História O Último Suspiro - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange
Personagens Felps, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbits, Cellps, Felps
Visualizações 29
Palavras 1.164
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OEEEEEE tudo baum?

Xd.......... MAIS UM CAPITULO! (susto virtual, que nem da susto)

Tomara (tomara mesmo que esteja bom '_'

Lê loco e <3

Capítulo 7 - O Susto


...Felps acorda, abre os olhos, a claridade fecha seus olhos novamente, ele tapa a luz e se levanta.

Foi pro banheiro, fez suas necessidades, tomou um leve banho, escovou os dentes, colocou uma roupa e foi pra cozinha.

Chegando lá, Gabs ta lá, e faz o obvio:

Gabs - FELIPE!

Felps - Oi.

Felps - Você me assustou tantas vezes que nem me assusto mais.

Gabs - Isso se chama costume. (meio informativa)

Felps se senta, depois de alguns minutos a Gabs termina de fazer o café da manhã e eles comem.

Felps vai pro quarto, arruma tudo pra ir logo, vai pro ponto de ônibus.

Depois de esperar, o ônibus chega, Felps entra e fica sentado ouvindo música.

O ônibus chega e Felps desce, entra na escola e entra na sala.

Se senta na cadeira e Cellbits já vem logo na sua direção.

Cellbits - (Sussurando) Olha o demônio ali sentado!

Felps olha logo pra ele e se assusta muito.

Felps - (Sussurando) PUTA MERDA!

Cellbits - Mas ainda bem que ele ta no fundo.

Felps - Ainda bem nada! ele tem pernas meu amigo!

Cellbits ri um pouco.

Felps ri de nervoso.

Alan se levanta com um pouco de raiva, vai na direção dos dois.

Os dois age naturalmente e Alan chega perto do ouvido do Felps.

Alan - Você me paga. (Falando lento)

Felps - Te pago um cacete seu merda.

Alan só se afasta e senta na cadeira de volta.

O professor chega, depois da aula o sinal toca.

Alan pega forte no braço de Felps, Cellbits vem logo atrás dando um soco.

Alan cai no chão com a mão na cabeça.

Todos da sala viram aquilo e ficaram impressionado, mas não foram falar sobre isso pra a diretora, todos sabiam já que Alan era um psicopata.

E Cellbits com raiva.

Felps só olha no olho de Alan, e chega perto do ouvido:

Felps - Fica quieto na sua.

Felps logo agradece pra Cellbits.

Felps - Valeu por me ajudar, te devo uma.

Cellbits - Não precisa agradecer, era um psicopata mexendo com meu amigo.

Felps - Assim que formos embora eu chamo a polícia logo.

Cellbits - Bem melhor.

Felps e Cellbits ficam conversando o intervalo inteiro, e eles voltam pras salas e o professor entra na sala logo atrás deles.

Eles ficam horas na sala e toca pra todos irem embora.

Cellbits - Finalmente jesus!

Felps - Finalmente mesmo!, mas perai, cadê o Alan?

Cellbits - Verdade! a gente saiu com ele no chão, a gente volta e ele não tava lá nem na sala.

Felps - Sumiu da terra '_'

Cellbits - Sei lá, só vamos embora logo.

Eles saem da escola e vão pro ponto de ônibus.

Eles ficam de boa conversando e alguém aparece, parece que teleportou.

??? - Achou que eu desisti?

Felps e Cellbits - ?????

Sumiu, e os dois ficaram assustados com oque tinha acontecido.

Cellbits - Oque foi isso???

Felps - Meu deus que paranormal!

Cellbits - Foi um espírito?

Felps - Quem sabe?!

Eles discutiram sobre isso, o ônibus chega eles entram conversando ainda sobre isso.

Felps - Perai... pensei numa coisa que se encaixa...

Cellbits - Fala!!

Felps - E se aquilo....... FOR O ALAN?!

Cellbits - ...

Cellbits - Como pode também se não existe poder sobrenatural?

Felps - Eu vou saber? Alan pode ser um demônio sei la

Cellbits - E se ele teleportar pra alguma das nossas casas??

