1. Spirit Fanfics >
  2. O Último Ano - Haikyuu >
  3. ELE NÃO ERA HÉTERO!? - Ennotana

História O Último Ano - Haikyuu - Capítulo 14


Escrita por: luzgojo

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 14 - ELE NÃO ERA HÉTERO!? - Ennotana


Fanfic / Fanfiction O Último Ano - Haikyuu - Capítulo 14 - ELE NÃO ERA HÉTERO!? - Ennotana

UMA SEMANA DEPOIS DA FESTA

ENNOSHITA CHIKARA

Ryūnosuke  Tanaka não sai da minha mente, porra ele beija bem demais imagina as outras coisas como bem ele poder fazer mais as minhas chances com ele e no total 0% pois o que eu saiba ele e hétero então não tenho chances foi só um jogo não posso fazer nada , só seguir enfrente porém toda vez que vejo ele meu coração erra os batimentos tenho que oprimir isso ou seja me Ryūnosuke 

 

RYÜNOSUKE TANAKA

Antes de qualquer coisa quero entender qual a dificuldade das pessoas me levarem um pouco que seja a sério , tudo bem que eu sou o mais popular apesar de ser OTAKU e NERD mais faço a festa a cada 3 MESES no início e no final do semestre, tem um menino na minha sala chama Ennoshita Chikara esse moreno me deixa doido desde da primeira vez que o vi , na última festa ele foi um tanto ousado e como ele beija bem , seus lábios são macios e difícil conquista ele, essa semana se afastou totalmente de mim.

 

DUAS SEMANAS APÓS A FESTA

Cheguei a sala de aula do curso pré vestibular e  decidir vou falar com ele hoje , sonhar com ele todas as noites da me matado desejo e segurar para não agarrar ele do nada no meio da escola não posso mais vontade tenho de sobra , mas ele irá me aceitar ou me da uma chance ?  Então ao entrar na sala

 

- Ennoshita podemos conversar depois da aula? – perguntou TANAKA fazendo biquinho

 

*Merda ele pega pesado eu me distanciado, ele chega perguntando se pode conversa comigo fazendo biquinho me derreti. – pensou Chikara

 

- Tudo bem podemos. – respondeu seco Ennoshita

 

Apenas sorri para ele e prestei atenção na aula de matemática e física  odeio com todas minhas forças não preciso de cálculos na minha vida a não ser para entender qual o peso que o Rock Lee solta antes de socar o Gaara.

- Q|T –   

Fiquei esperando ele na porta mais o problema que ele estava falando com um menino loiro a um tempo e isso já está me tirando a paciência - CIÚMES SEM NAMORAR SIM PORQUE NÃO NÉ? – resolvi me afastar e esperar em umas cadeiras no mesmo corredor da sala e fiquei olhando para o nada.

 

- Ei Tanaka, terra chamado – Ennoshita chamou Tanaka o balançado

- Ah desculpe, pensei que ia levar um bolo (risos) – Tanaka falou sarcástico

- Porque não veria ? – perguntou Ennoshita colocando a mão no queixo

 

*Fica sem resposta que legal melhor improvisar – pensou Ryu

 

Tanaka, deu um suspiro.

 

- Tudo bem , vamos passar pra pegar um sorvete e ir para um lugar mais reservado ? – murmurou Tanaka e levantou

- Que mistério , vamos. – Ennoshita deu um sorriso e saiu seguindo Tanaka

 

 

NA PRAÇA

Chegaram e sentaram numa parte da grama quase enfrente a sorveteria mais não a vista de todos apoiado em uma árvore, um silêncio ruim ficou no ar pois na cabeça Tanaka estava se passado como falar o que sinto  e no da Ennoshita sentido se algo ruim fosse acontecer.

 

Quebrando o silêncio...

- Você gosta de sorvete do que? Vou falar pegar e a gente conversa ta? – pergunto Tanaka em meio aos suspiros apertado as próprias mãos

- E chiclete ou milho verde, depois eu te pago eu não trouxe a carteira hoje. – diz Ennoshita olhando para o chão

 

Tanaka apenas assentiu e saiu rindo virando a costas indo direção a sorveteria e foi rápido pegou os sorvetes e sentou frente a frente ao Ennoshita.

