George chegar. Qual é?? É tão difícil namorar alguém e só amá-la? Eu preciso disputá-la?

Jimin está ao meu lado e quando George se aproxima ele pega minha mão e entrelaça nossos dedos.

Sorrio pra ele sem mostrar os dentes.

O intervalo segue normalmente, mudando agora que a mesa dos sete tem oito pessoas e que o "invasor" está dando em cima de Jimin.

Jimin em momento nenhum deu em cima de volta. Os meninos perceberam o desconforto, perceberam o clima que estava ali.

O que poderíamos fazer? Não iríamos expulsá-lo. Que péssima influência eu iria passar para o garoto que tentou fisgar meu namorado? Claro que não conseguiu, Jimin me ama (até aonde eu sei pelo menos), resolvi interagir normalmente. Sem me preocupar com George ou com os "perigos" que ele pode me oferecer.

Claramente ele investe grandes cantadas em Jimin, que ri como se fosse uma piada. A cada cantada, Jimin aperta minha mão, não sei se ele também se sente desconfortável, se não gosta mais da presença dele ou se quer sair dali.

De qualquer maneira parece que passa devagar, os minutos são longos e começo a ficar impaciente.

Seria bom caso Jimin saísse da mesa e eu fosse atrás dele, talvez ele pense o mesmo.

Decido sussurrar no ouvido dele:

– Você quer sair daqui?

Ele olha pra baixo e concorda.

Solto sua mão, levanto e a seguro outra vez.

– Comecei outro desenho, quer ver? – invento uma desculpa

– Quero!

Ele sai junto a mim e vamos até a nossa sala. Na verdade, não existe desenho algum, não havia nada ali a não ser um rascunho de Jimin fazendo biquinho. Sento em meu lugar e ele ao meu lado, sempre dividindo cadeira... quanto mais perto melhor!

Eu pego o caderno da bolsa e começo a passar as folhas, passa um completo, um que falta colorir, um faltando sombrear e Jimin fazendo biquinho.

– Sou eu? – ele pergunta apoiando o queixo em meu ombro.

– Era pra ser... – dou uma risadinha – Não tá parecido, né?

– Na verdade está...

– Faz um biquinho pra eu guardar na memória e terminar? – peço desencostando dele e encarando seu rostinho angelical

– Assim? – faz um biquinho e fecha os olhos.

Dou um beijinho nele.

– Jungkook! – ele arregala os olhos – Pirou?? E se alguém vê?

– Ninguém viu! Pare de ser bobo!

Ele sorri.

– Parece que você gosta de me desenhar! – ainda sorri

– Eu queria te desenhar sempre...

– Sempre que quiser pode me desenhar! Me sinto importante quando me desenha.

– Você é importante, Jimin.

Abraça meu braço e fecha os olhos apoiando sua cabeça em meu ombro.

– Jimin... – falo baixinho

– Sim?

– Eu te amo muitão!

– Eu te amo muitãozão! – aumenta

– Eu amo mais.

– Lógico que não, eu amo mais. – Arregala os olhos fazendo biquinho de birra. Meu próximo desenho vai ser ele emburrado.

Ainda emburrado ele me solta e cruza os braços.

– Por que você tá bravo? – pergunto acariciando sua coxa

– Eu amo mais.

Dou um outro beijinho rápido.

– Eu amo mais. – encerro a discussão.

Ele pega minha nuca e beija de verdade.

– Eu amo mais! – solta e abraça meu braço.

– Eu te amo. – sorrio.


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...