Felps - Fudeu tudo então!

Felps puxa seu celular e abre na conversa da Gabs.

Whatsapp ON

Felps - Gabs!! preciso resolver um negócio absurdo e vai demorar, vou dormir na casa do Cellbits!

Gabs - Tá tudo bem! mas posso saber qual o problema?

Felps - Alguma coisa sobrenatural.

Gabs - QUE?

Felps - Vou ter que ir, o ônibus chegou.

Gabs - Tudo bem, fica bem pelo amor de deus!

Felps - Eu fico.

Whatsapp OFF

Então eles entram no ônibus todos cagados de medo.

Eles chegam na casa de Cellbits, eles entram no quarto e denovo aconteceu.

??? - Vou fazer vocês em picadinhos!

Felps pula no vulto e ele some, Felps cai no chão.

Felps - MAS QUE DROGA! QUEM SERÁ ESSE VULTO INFELIZ?

Cellbits - Não sei, não seja muito confiante e enfrente isso, vai que isso leve você pro inferno e você cai na lava

Felps - Tudo pode acontecer mas, vou morrer como um herói.

Cellbits - E perder uma pessoa que eu gosto? não mesmo.

Felps fica impressionado com a fala de Cellbits e da um beijo de agradecimento.

Felps - Vlw =)

Cellbits - De nada..?

Felps - Bom, você quer fazer oque até que chegue a hora de dormir?

Cellbits - Fazer um jeito que ele caia numa armadilha, acho que ele só aparece quando estamos distantes das pessoas, pra nos matar sem ninguém saber quem matou.

Felps - Nossa! rei dos pensamentos você foi agora.

Cellbits - É habilidade. (fala com o sorriso na cara)

Felps - Coisa de inteligente.

Cellbits - Que isso! me elogiando assim?!

Felps - Eu gosto de você cara!

Cellbits - EU SEI DISSO! (rindo)

Felps - E se ele aparecer quando nós estivermos dormindo?

Cellbits - Bom pensamento, só que fode tudo! ele leva um facinho ou mata um facinho!

Felps - E agora? não vamos dormir?

Cellbits - E o pior que tem aula amanhã!

Felps - E ele aparece do nada!

??? - Desista ou morra!

Felps pula novamente e segura o braço do vulto.

Cellbits vai logo em cima e da um soco no vulto.

O vulto parece falar uma coisa:

??? - Vocês nunca me vencerão!

Até que o vulto desaparece.

Cellbits - MAS QUE DROGA! mas eu descobri uma coisa, ele ta aparecendo com mais frequência, isso seja um sinal de exaustão?

Felps - É uma boa na verdade!

Cellbits - Se ele está aparecendo com mais frequência fudeu! ele fica com mais raiva, ele morre mas a gente fica fudido agora.

Felps - Agora que eu não durmo mesmo, e agora onde a gente vai dormir? não tem pra onde correr!

Cellbits - Já sei! já que não é tão tarde, vamos pra sua casa? tem a Gabs lá e talvez ele não apareça.

Felps - Vamo logo então!

Cellbits e Felps correm, entram no ônibus, chega na casa do Felps e eles entram.

Felps chama Gabs e ela vem correndo.

Gabs - Oque foi???

Felps - Nós estamos em casa!

Gabs - E-era só isso?

Felps - Sim!

Cellbits - Por um bom motivo!

Felps - Esse negócio sobrenatural está atrás da gente!

Gabs - E vieram dormir aqui?

Cellbits - Sim! porque quando a gente tá perto de pessoas, ela não ataca.

Gabs - Eu não acredito nisso, parece até um filme, mas foda-se (rindo)

Cellbits - Então vamos logo Felps!

Felps - Vamos!

Eles entram no quarto, então eles vão dormir com medo, mas eles estavam seguros e não precisavam se preocupar.


Notas Finais


VULTO, SUSTO TUDO!

Eu chamaria de a loucura 2

Mas prefiri não xd

UM BEIJO, UM baah '_' e... TCHAU!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...