História O Último Golfinho - Imagine BTS ( Jungkook ) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Odette Annable, Taehyung, Yoongi
Visualizações 320
Palavras 1.757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - A Full Moon Changes All Direction


Fanfic / Fanfiction O Último Golfinho - Imagine BTS ( Jungkook ) - Capítulo 5 - A Full Moon Changes All Direction


 

Calloway , USA

ANNA

 

 

Entramos em um condomínio residencial. Jungkook para o carro na frente de uma das casas e me olha discretamente pelo espelho enquanto tirava seu cinto. Pegou uma garrafa de água no porta luvas e saiu do carro.Ele tenta molhar o machucado em sua testa mas acaba molhando sua roupa inteira , na verdade, apenas alguns pingos de água caíram sobre o machucado . Tenta mais uma vez e molha apenas o chão.

Fiz uma careta percebendo o quanto molhada sua roupa já estava- Quer ajuda? - falei meio sem jeito percebendo o quanto inesperado e inconveniente aquilo seria , me arrependi logo depois que terminei a frase

Jungkook sobe sua cabeça e me encara com uma expressão cansada. Eu tento abrir a porta do carro mas percebi que ele não havia a destrancado – Você achou mesmo? 

Desiste e joga a garrafa de volta no carro . Desabotoou sua camisa a usando para limpar o sangue em seu rosto e secar seu cabelo. Desvio meu olhar quando entra de novo no carro esticando seu torso nu e tentando alcançar a bolsa no outro banco. Puxa uma outra camisa dela e a coloca. 

-Você quer que alguém vá buscar suas coisas no hotel?

-Minhas coisas?

-Vai dormir aqui hoje, acharemos um outro lugar amanha - eu fico sem palavras , franzi minha testa estranhando aquilo – Não gostou daqui?

-Eu só achei que não fosse rolar … Sabe … Eu dormir em um lugar sem ratos

-Ainda é o caso se quer saber, só que acho que o rato ainda não chegou - Jungkook joga a camisa suja para dentro do carro e ela quase que cai em cima de mim  – Vou falar com uma pessoa la dentro … Eu não preciso dizer que não é para responder nada além do que te pergunt... 

 - Foi aquele velho que te fez mudar de comportamento assim? - o interrompi

-Você pode me deixar falar antes que eu mude de ideia e te jogue no meio da estrada? - eu tento em um impulso , mais uma vez , abrir a porta do carro mas ainda estava trancada, Jungkook faz cara de desgosto como se eu fosse uma retardada – Ou da ponte … - suspiro encostando minhas costas no banco – Apenas tente não enrolar as coisas até o Suga chegar

-Suga?!

-Eu vou até o seu hotel vasculhar as suas coisas se nao se importa

-Você realmente disse “vasculhar” minhas coisas?

-Eu não faço caridade , Anna , eu já disse que sinto muito que esteja metida nisso mas … Merdas acontecem, sabe? Eu me sinto um pouco na obrigação de saber quem você é antes de simplesmente te jogar dentro das contas da associação …  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Calloway , USA

JUNGKOOK

 

-VOCÊ FUMA CRACK PORRA?! - gritou Suga no telefone me fazendo afastar o aparelho da orelha enquanto dirigia – GRAVIDA?!

-A vovó não gostou da novidade?

-Você ficou louco?! O que eu vou dizer quando a Anna for embora?!

-Foi o melhor que eu conseguir inventar

-A sua imaginação não é impressionante e o que essa menina tá fazendo na minha casa?!

- Eu preciso arranjar um lugar para ela

-AQUI NÃO!

-Ela passará essa noite ai

-Só esta noite … certo? - fico em silêncio – Porra Jungkook…

-Não precisa se preocupar, amanha …

-AMANHA?! - berrou Suga de novo - Você pensa realmente em fazer isso amanha? Logo amanha?!

-Se quer que ela fique ai amanha também é só falar

-Você acha mesmo que eu durmo em casa depois desse tipo de festa?

-É o que a gente chama de “obrigação” - escuto Suga bufar – No pior dos casos ela também está sendo convidada … - Suga parece ter ficado em silêncio mas logo me dou conta de que não havia mais sinal

 

 

 

 

Suga’s

Calloway , USA

ANNA

 

Eu tentava dormir torcendo para que a noite passasse rápido e que Suga voltasse para o quarto somente quando já tivesse pego no sono.

Fazia muito calor e a avó de Suga havia me emprestado uma de suas camisolas, eu não sabia onde enfiar minha cara quando ela veio até mim alegre sobre o que Jungkook havia inventado.

O ventilador do quarto não funcionava e a janela aberta não era suficiente para me deixar em uma situação confortável para dormir.

Suga entra no quarto e ainda estava usando só aquela cueca preta, ele havia literalmente tirado todas as suas roupas assim que chegou. Eu me viro para ele , quem fecha a porta e vem até o colchão que havia posto no chão para que eu dormisse – Você não comeu nada desde que chegou

-Não estou com fome

Ele me estende um suco de maça com gelo que segurava – Para aliviar o calor – o ignoro e ele coloca o copo ao lado do colchão cruzando seus braços – Tem certeza que não quer um pouco do macarrão?

-Eu não como pasta quando faz calor

-Vai ficar sem comer até amanha ? - ele ri fraco – Vai fazer mal pra o bebe

Espremi meus olhos – Você acha isso engraçado?

