História O veleiro - Capítulo 36


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Visualizações 37
Palavras 1.067
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 36 - A festa


Por Alison,

Depois da cerimônia fomos todos para a recepção onde tiramos uma foto somente os noivos,noivas e os padrinhos e madrinhas. Depois dessa vieram mais fotos, mesa por mesa ainda bem que não tinham muitos convidados, porém foi na mesa do meu patrocinador (Peter) que tivemos uma surpresa Alex veio junto com eles por ser amiga da esposa dele e junto veio mais um rapaz, tiramos a foto mais antes de sair Alex teve que dar sua alfinetada

- Já contou para Emily que Maya (esposa de Peter) fazia parte da sua pequena lista de capitais – diz ela com ironia

- Hoje não Alex – disse a ela baixinho perto do ouvido – Divirtam-se

-Então você é a famosa Emily – diz Peter – Ouvi muito falar de você sabia

- Espero que seja de bem – disse Em rindo

Ficamos na mesa deles por alguns minutos que tanto para mim quanto para Em pareceram uma eternidade, Peter me apresentou o rapaz que era gerente do departamento de Marketing. Fomos salvos por minha mãe que solicitou nossa presença na mesa dele onde estava Aria e Toby.

- Desde quando Alex é amiga da Maya? Perguntou Toby

-Puro interesse- responde Aria

- O que foi Alison? Perguntou Toby

- Até o final da noite Alex vai aprontar alguma, to sentido isso – respondi com a sobrancelha levantada e olhando para Ale que abanou.

Por Emily,

Graças ao senhor a mãe da Ali que nos chamou para a mesa onde ela estava sentada.

-Muito obrigada Sra. Dilaurentis por nos tirar daquela mesa – digo sorrindo

- Já pode deixar o Sra. de lado e me chamar somente de Jéssica  -diz ela rindo

- Desculpe interromper meninas, mas Mona veio chamar porque de acordo com seu cronograma estava na hora da valsa – disse o Sr. Dilaurentis rindo

- Então vamos a valsa antes que Ali tire o salto – disse Jéssica rindo    

- Ta doendo meus pés – respondeu Ali massageando os pés.

Fomos dançar a valsa primeiro com os pais e depois os casais. Só agora na valsa que consegui falar com meu pai.

- Você pregou uma peça em todos nós – disse para ela rindo

- Seu sogro me ajudou – respondeu ele rindo – Depois de passar esse tempo que antecedeu seu casamento pensando que se não participasse desse momento eu seria um tremendo idiota de perder isso por um preconceito bobo, você é minha Emily a menina que criei com os princípios que eu e sua mãe ensinamos então é só isso que importa.

- Agora já posso chorar – disse com os olhos marejados

- Não porque vai estragar a maquiagem – respondeu rindo

Nesse momento a musica parou e meu pai entregou a minha para Alison e o pai dela entregou a mão dela para mim.

- Sempre sonhei em dançar essa musica no meu casamento – disse Ali

- A cada segundo que passa  me surpreendo mais com você sabia – respondo

- E são surpresas boas ou rins? Pergunta ela

- Se fossem ruins não estaríamos aqui agora – respondi encostando minha testa na dela

Após a dança foi servido o jantar e depois Mona liberou a pista de dança, Ali e eu nos acabamos de dançar já quase no final da festa antes de irmos embora  Alex bebeu um pouco a mais e  fez uma brinde regado de uma declaração de amor para Alison.

Por Alison,

Tirei meu sapatos porque não agüentava mais o salto Em também aproveitou e tirou os dela também, de repente o DJ parou a musica  e Alex subiu na mesa com o microfone na mão.

- Queria fazer um brinde a uma pessoa que eu gosto muito, queria brindar a Alison Dilaurentis – diz ela

-Vou tira ela de lá agora – disse para Em

- Deixa ela falar, talvez seja algo de bom – respondeu Em

- Não tenho certeza que o que ela vai falar não vai ser bom – respondi indo até a frente da mesa

- Desce daí Alex – disse para ela

-  Quando eu conheci essa mulher ela tinha acabado de ganhar o primeiro mundial, não se preocupe que não vou contar sobre sua lista de mulheres que esta no seu celular cada uma com a capital de uma cidade, ou de como você volúvel e sedutora ai quando você se cansa vai embora. Quando você cansa dela e vai cansar Emily porque já vi isso acontecer, minha cama vai estar sempre disponível para você por que vai mais sempre volta, e sabe porque você volta? Por que sou a única mulher te ama com todos os seus defeitos.

-Desce agora – gritei

Nesse momento Ezra tirou Alex de cima da mesa e foi para dentro da casa fui  logo atrás deles, após entrarmos na casa vi que Emily e minha mãe vieram atrás, entramos em um quarto e Ezra colocou Alex sentada no sofá quando minha mãe e em entram no quarto também.

- Vim ver se você não vai matar ela – disse minha mãe enquanto Em estava em silêncio.

- Você tem noção do que você fez, não por mim porque estou acostumada as suas bebedeiras e a seus insultos, mais você desrespeitou meus pais, meus sogros, meus amigos e principalmente desrespeito minha esposa. A mulher que eu escolhi e me escolheu. E melhor você ir embora por hoje já chega – disse

- Não me descarte da sua vida assim poxa, eu te amo faço tudo o que você quiser- diz Alex se ajoelhando ao meus pés

-Mais Eu não amo você, te considero como amiga, mais não te amo – disse pegando a mão da Em e saindo.

Ao sairmos do quarto Peter, Maya e o rapaz que veio com eles estavam na porta com Ezra.

- Desculpe Alison, nunca imaginei que ela pudesse fazer isso te peço desculpas mesmo – disse Peter com semblante envergonhado

- A culpa não é de vocês, é que Alex nunca aprendeu que as coisas não são como ela quer – respondi – Levem ela para casa, pois ela ta precisando de um bom banho e de cama.

Quando voltamos a recepção mona já tinha dado um jeito da animação voltar, quando o DJ para a musica novamente foi para jogar os buquês e irmos embora. Falei para Toby para avisar o restante do pessoal que iríamos sair as 16:00 do outro dia para nossa semana em alto mar, sim acabei concordando com a viagem em grupo porque como disse Toby não tivemos despedida de solteiras(o). 


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...