História O Único Que Amei - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Drama, Jungkook, Romance
Visualizações 19
Palavras 1.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Hentai
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A fic é escrita com muito carinho e devoção...Do fundo do meu coraçãozinho ARMY 💜

Capítulo 3 - O Garoto de ouro e o início de um amor juvenil


Fanfic / Fanfiction O Único Que Amei - Capítulo 3 - O Garoto de ouro e o início de um amor juvenil

Querido, você está se escondendo no armário mais uma vez

            Comece a sorrir 

        -Darlin :Avril Lavigne-



-Hannah-

Se passavam das duas da manhã e eu mal dormir, a verdade é que estava incomodada demais para isso.

Talvez porque toda aquela história fosse muita informação de uma única vez, talvez porque a história era muito triste e eu sou muito manteiga derretida.

Ah .

Aquele maldito diário não deveria me abalar assim , deveria ?

- Droga de coração que gosta de me surpreender ao fazer com que eu tenha impatia por coisas que eu não deveria-

Passei um tempão virando e revirando na cama , trocando de posição para tentar dormir , já que em poucas horas teria aula. Mas as palavras tristes sobre a morte da garota viam a minha mente .

Pode me chamar de dramática e o escambau , mais a verdade é que tudo isso possivelmente ou impossívelmente aconteceu a essa tal de Summer. Foi quando eu percebi.


-Que droga - fechei os olhos e suspirei - No que está pensando Hannah?-abri os olhos , fitando o teto- não pode ser verdade , não pode ser - balancei a cabeça freneticamente- tenho que me concentrar- passei a mão nos cabelos , tentando me acalmar- tenho que ir para o colégio , tenho coisas pra fazer , talvez nem tantas coisas - pausei- eu tenho uma vida - encarei o diário , me sentando na cama.


Liguei o abajur no criado mudo ao lado , peguei o diario que estava ali também .