 

- Olha eu peguei os dois sabores  o de chiclete e diferente peguei até para mim mesmo  e gostoso. – diz entregando o sorvete nas mãos de Ennoshita – Nem esperou ele responder e pergunto – Posso te fazer umas perguntas um pouco mais pessoal ? – indagou Tanaka

 

- A-Ah sim pode – respondeu Ennoshita Gaguejando

- Você namora ? Você sentiu alguma coisa quando me beijou? O queaquelemeninoeseu? – perguntou Tanaka  inseguro olhando para árvore mais não no rosto dele e falando o mais rápido possível o final

- Não entendi o final mais não sei se era importante entendi apenas aquele menino é apenas um amigo ,ficou com ciúmes ? Não namoro, tem alguém que eu gosto sabe ? Eu só não sei se a pessoa gosta de mim assim como gosto dele e meio triste isso – diz Ennoshita mordendo os lábios inferior

-  Você gosta de alguém mais não sei não tenho escolha a não ser falar – Desculpa Ennoshita pensei em voz alta sem querer e já volto – diz Tanaka levantando tentando e andando imaginar qualquer coisa e se desviar do que ouviu de Ennoshita

- T-tanaka pera aí n-não m-e d-eixa a-aqui – Gaguejou  Ennoshita segurando TANAKA pelo braço

- Eu só ia pegar uma água-a – inventando uma desculpa esfarrapada Tanaka

 

Logo depois de falar isso ficou um silêncio incômodo no ar e bem um do dois ousaram a se encarar apenas sentido a mão de Ennoshita aproveitado o momento mesmo que não estando confortável

 

- Quer sabe  Ennoshita vem aqui – Puxando  Ennoshita selando seus lábios em um selinho casto e demorado mais termino tão rápido como começou mais não saíram de perto um do outro – E- eu gosto de vo-cê mais entrei em pânico agora desculpa não queria ter feito isso , me sinto um covarde por não conseguir falar do meus sentimentos diretamente mais você gosta de outra pessoa não irei mais te atrapalha e te incomodar só não me ignora mais certo só peço isso – gaguejou tentando se explica e falando tudo que senti Tanaka

- Vamos voltar da estava zero e conversa direito eu não soube me expressar mais eu também gosto de você , peço desculpa se te fiz entender errado e que se sabe que por você anda pra cima e baixado com duas garotas e pensei que era sua namorada uma delas.

- Namorada sério ? Uma e minha  a loira  e a outra morena irmã do Nishinoya o baixinho com mecha loira que é meu vizinho  , mas eu nunca namorei muito menos uma garota. Digamos que sempre tive uma queda por um moreno. – diz Tanaka  sorrisinho de canto

- Ah entendi , e quem seria esse moreno ? – Provocando Ennoshita

 

Tanaka só o encarou e puxou novamente e selou seus lábios novamente com um selinho e passei a língua no seu  lábio inferior e pediu passagem para língua e então apertei sua cintura deixado ele cada vez mais próximo logo dei uma mordidinha de leve seus lábios e Ennoshita segurou a pela nuca para aprofundar mais o beijo fazendo pequeno carinho de leve fazendo arrepiar e foram obrigada a separem por falta de ar e continuou beijando o pescoço alheio dando leve mordidas.

 

- Para Ryu , eu sempre quis te chamar assim (risos) – diz Ennoshita manhoso  sorrindo

- Ok parei que estamos na rua , pode me chamar assim sempre e eu  gosto muito de você Enno, você é maravilhoso - diz Tanaka  no ouvido

- Hum... Eu também gosto muito de você Ryu – deu um selinho casto

 

ÀS VEZES ACHAR DEMAIS E RUIM MELHOR AGIR


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Não deixe de comentar
Se gostou Favorita

Próximo Capítulo
NEM TUDO É COMIDA

Obrigada por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...