1. Spirit Fanfics >
  2. O Trote >
  3. Alianças

História O Trote - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Alianças


CINEMA, SHOPPING

Era pra ser só um encontro, eu, Jimin e nosso amor.

Fomos assistir frozen 2, torcendo pra sair casal lésbico.

Assistimos ao filme e seguimos nossa "INTUIÇÃO!" ok, me empolguei.

Após sair da sala de cinema eu e Jimin fomos ao BK, nosso restaurante fast food favorito.

Pedimos o de sempre e sentamos no lugar de sempre. Jimin sorria muito, era como nosso primeiro encontro. Nós poderíamos conversar por três dias sem parar que teríamos assunto.

Eu admito estar totalmente apaixonado por Jimin. Aparentemente é recíproco, mas algo dói. Algo alfineta meu coração, o que seria de tão ruim logo agora que as coisas estão boas?

– Jeon? – Jimin passa a mão pelos meus olhos dispersando meus pensamentos

– Ah, oi, desculpa!

– Não tem problema! – sorri e eu quero fotografá-lo! – O que assombra tanto sua cabeça?

– Você está sentindo?

– Sentindo? – pergunta confuso

– Não é nada com você! Eu jamais esconderia algo de você...

– Eu sei! – ele fecha os olhos – É algo ruim, não?

– Aham... – suspiro.

– Eu estou me sentindo observado. Que algo ruim pode acontecer...

– Será que é só... coisa da nossa cabeça?

– Nunca senti isso, Kookie.

Eu não sabia como responder, como reagir. Algo ruim estava por vir e eu não sabia quando.

Terminamos de comer em silêncio, sorrindo algumas poucas vezes e olhando um para o outro.

– Eu estou realmente cheio! – Jimin sorri outra vez.

Pego meu celular e tiro uma foto.

– Jungkookie!

– Você está lindo! – no modo automático apoio meu queixo no punho e olho as fotos.

– Pare de olhar para a tela e olhe pra mim!

– Jimin? – abaixo o celular e olho para seus olhos.

– Oi? – olha de volta.

– Vamos agir como um casal normal? – sugiro.

– Você só pode estar ficando louco!

– Por favor! – faço um biquinho e junto as mãos.

– Kookie...

– Só hoje?

Levanto da cadeira e coloco as bandejas no suporte. Jimin vem atrás. Me viro e seguro sua mão.

– Jungkook! – puxa a mão me soltando – E se alguém ver?

– E se não? – Olho pra ele e sorrio.

Ele estende a mão e eu a seguro. Vamos até uma máquina de pegar pelúcias.

– Essas máquinas são fraudes! – Jimin exclama e entrelaça nosso dedos – Você vai precisar gastar no mínimo quinze dólares pra pegar um ursinho, se você conseguir, sendo que pode comprar um por três dólares naquela lojinha ao lado! – aponta.

– Então a escolha mais sensata a fazer é economizar esse dinheiro pra comprarmos alianças!

– Exatamente! – sorri – Espera... o quê?

Vamos até uma joalheria e Jimin sorri e não para de tagarelar.

Ao entrar vemos a vitrine com vários anéis lindos! Uma atendente se aproxima e nos cumprimenta:

– Olá casal! Gostaram de algum modelo?

Primeira vez que um desconhecido se refere a nós como casal!

– Oi moça! – digo empolgado – Eu e meu namorado estamos juntos a seis meses... é escondido.

– Entendo perfeitamente... – suspira e mostra sua aliança – para casos assim temos alianças especiais.

– Podemos ver? – Jimin Arregala os olhos e sorri.

– Claro!

Ela some por uma porta e Jimin olha com carinho para todos aqueles anéis da vitrine.

A atendente volta após alguns minutos com uma maleta prata.

– Temos três modelos! O primeiro são três anéis comprados juntos. Vocês colocam espalhados pelos dedos, como os que você está usando! – Ela sorri mencionando os anéis de Jimin.

– Uau! Quanto sai seis desses? – pergunto.

– Com um pouco de sorte... trinta dólares cada!

– Isso é caro! – Jimin arregala os olhos.

A atendente percebendo nossa reação começa a apresentar o segundo modelo:

– O segundo modelo é um anel preto com escritos em dourado por dentro. A frase fica a sua escolha!

– Quanto? – pergunta Jimin interessado.

– Trinta e cinco cada uma e ganha uma garrafa escrito "qual é o seu orgulho?". Promoção de lançamento!

– Achei lindas! – Jimin sorri.

– E o último são pulseiras vermelhas. Não são bem alianças, mas fazem menção a lenda oriental de Akai Ito. É uma pulseira vermelha e uma bolinha no meio. Essa por ser uma linha mais antiga de fabricação está quase acabando. Faço por oito dólares e setenta centavos o pacote com duas!

– Adorei! – Jimin apoia a cabeça em meu ombro.

– Vou levar os dois últimos!

Passamos nossas informações e informamos nossas frases.

– Na minha escreva: "Eu sou você..."

– "...E você sou eu." Na minha!

Saímos de lá sorrindo, temos que voltar amanhã pra buscar as alianças com as frases, mas a pulseira já está conosco! A garrafa decidi deixar com ele. Amo ver o sorriso dele vendo como nos tornamos fixos.

– Vamos sentar ali! – sugiro um banquinho.

Sentamos lá e tiramos algumas fotinhas. Uma das fotos Jimin morde minha bochecha, a outra mostrando a língua.

– Vamos colocar as pulseiras logo! – pede.

Tiro do bolso o pacotinho. Abro e amarro no pulso dele e ele faz o mesmo em mim.

Penso em postar as fotos mas um post não vale o risco de perdê-lo. Ele sorri como uma criança na loja de brinquedos.

– Você está bem feliz, não é? – brinco.

– Eu não poderia estar melhor!

Ali mesmo, no banquinho eu tornei a beijá-lo. O que foi correspondido de imediato!

Seus lábios combinam perfeitamente com os meus, sinto seu gosto. Eu e ele somos um casal e isso me deixa feliz, tudo que se trata de Jimin me deixa feliz.

Percebo que Jimin sorri durante o beijo.

Quando cessamos o beijo não havia ninguém nos olhando, muito menos nos julgando. Isso me fez sorrir.


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...