- arh - suspirei - Que se dane -

11 de  abril de 2012
Olá Querido Diário , não tinha como estrea-lo melhor. Hoje seria um dia comum pra todos e principalmente pra mim.
Escola e casa , as coisas de sempre , mas hoje , ah , hoje foi diferente , pois justo hoje eu teria dentista e por isso entraria na escola na segunda aula .
Hoje foi diferente porque mamãe parou em uma loja de conveniência a duas quadras do colégio para comprar algo que não recordo , mas graças a ela , eu encontrei você.Querido diário , graças a essa pequena pausa cheguei um pouco mais atrasada a escola e tive que esperar na coordenação , enquanto minha mãe falaria com o diretor , mesmo que meus pais tenham avisado a direção sobre meu futuro atraso.Mas graças a esse dia diferente , eu o conheci.
Sentado no banco ao lado da mesa da secretaria (qua não lembro o nome ) do diretor , olhava atentamente para seus tênis e segurava as auças de sua mochila , mal dava pra saber qual era sua espressão. Mamãe me pediu para sentar e esperar , a senhora secretária disse que após o sinal do fim da aula , eu poderia ir para a sala , um homem bem apanhado saiu da sala do diretor , de forma gentil segurou a porta para que minha mãe entrasse na sala e em seguida se dirigiu ao garoto , logo percebi que ele era pai do menino.
Conversaram baixo por pouco tempo e antes de ir embora o homem falou baixinho de forma amavel para o garoto "tente fazer amigos ", "sei que vão gostar de você", sorriu e foi embora .
E lá estava eu e ele , em um silêncio que já me deixava angustiada , o garoto agora olhava apenas para a parede a sua frente, batucava os dedos nas pernas e batia o pé repetidamente .
Ele estava nervoso .
Muito nervoso.
Ser o "Novato" deve ser realmente algo extressante, sempre estudei no mesmo lugar então não conheço a sensação, mas pelo pouco que vi com alguns , as pessoas te olham como se você tivesse vindo de um OVI , ficam coxixando sobre você sem nem ao menos saber seu nome , então é bem compreensivo o nervosismo dele.
Só que algo dentro de mim dizia que eu também era uma das causas do seu nervosismo , pois desde que me sentei ao seu lado , ele me Olha de canto , fazendo com que minhas bochechas esquentem.
Não faço a mínima ideia de onde diabos tirei coragem de encara-lo  até que o mesmo ficasse mais envergonhado e olhasse para os lados sem parar.
Comecei a rir da situação e ele me olhou confuso , numa cara de interrogação.
"Do que você está rindo?"- ele me pareceu ficar zangado , acho que ele pensou que eu estava rindo dele , suspirei e notei que tinha sua atenção agora. Encarei seus olhos , escuros como a noite e tão intensos .
"Você é bonito" - ele voltou a olhar para frente e a ficha caiu dois segundos depois , eu tinha o elogiado de forma completamente aleatória, comprimi os lábios e encarei a parede também.
"Meu nome é Summer Aspen"- ele já não batucava ou batia o pé, deu uma risada anasalada e sou tou o ar pela boca.
"Sou Jeon Jeongguk"-ficamos calados por um tempo e nos entre olhavamos de canto de olho .
"É difícil ser o novo aluno , mas logo você acostuma "- tentei soar, como alguém legal , para que ele se sentisse avontade. Ele sorriu , e tenho plena , completa , absoluta certeza que aquele era o sorriso mais bonito que eu vi na vida.
"Obrigada"-  nos olhamos .
"De onde você veio?"- estava tentando puxar assunto , a qualquer custo.
"Do útero da minha mãe"-  sua expressão agora tinha um ar ironica e debochado, nos dois rimos , suspirei e ele completou.
"Vim de Busan"- Então foi ali que eu quis que nenhum outro dia , fosse diferente do dia de hoje , "quer ser meu amigo Jeon Jeongguk que veio de Busan?", estiquei minha mão em sua direção, não sei porque , mas quero ver aquele garoto amanhã, e nos outros dias e ve-lo sorrir e gostei mais ainda quando sua mão tocou a minha  e o sinal tocou ,fazendo meu coração se encher de algo que eu não conheço , mais quero conhecer .
"Então Summer Aspen minha mais nova primeira amiga , poderia me mostrar a escola".


10 de junho de 2012.
Querido Diário,
Estou ansiosa para amanhã, uma simples segunda -feira , pela primeira vez na vida , estava ansiosa para ir a escola , mas só por causa de uma coisa , sendo bem específica , de uma pessoa .
Jeon Jeongguk ,meu novo amigo , nos últimos dois meses nos tornamos muito próximos , digo com convicção que viramos os melhores amigos de todo o  multiverso.
Eu realmente gosto muito de Jeongguk, ele é divertido , inteligente, educado , gentil e tímido, muito , mais muito tímido, estamos trabalhando nisso .Ele entrou para quase todos os clubes da escola e o mais incrível é que ele é bom em todos , esportes , artes , ainda é bem disciplinado , os professores o adoram,  o chamam de "Garoto de Ouro".
Pois não existe nada em que Jeon Jeongguk não seja bom ou não faça bem , só que pra mim a melhor coisa que ele faz é sorrir , ve-lo sorrir é algo que me deixa tão bem , não sei explicar.
Só é .
Bom.
As vezes fico brava com a capacidade dele não perceber o quanto é incrível e também o quanto ele é desligado e aéreo , mas até o fato de ser meio avoado e disperso , o torna mais charmoso .
Só acho que Jeongguk deveria mostrar mais de sua personalidade encantadoramente tímida .
Sem dúvidas o garoto de ouro.


Fechei o diário , deitei e abracei o mesmo ,o apertando contra meu peito.

Depois de quase ter arrancado meus cabelos por causa da introdução triste , as páginas seguintes aqueceram meu coração de uma forma nova , algo que eu quero continuar sentindo.




Notas Finais


Obrigada (o) , a (aos) leitor (s) .
Beijos de paetê.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...