1. Spirit Fanfics >
  2. O Último Herdeiro >
  3. Capítulo Único

História O Último Herdeiro - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Final alternativo de The Rise of Skywalker. Não é necessariamente o que eu queria que tivesse acontecido, mas acho que seria fofo.

A imagem da capa veio do pinterest.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Não conseguia ver mais nada. Era uma descida escura e solitária. Sabia que era seu fim, mas não era isso que o assustava. Nunca teve medo do fim, sempre soube para onde ele iria, tinha medo de deixar seu trabalho incompleto. Tinha medo de que tudo fosse em vão.

 

“Isso ainda não acabou, Ben,” disse uma voz em sua mente. Uma voz que nunca tinha ouvido antes, mas soube imediatamente a quem pertencia.

 

“Anakin,” ouviu-se dizer mas seus lábios não se mexeram.

 

“Ben, não desista agora. Estamos quase terminando nosso trabalho.”

 

“Não sei se consigo.”

 

“Claro que consegue. Vou lhe mostrar.”

 

Ben não estava mais caindo, agora ele estava em uma sala requintada. Um casal sentava-se à sua frente, a mulher estava grávida e o homem acariciava sua barriga.

 

“Sou eu, Ben. Foi assim que tudo começou.”

 

O homem levantou-se, parecendo irritado. Quando falou tinha a mesma voz que Ben ouvia em sua mente.

 

– E o que espera que eu faça?! Fique sentado aqui e a veja morrer?! – gritou.

 

– Não levante sua voz para mim! – a mulher replicou. – Ani, seus ensinamentos Jedi não lhe ensinaram nada? Precisa aprender a se controlar, refletir, ter paciência…

 

– Se eu seguisse meus ensinamentos Jedi não estaríamos casados, não é? Talvez seja esse o problema. Estou sendo punido porque ignorei meus votos de castidade. É assim que a Força funciona para os Jedi, não é? Tão poderosos e tão fracos ao mesmo tempo.

 

– Ani…

 

– Você vai ver, Padmé, eu serei o único Jedi capaz de controlar a Força. Não vou deixá-la morrer. Não vou deixar ninguém morrer. E eu a trarei de volta também… a minha mãe.

 

– Ani, me escute…

 

O homem deu-lhe as costas e saiu, sem querer ouvi-la.

 

“Palpatine mentiu para você,” disse Ben, “Assim como mentiu para mim.”

 

“Ele estava equivocado. É realmente possível criar vida através da Força, mas não como ele pensava.”

 

Agora Ben estava em um deserto que lhe era vagamente familiar. Uma mulher carregava um bebê nos braços e sorria. Eles tinham roupas de escravos.

 

“Eu fui criado pela Força,” disse Anakin, “Desde então estive em dívida com Ela.”

 

“Dívida?”

 

“Sim, fui criado pela Força para trazer o equilíbrio mas meu legado foi de guerra e destruição.”

 

“Não é verdade, você se sacrificou. No final, você voltou ao Lado Luminoso.”

 

“Paguei minha dívida para com minha família, assim como você fez com a sua. Mas tirei muitas vidas e nunca conseguirei devolvê-las. Não era esse o plano que a Força tinha para mim”

 

Ben viu-se em um vulcão atrás de uma figura encapuzada. Ela olhou para trás como se pudesse vê-lo também e estendeu sua mão. Ben quase a segurou, mas depois reparou que apenas usava a mão para matar alguém próximo a ele com a Força.

 

“Naquela noite eu ajudei a exterminar os Jedi. O Lado Luminoso havia acabado. Meu filho tentou trazê-lo de volta mas nunca conseguiu.”

 

“Por minha causa.”

 

“Por causa de Palpatine. Mas ainda há tempo, Ben. Já descobriu de onde vem sua conexão com a Rey?”

 

Ben virou-se. Estava nos destroços da Estrela da Morte. Anakin o encarava, dessa vez podia vê-lo.

 

“Vem de você,” Ben respondeu, “Você foi criado pela Força. Você é a Força em Si, traduzida em matéria.”

 

“Correto. Não podia controlar a Força, veja só… não conseguia controlar a mim mesmo! Padmé tinha razão, como sempre.”

 

“Você quer que eu finalize o que começou.”

 

“Sim. É meu último herdeiro, minha última chance.”

 

“Você foi criado para trazer o equilíbrio à Força mas nunca conseguiu então a Força nunca permitiu que morresse,” Ben percebeu, “Você quer dar sua vida a mim? Por quê? Só porque sou um Skywalker?”

 

Anakin sorriu.

 

“Porque você é meu neto. Porque você e a Rey são meu legado e trarão o equilíbrio à Força. Porque… ainda quero trazê-las de volta, Shmi e Padmé, e você tem as duas dentro de si.”

 

Ben piscou os olhos, sem acreditar. Ele voltou à sua escuridão, mas dessa vez não havia mais queda. Começou a subir com determinação. O último herdeiro. O último Skywalker. O equilíbrio da Força.

 

– Ben? – uma voz conhecida o chamou. – Ben, consegue me ouvir?

 

– Sim.

 

Rey o ajudou a levantar-se. Os dois sentiram Anakin sumir eternamente daquele plano de existência. Não havia mais medo ou dor, apenas o equilíbrio.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...