História O último. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 28
Palavras 571
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá. Essa é apenas uma historinha que escrevi enquanto ouvia uma música. Disponibilizarei o nome nas notas finais.
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo único.



Rua ???, 6:18 AM
Um homem se levanta da cama, sonolento e com a visão afetada. Ele tateia o criado mudo ao lado da cama. Um novo dia veio e o sol começa a levantar os primeiros raios matinais sob a face da terra.
Ele sai andando debilmente pelo corredor do apartamento apertado e com um leve cheiro de mofo. Entra no banheiro, toma uma ducha rápida e se veste para o serviço. Este homem possui uma aparência jovem, o corpo franzino e o olhar cansado.  Pega o metrô, dirige-se ao serviço e de lá começa mais um dia com reclamações de seus superiores, colegas de ofício que nada fazem durante todo o expediente e café fraco e frio durante o lanche do intervalo. 
Ele se mantém calado, por mais que suas entranhas gritem e grunham de raiva e insatisfação.
Travessa ???, 2:47 PM
Depois de uma manhã exaustiva e estressante, o homem toma sua condução de volta para o prédio de apartamentos velho onde reside. ele suspira, procura pelas chave no bolso e abre a porta, girando a maçaneta antiga e barulhenta do seu cubículo.
Os vizinhos também são barulhentos. Há um cheiro enjoativo de perfume vagabundo, suor, vômito, bebida, sexo e cigarros baratos permeando o ar.
O homem suspira e entra no apartamento, se joga no sofá que range e olha para o teto, sendo ele apenas mais um.
Só mais um tanto entre outros. Um que questiona os motivos pelo qual ter nascido e que sente os olhos pesarem com lágrimas a cada vez que sua mente traz a tona tais pensamentos.
Apartamento. 00:14 AM
Um leve cheiro de sabonete neutro, amaciante para roupas e shampoo  enche as narinas do homem. Ele está de banho tomado e vestindo roupas velhas e puídas, ainda que confortáveis, como seu pijama. 
Era uma sexta feira. O último dia da semana. Ele poderia se dar ao luxo de ficar desperto até tal horário.
Um grande estrondo se faz presente, na rua. Ele sente o coração acelerar, por consequência da descarga de adrenalina jogada em seu sangue. O barulho cessa tão repentinamente que isso o deixou curioso. ele abre a porta de seu apartamento e sente um cheiro enjoativo de doença e sangue envelhecido no ar. Algo terrível aconteceu, pelo que ele acabara de constatar.
Ele tenta apurar os ouvidos, mas não havia nada além do barulho alto, porém abafado do gerador do prédio funcionando. 
O homem volta para o apartamento, e desesperado disca o número de emergência local. 
"Olá. Todas as nossas linhas estão ocupadas no momento. Por favor, tente novamente mais tarde."-A voz estática feminina diz, do outro lado da linha.
Ele sabia que as linhas não estavam ocupadas. Por algum motivo, mas ele sabia. Seus batimentos cardíacos estabilizam, ele respira fundo e se deita no sofá.
"Eu não tenho nada a mais para fazer... Isso deve ser o fim, finalmente."
Um sorriso retorce o rosto jovem e esquálido do homem, como se fosse papel. Seguido de uma lufada de ar escapando de seus lábios, possivelmente uma risada fraca.
Ele sente uma mão tocando seus ombros, delicadamente.
Um último toque calmo
Acolhedor
Quente.
O rosto do último homem relaxa, junto de seu coração, que dá a última batida. O último suspiro escapa de seus pulmões. Uma última lágrima rola pelo lado esquerdo do rosto.
O cérebro emite suas últimas ondas. 
Aquele fora o fim. e ele estava certo.
Pela última vez.


Notas Finais


Me desculpem caso o enredo tenha ficado confuso ou curto demais.
Obrigada por lerem.

O nome da música é The Less I Know The Better, por Tame Impala


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...