-O que eu posso fazer? Eu preciso lidar com a situação de alguma forma … Você também deveria tentar

-Você é um deles, você mora em Calloway, não é o seu primeiro ano na universidade … Eu acabei de chegar, não conheço nada sobre essa droga de cidade, estou longe da minha família e dos meus amigos e é literalmente meu primeiro dia … Como você espera que eu lide com essa situação? Fazendo piada como você?

Ele fica alguns segundos em silencio -Eu sinto muito

-O Jungkook também – falei dando um sorriso cínico

-Não é nossa culpa

-Deve ter sido minha então – Suga me encara sem saber o que dizer – Vocês só precisavam ter me deixado ir … Só isso … O que tinha de tao complicado nisso?

-A gente não podia – ele nega com a cabeça, Suga estava tao diferente , como se ele realmente se sentisse chateado por mim, como se aquele cara que encontrei mais cedo não passasse de um personagem seu

-Por que? - ele desvia seu olhar do meu evitando me responder -  Eu não entendo nada, antes de vir para cá ouvia algumas histórias mas sinceramente ninguém acredita nisso … 

-Você não precisa saber sobre essas coisas, não está com a gente

-Estou com quem então?! - falei em um tom um pouco mais alto – Estou sozinha? Sozinha no meio dessa história toda?  

-Eu sei que está tudo uma merda pra você, eu já disse que sinto muito … Você realmente esta sozinha … Mas as vezes estar sozinha é melhor do que estar acompanhada, principalmente se suas opções de companhia são Jin e seus filhotes ou nós… – ele arrasta uma mexha de cabelo minha para atras da orelha amigavelmente – Você não pertence aos golfinhos e nós também não a queremos … Se não quiser comer ao menos tome um banho, vai te ajudar a dormir - ele se afasta indo até sua cama e levando o copo de suco junto com ele 

 

 

(...)

 

Eu decidi ir até a cozinha . Dei algumas garfadas no macarrão mas realmente havia perdido a fome. Tomei um banho e depois voltei para o quarto.

Suga já estava dormindo, a janela em cima da cama não parava de bater com o vento que finalmente refrescava o quarto. Ando até ela e observo Suga dormir por um momento, o vento batia em sua testa jogando sua franja para o lado, seu rosto parecia mais pálido com a luz que vinha de fora . Olhei para a tatuagem de golfinho em sua barriga, havia realmente uma data debaixo dela – 2015 … - sussurrei para mim mesma

Segurei levemente o cobertor que estava no meio de suas pernas e o puxei até sua barriga cobrindo a tatuagem. Suga se mexe um pouco e eu me afasto me deitando no colchão. Aquela seria uma longa noite .


 

 

Jin’s

Calloway , USA

 

Jimin se jogou no sofá da sala de estar comendo uma maça – Está tudo pronto para amanha? - Jin permanece em silêncio , apenas confirma com a cabeça parecendo preocupado com algo – Eles vão fazer uma festa no mesmo momento que nós, você sabe que Jungkook estará de olho … O que o cara disse?

-Ele disse que vão tentar atacar no momento da festa … Eles vão tentar dar o primeiro passo contra o Collins

-Você acha que Jungkook e Suga estarão com eles?

-Não … Eles deixam esse tipo de trabalhinho para os golfinhos que ainda não são membros…

- Tem certeza que quer fazer isso?- Jimin faz uma pausa - Não acha cedo demais?

-Você não conhece o Jungkook , Jimin … É preciso ocupar ele se quisermos o impedir … Ele é que nem um animalzinho , pode ter um pedaço de carne na sua frente mas se você sacudir os biscoitos ele hesita sobre o que pegar

-Por quanto tempo você acha que essa palhaçada vai durar?

-Não é palhaçada! - e riu fraco – Isso vai durar até os golfinhos se destruírem a si mesmos, dessa forma , Collins estará salvo e continua como diretor e nós podemos continuar em nossas posições – Jimin ri fraco desviando seu olhar – Eu vou te dizer , Jimin , exatamente o que vai acontecer: O Jungkook não vai conseguir fazer nada com o Collins depois de amanha , quando o seu plano não der certo ele vai imediatamente pensar que o problema é interno , vai descobrir que tem um golfinho que está vazando as informações e pensará que essa pessoa é a Anna , a partir dai ele vai dar toda sua atenção para ela e isso é exatamente o que precisamos … E por quanto tempo você acha que os golfinhos vão aceitar esse tipo de comportamento? Eles começarão a brigar entre eles, exatamente quando…

Jimin levanta as sobrancelhas e sorri – Quando o Namjoon era o líder e decidiu namorar a filha do Collins

-Esse cara é louco , Jimin … Jungkook é louco , ninguém além dele mesmo pode tirar ele daquele posto e isso é exatamente o que vai o acontecer …  

-Mas Jungkook não está apaixonado por essa menina , eu também não acho que isso vá acontecer

-Isso não precisa acontecer, Jimin, eu também não acho que esse cara consiga gostar de alguém , ele é ambicioso demais para isso, ele dá cem por cento dele nessa associação que nem um filho da puta mas ele vai , de qualquer jeito , querer Anna perto dele


Notas Finais


hii :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...