História O Vilão - Imagine Jungkook, Taehyung e Suga! - Capítulo 51


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Bts, Jimin, Jungkook, Romance, Suga, Suspense, Taehyung
Visualizações 87
Palavras 1.913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii, então... A fic ta acabando, faltam apenas quatro capitulos e vou tentar finalizar ela amanhã mesmo, se der...
Desde já agradeço muitooooooooooo
Sobre o Capitulo de agora - Tae mudou os planos, e acho que alguém tá se apaixonando por ele.... será que a Minyu consegue???
Jimin esta na Coréia, Tae tem que tomar cuidado, ele não esta de brincadeira!!

Capítulo 51 - Coréia


 

Horas de vôo, 12 horas de viagem pra ser mais exato. Todos dormiram, menos o Taehyung, sua mente corria entre o passado e o presente. As lembranças do seu passado estavam reluzindo juntamente com suas memórias ruins; " Sai daqui seu verme" " Come esterco seu porco" " Eu deveria ter vomitado vc enquanto podia" " Seu pai me deixou por sua causa seu infeliz"

A voz da sua mãe quase nunca era nitida como esta sendo agora, seu olhar estava preso em uma profundeza de ódio e dor, o maxilar tensionando o queixo e a cabeça ereta... Foi assim por quase toda a viagem. Até que o som da voz do copiloto se fez presente, dispertando alguns do sono, e principalmente tirando a atenção do loiro

V- Ei, acorda - A garota de pele clara e cabelos avermelhados estava deitada em meu colo literalmente, foi escorregando até chegar lá. Acordei ela várias vezes pra que tornasse a posição de sua cadeira, mas sempre que ela dormia, acontecia a mesma coisa. Em meu colo vejo que ela parece uma adolescente ainda, eu diria que ela tem uns 17 anos ou menos, não é feia, aliás olhando assim bem de perto e com atenção, percebo que ela é até bonitinha.

Minyu- Minhas costas doem... que horas são?

V- 10 horas da manhã...  - Olhei pra trás e vi a Nara acordada, e o idiota drogado de boca aberta babando no sono dos inocentes... patético e engraçado

Minyu- Tae...

V- V, me chame de V

Minyu- Por que?

V- Só me chame assim e não faça tantas perguntas

Minyu- Esta bem... V, o que vcs vieram fazer aqui nesse país tão distante?

V- Não sei se vc percebeu, mas eu sou asiático, Coreano... acho que falei isso no seu cursinho ontem de manhã

Minyu- Ah sim, mas o que veio fazer aqui ?

V- Vim buscar o que é meu, e matar o meu passado de uma vez por todas - A cara dela não foi de assustada, mas ela resolveu não perguntar mais nada, ainda bem. Depois de quinze minutos ouvindo a aeromoça dar boas vindas e bla bla bla, os passageiros começaram a sair aos poucos, e como fizemos em NY, deixamos todos sairem, assim não seremos tão notados. 

 

*******************

V- Agora é com vc, onde a cadela mora?

Say- Não devemos procurar onde ficar primeiro?

V- Não meu amor, eu já providenciei tudo

JK- Ela ta me Daegu, mas vou avisando que o Hobi deve esta por aqui procurando a irmã dele também, se ela descobrir que estamos aqui, ela vai fugir

Say- Por que ela veio?

V- Eu a trouxe, mas não se preocupe... Quando a Jiminie tiver segura comigo, ela vai voltar a NY

JK- Não acha que eu vou deixar vc ficar com minha cria não é?

Minyu- Cria?

Say- Vamos sair daqui, as pessoas estão nos olhando

V- Vamos, acho que vcs vão gostar de onde vão ficar

 

 

*************

JK-  De quem é essa casa?

V- Meu pai deu a minha mãe... nunca moramos aqui

Say- Por que não?

V- Amor, vc não quer descansar? a viagem foi longa demais

Say- Tem razão, é que eu tô ansiosa, queria pegar minha filha de vollta hoje mesmo

V- Amanhã, eu prometo... Vem, vou te mostrar meu quarto!

JK- Seu quarto? Mas nem a pau!!

Say- Tae eu prefiro dormir sozinha...

V- Vc vai dormir no meu quarto, e será sozinha... sabe que nunca faria nada que vc não quisesse

JK- Que cínico!

