1. Spirit Fanfics >
  2. O vilão das chamas azuis >
  3. Coração de fogo!!

História O vilão das chamas azuis - Capítulo 29


Escrita por: Garou_Acno

Notas do Autor


Fiz um redraw na história, sem querer pois 2 capítulos repetidos e ainda por conta da minha internet acabei fazendo um final meio brocha sabe.

Capítulo 29 - Coração de fogo!!


Fanfic / Fanfiction O vilão das chamas azuis - Capítulo 29 - Coração de fogo!!

Em uma cidade tinha um estabelecimento, algumas fotos davam pra ser vistas de Kauan e Tifa e duas crianças, o telefone tocava sem parar, parecia que não havia ninguém até que ela chega atendendo.

-alô? Serviço de entregas Fire, em que posso ajudar?

Ninguém respondia pela ligação ter caído, ela não ligou e retornou aos afazeres, subiu as escadas vendo uma garotinha de cabelos pretos com os olhos amarelos brincando.

-mamãe mamãe olha o que eu achei do papai -dizia a garotinha mostrando uma fotografia de seu pai lutando contra um enorme monstro do espaço.

-onde achou isso Roxanne? -perguntou Tifa olhando para a filha.

-estava nada coisas do Kylo -respondeu a garota -mamãe porque o papai viaja tanto?

Aquilo foi um choque para Tifa ouvir aquilo vindo da filha, ela não tinha resposta para dizer nada, se segurava para não deixar cair uma lágrima para não deixar sua pequena preocupada.

-ele tem que salvar as estrelas no céu -respondia ela com um sorriso carregado de saudades e tristeza.

-um dia mamãe eu quero ser tão boa quanto meu pai -dizia a pequena muito alegre.

No caminho para a cidade um homem com um casaco andava pela cidade, ele era alto, barbudo, musculoso, e tinha uma cauda enrolada na cintura, abriu a porta tocando o sino. No segundo andar Tifa escutou e desceu esperando um cliente até que vê a silhueta daquele homem, ela paralisou, saia lágrimas de seus olhos Escarlates.

Correu para abraçá-lo, ela chorava o agarrando com força, a pequena ao escutar o choro da mãe correu vendo um homem abraçado com ela, Roxanne logo correu para abraçar seu pai que tirou o casaco com uma cara de felicidade por ver sua filha, Lucy apareceu com uma garotinha de cabelos loiros.

-mamãe quem é esse homem? -perguntou a garotinha.

-Stacy ele é seu papai -dizia a loira sorridente.

A pequena então correu abraçando seu pai.

___________________________________________

No universo, a batalha entre os dois chegada ao seu fim, Kauan levou um soco de Featherine que desceu por todo o cosmo, seu rosto sangrava enquanto tinha aquela visão dele e sua família. Com determinação e força ele gritou:

-GOLPE DO DRAGÃO.

Atravessou seu corpo a fazendo cacos de vidro com chamas a queimando, caiu no mundo de Fairy Tail, com todos mortos. Já ele quase apagado sorria ainda mais com aquele final, após virar seu rosto viu o corpo de Tifa no chão, ele se desesperou profundamente.

Se levantou correndo pro lado oposto e caiu ao tropeçar em uma pedra, sua tristeza era visível, suas lágrimas de mini estrelas caindo e seu rosto escuro conbria sua fraqueza. Blast vendo tudo aquilo não sabia o que fazer ou o que falar, Kauan andou até o corpo de Tifa, pegou no seu corpo no estilo noiva, sua casca de escuridão quebrava e sua aparência dourada era coberta com o sangue dela.

-Ti-Tifa me desculpa.... E-eu sou um péssimo herói... Pra você... Eu sou um... Miserável -dizia enquanto chorava amargamente ao ponto de querer a morte.

-Kauan, o universo está se auto destruindo não temos tempo -gritou Blast que o fez soltar o corpo da amada olhando sério para ele enquanto.

A visão de Blast era Kauan coberto por sangue e aos poucos seus pelos dourados ficou em uma coloração vermelha, seu rosto sério cheio de sangue era de pura tristeza e angústia. Kauan atacou Blast que imediatamente reagiu, ambos no impacto teleportaram aquele ambiente de tristeza e dor para o mundo de one punch man.

Lá Garou e Saitama estavam prontos para voltar pro passado até que os dois aparecerem, Kauan percebeu Garou cósmico e Saitama parados então se ajoelhou surpreendendo Blast.

-esse garoto tem um imenso poder e está destruído por dentro -pensava Blast vendo aquela ação inesperada.

-POR FAVOR NÃO TEMOS TEMPO, SE NÃO FIZERMOS UM MILAGRE TUDO QUE EXISTE SERÁ DESTRUÍDO AO NADA -gritou Kauan.

Saitama ficou sério e Garou também.