V- E vc vai ficar no quarto de baixo, tem dois, um seu e outro da garota

JK- O nome dela é Minyu, e eu acho que devia dormir com a Sayonara

Say- Jungkook eu disse que quero dormir sozinha

Minyu- Posso colocar minhas coisas no quarto?

V- Pode sim, vou pedir comida pra todos... Ei irmãozinho, vou precisar de grana

JK- Não sou banco!

V- Nem eu, acha que vou te bancar aqui?

JK- Eu nem como muito...

V- Passa o cartão, preciso comprar coisas...

JK- Só se eu tiver morto!

V- Posso facilitar isos pra vc...

Minyu- Toma o meu - Dei dois cartões a ele - Pode usar os dois

V- Uma alma bondosa...

JK- Não vou dar o cartão, mas o que precisar comprar, e fala que eu compro!

V- Então vamos lá... cordas, serras, alicates, fio de alta tensão... pelo menos uns 40 metros, fitas isolantes...

JK- Vc vai matar a cadela?

V- Vou, ou vc acha que eu tô aqui a passeio?

JK- Não vai matar ninguém!

V- Isso não te diz respeito! 

JK- Como não? ela é minha prima, e além o mais...

V- Quem disse que eu vou matar a cadela? 

JK- Não vai? Mas vc disse que...

V- Apenas compre, e cumpra sua parte amanhã... Vc vai me levar até a cadela, e quando eu a encontrar, ela vai pedir pra ver a morte

JK- Eu não perco por esperar!

 

*****************

JAckson- Aguente firme, estamos chegando

Dawon- Tô com medo, ainda tá cedo demais

Jackson- Vai ficar tudo bem, só respira... Estamos quase lá

Dawon- Se acontecer alguma coisa comigo, eu quero vc cuide da Ayla

Jackson- Não fale isso, já disse que vai ficar tudo bem... Por favor respira

O caminho até a Maternidade não era tão distante, mas mesmo assim parecia uma eternidade. A gravidez de risco e prematura era uma preocupação para ambos, afinal, nenhuma das tentativas anteriores deram certo, mas desta vez já no inicio do sétimo mês, o casal tinha uma certa esperança. Pareceram horas, mas em vinte minutos a grávida já tinha dado entrada na Maternidade luxuosa de Daegu. Agora só restava esperar por uma boa noticia.

********

V- E aí?

JK- Ninguém atende

V- Vc não esta tentando me enganar né?

JK- Tô com cara de quem tá brincando?

V- Vc me disse que sabia o endereço dela

JK- E sei... Daegu, isso já é de bom tamanho, ela mandava mensagens pra mim desse numero todo mês quando depositava os lucros da Produtora

V- Vc sabe onde fica a Produtora?

JK- Na verdade ela mudou de locação... Eu não faço idéia

V- Mas vc é burro mesmo!

JK- E vc um bastardo!

V- E vc um drogado!

Minyu- Eu posso falar? - Levanto a mão como uma criança que pede permissão aos pais

JK- Não!

V- Fala

Minyu- Bem... A tal Produtora tem telefone não é? Por que  não liga pra lá?

V- Eu sabia que vc seria útil

JK- Grandes coisas, eu também pensei nisso!

Say- Jungkook sejemenos e liga de uma vez

JK- Vou procurar aqui... deve ter um numero em algum lugar...

V- Nem dá pra acreditar que vc tem uma Produtora e não sabe nem o numero dela

JK- Achei... vc fala demais

Say- Liga de uma vez

JK- O telefone chama três vezes e uma mulher com uma voz aveludada atende

Telefonista - JD Produções bom dia, em que posso ajudar?

JK- Onde esta a... a...

Say- Jung Dawon

JK- Dawon, quero falar com ela

Telefonista - Ela não se encontra, quem se refere?

JK- Jungkook, o dono disso aí, diga a ela pra me atender agora!

Telefonista - Ah sim, Sr Jeon, como tem passado?

JK- Bem e vc?

Telefonista- Estou melhor agora, muito tempo hein?

JK- Sim... bastante, o que tem feito?

V- Que merda é essa Jungkook?

JK- Esqueça a pergunta, e me passe pra...

Telefonista - A Senhora Dawon não se encontra, faz meses que apenas o Sr Jackson aparece por aqui

JK- Jackson? 