-não importa se voltarmos no tempo, lá tudo será destruído também, temos que reiniciar o universo -afirmou Kauan se levantando -vamos copiar o mesmo movimento um do outro, se nos unirmos temos chance de salvar tudo que um dia existiu.

Os três ficaram de frente para o outro, todos sérios com o mesmo movimento, Blast desesperado vendo tudo desaparecer ficando em branco pedia pressa, os três sérios fizeram um milagre.

Os átomos dos três começaram a se mover em direções opostas copiando o movimento uns dos outros, eles pensaram na salvação do universo, Blast se assustou com uma luz branca vindo cobrindo ao redor do planeta, concentrados faziam o mesmo movimento.

-andam logo, o universo vai virar nada -dizia Blast desesperado segurando aquilo com seus portais -não tenho tempo.

-o que é isso? -se distraiu Saitama.

-foco -gritou Kauan e Garou juntos fazendo o careca de capa voltar a concentração.

Por um milagre os três conseguiram: REVERSÃO TEMPORAL DO UNIVERSO EM CONJUNÇÃO. Tal milagre reiniciou o universo como era antes, o branco apenas cobria tudo mas as coisas ainda existiam sem que as enxergasse, então tal milagre proporcionou a volta da visão de ambas coisas retornando para seus lugares de origem.

Os que morreram, os que estão vivos, continuariam suas vidas normalmente como a linha do tempo de seu mundo no real deveria ser contado. 


Com Kauan:

-onde eu estou? -perguntou ele em uma planeta bastante bonito com folhas caindo e uma grama amarela. 

Aquele belo lugar o deixava calmo, pensou que estava no paraíso pois não se lembrava de como foi parar ali, pensando ser o paraíso ele voou até um círculo de terra no meio da água, cruzou as pernas se sentando e começou a meditar. Porém aquela paz não durou muito, por ter feito o universo em conjunto se reiniciar isso fez com que um ser absurdamente forte percebesse a força de Kauan.

Aquele lugar começou a tremer acordando Kauan de sua concentração, após abrir os olhos no céu observou uma voz dizendo:

-humano Kauan o longo vitorioso capaz de rivalizar com seres super poderosos, eu lhe concedo a imortalidade de uma entidade. 

-eu gosto do que sou -respondeu Kauando dando um sinal de falta de interesse. 

-você nunca quis ser imortal? Um ser que vivesse para sempre com suas amadas? Que pudesse ficar mais forte e ser imparável? 

-quem é você? O que quer de mim? -pergunta Kauan se levantando. 

-de você nada, quero apenas satisfazer seu tédio no meu mundo de batalhas, poderá lutar infinitamente por ser imortal ficando mais forte. 

-você fala demais sábia disso?! Caí fora e me deixa em paz -fala Kauan rudemente. 

Beyonder puto decidiu aparecer diante de Kauan fazendo uma pressão para ele se ajoelhar porém Kauan não fez isso e ficou de pé, aumentou a pressão ainda mais vendo que resistia e tão usou 80% do seu poder tendo efeito de nada. 

-você já lutou contra todos os heróis e vilões da Marvel, eu por exemplo derrotou todos da DC, Marvel e Animes, o que acha que vai fazer? -perguntou Kauan disparando um soco em cheio na cara de Beyonder -entidades cósmicas o caralho eu acabo com vocês. 

-hora seu maldito... 

Beyonder atacou um poderoso raio cósmico atingindo Kauan que segurou sendo empurrado para trás, ambos sorriam e quando menos esperava o soco chegava, Beyonder foi acertado várias vezes até que com a palma de Kauan em chamas teve sua roupa branca rasgada deixando a marca da palma. 

-não parece tudo isso -brincou Kauan se teleportando mas nesse instante recebeu um ataque cósmico que fez sair fumaças de suas costas -quer brincar né? Tudo bem, vou te derrotar no próprio jogo. 

Beyonder tenta prendê-lo com sua telecinese o jogando pra longe e depois apertou seu corpo o fazendo gemer soltando sangue pela boca. Gritou furioso saindo de seu poder e disparou como um raio dando um chute na cara de Beyonder que girou no ar caindo no chão. 

-você é poderoso mas é um péssimo lutador -dizia Kauan apontando para ele todo confiante. 

-sorte de principiante -respondeu Beyonder aborrecido. 

-ataque estantaneo -dizia Kauan partindo pra cima dando uma chuva de golpes que vinham em várias direções com vários portais criados. 

Sem poder enchergar nada Beyonder foi massacrado pelos golpes de Kauan que o acertavam numa velocidade absurda, tentou usar sua telecinese para para todos os socos porém Kauan não é burro e logo parou de atacar recuando. 

-agora você me irritou -Beyonder se transformou ficando numa forma Ômega. 

-agora o negócio ficou melhor -dizia Kauan sorrindo. 

-morra seu verme -dizia Beyonder Ômega indo pra cima. 