Telefonista - Sim Sr, e ouvi dizer que ela já foi ter o bebê

JK- Bebê?

Telefonista - O Sr não sabia? 

JK- Ela esta gravida?

Telefonista- Esta sim, mas como disse antes, ouvi dizer que ela foi ter o bebê hoje, que Deus a ajude e que dessa vez ela consiga

JK- Espera aí... Ela ta com minha filha?

V- Vc é idiota ou o que??

JK- Digo... ela tem mais uma menina não é?

Telefonista- Ah sim, a menina Ayla Mei, uma linda garotinha

JK- Escuta querida, eu preciso fazer uma visita pra minha prima querida, mas queria que fosse uma surpresa sabe?

Telefonista- Sei sim, acho que ela vai adorar Sr Jeon

JK- Me passa o endereço?

Telefonista- Infelizmente não posso, sinto muito

JK- Olha aqui criatura, se vc não me der o endereço da cad...da minha prima, eu  coloco vc no olho da rua ouviu bem?

Telefonista- Desculpa Sr jeon, eu  queria ajudar... Mas é que não sei onde eles moram

JK- Como não sabe?

Telefonista- Eles se mudaram assim que a Senhora Dawon engravidou, e ainda não atualizaram o endereço!

JK- Coloco a mão no telefone - O que eu faço agora? Eles se mudaram!

V- Pergunta onde é a maternidade

JK- Entendi querida, eu quero mandar flores pro meu sobrinho, onde é o Hospital?

Telefonista- Ah sim, Hospital Saint Hermand, fica no...

JK- Sei onde fica querida, por favor mantenha essa ligação em segredo, quero realmente fazer uma surpresa pra...

Minyu- Dawon...

JK- Dawon, passar bem!

Telefonista- O Sr também, e quando quiser marcar um...

JK- Desliguei o mais rápido possivel 

V- Onde? 

JK- Sait Hermand, eu sei onde fica

V- Eu também - Rapidamente visto uma jaqueta jeans e coloco a mochila em um dos ombros

Say- O que vai fazer Tae?

V- Não tem com o que se preocupar... Vc vem comigo!

Minyu- Eu? Por que eu?

V- No caminho eu te digo! Vamos!

JK- Eu vou também!

V- Não! Vc fica

JK- Vc não dá as ordens aqui!

V- Vai deixar a Nara sozinha irmãozinho? - Dito isso, ele não teve resposta, então sai com a Minyu, acho que hoje é meu dia de sorte

 

 

***********

JK- O que ele foi fazer no Hospital?

Say- Deve ter ido saber onde esta a Jiminie

JK- Jimin!!

Say- Jiminie...

JK- Não é isso... esquece o que eu falei e me espera aqui  - Corri pro quarto atender o celular, no visor o nome do Jimin - Já chegou?

Jimin- Sim, e vcs?

JK- Chegamos ontem

Jimin- Me diz onde ele esta

JK- No Hospital, foi saber o endereço da cadela que roubou minha cria

Jimin- Quando vou ter o prazer de queima lo vivo?

JK- Não precisa queimar ninguém, é só uma surra bem dada!

Jimin- Vc não acha que eu deixei o NamJoon na França pra vir até aqui dar uma surra no homem que matou o Suga não é?

JK- Mas matar o bastardo não vai trazer ele de volta

Jimin- Vc tá com pena dele? é isso? depois de tudo que  ele fez a vc e a Sayo?

JK- Só estou dizendo que matar uma pessoa não resolve seus proble...

Jimin- O que sabe dos meus problemas Jungkook? hun? Vc não sabe de nada!!

JK- Quer saber? eu acho que não foi uma boa idéia ligar pra vc

Jimin- Tarde demais... já achei vc!

JK- O que? Como assim me achou?

Jimin- Até mais! - Desligo

JK- Jimin? Jimin????

Say- Vc estava falando com o Jimin? Meu irmão?

JK- Que?

Say- Que cara é essa Jungkook? EU ouvi vc falando o nome do meu irmão!

JK- Não falei não... 

Say- Falou sim

JK- Falei por falar, vc ta com fome?

Say- Tô, vamos ver o que tem pra comer?

JK- Vamos...  - Andamos até a cozinha preparar alguma coisa, mas minha cabeça estava nas palavras do Jimin... Hobi estava certo, como eu pude pedir ajuda a outro maluco? 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...