-modo: Beyonder -disse Kauan indo pra cima com o mesmo golpe. 

Se colidiram fazendo aquele planeta colapsar, os dois foram pra bem longe um do outro, Kauan se levantou e sem dar tempo voltava voando a toda velocidade. 

-kaio-ken -gritou Kauan indo em uma velocidade absurda, seu corpo estava com o instinto superior e num poderoso soco que fez Beyonder sangrar sentindo muita dor -esse é o nível de um mortal que atingiu o ápice de poder lutando e não por ter ganhado. 

Se sentindo humilhado soltou um poderosíssimo golpe capaz de aniquilar um universo inteiro porém o lugar onde eles estavam nem foi afetado, Kauan estava sangrando com o ataque e logo disparou nas pernas dele e parou com as duas pernas levantada dando um chute em Beyonder que ia cair. 

Disparou várias rajadas de fogo solar e com suas mãos coberta de energia combinada com seu fogo disparou em cheio em Beyonder, botando força nos músculos ele daria um Final Flame a toda potência. 

Aquilo foi suficiente pra Beyonder fazer uma barreira com a maior dificuldade para conter o ataque devastador de Kauan que colocava muita força. Num teleporte com sua feição confiante acertou um gancho em Beyonder e o socou nas costelas e deu um direto de direita em sua cara. 

No chão sem forças Kauan apenas se aproximava revelando ter superado Beyonder em questão de poderes. 

-acaba logo comigo -dizia ele. 

-confiscado... 

-o-que? -se perguntou Kauan ao ouvir aquela voz ecoando. 

Beyonder começou a sentir uma luz em seu corpo e virou poeira sumindo aos poucos deixando Kauan impressionado com tal coisa. 

-Kauan! Você será meu arauto a parti de agora. 

-me recuso, não vou trabalhar pra alguém assim derrepente -afirmou a Kauan dando as costas até que uma barreira de energia o parou em sua frente.

Kauan socou aquilo várias vezes até que conseguiu sair e muito rápido desviava dessas barreiras que apareciam do nada, deu um mortal no ar indo pra cima. Voando no céu aquilo mostrou seu rosto na sua frente com uma nuvem, assustado ele parou suando. 

-mas que porcaria é você? -perguntou Kauan surpreso. 

-sou god, o ser Supremo do outeverso, estou lhe observando desde que ganhou seus poderes. 

-então você ficava me olhando tomando banho que parada estranha essa sua tara, foi mal mas prefiro mulheres, nada contra você claro porém você é feio sabia? -dizia Kauan ironicamente a god o fazendo rir. 

-você tem um bom humor humano, vamos aperte minha mão e vai ganhar poderes inimagináveis além da compreensão de 11 dimensões. 

-sabe o que eu vou aperta? -disse Kauan-meu punho. 

Kauan começou a aumentar seus poderes na tentativa de tentar superar seus limites, seu fogo exalava uma tensão de calor muito grande, mas god lançou um poder gigantesco sobre ele o esmagando. Aquilo foi suficiente para Kauan estar de joelhos no chão mas ainda respirando e poderia continuar a lutar. 


Povs Kauan on:

Eu só queria ser como você, defender a todos e ser um pilar, dediquei minha vida como você mas como eu não posso ser igual? Eu sabia do risco de seguir essa vida, que a morte um dia seria apenas uma com sequência. Tifa é por você que agora sei meu dever, por ser mais forte devo proteger enquanto a chama queimar. 

-fissão solar ataque instantâneo -dei vários socos em god que se arrastava para trás. 

Ele com apenas um movimento de sua mão me afundou no solo daquele planeta, no fundo eu sabia que não teria chances mas eu iria lutar. Saltei voando muito rápido indo para a superfície, lá eu estava ferido já mas teria que resistir até o último minuto pois estava perto dos universos voltarem ao seu lugar de origem. 

Senti duas presenças atrás de mim, me virei olhando Tifa e Lucy, não eram elas de verdade só sua projeção astral, fiquei feliz. 

-o que fazem aqui? -perguntei a elas. 

-um mago muito estranho previu isso, estamos aqui para apoia-lo como nunca -dizia Tifa com aquela sua expressão de esperança. 

-tá na hora do nosso trio acabar com essa coisa -falou Lucy lembrando dos velhos tempos. 

Ele jogou gigantescas rochas mas eu as destruir com o movimento perfeito de minhas mãos, ta na hora de virar o jogo, disparei como uma bala e seu rosto abria um buraco soltando um raio, graças às minhas habilidades eu desviei daquilo. Meu coração entrava em combustão com a empolgação, god tirou a gravidade do planeta e pelas rochas enormes flutuando eu corria por elas. 

Muito rápido em várias direções eu me teleportava também e com um tiro no meu dedo junto aos clones criamos uma imensa explosão de fogo. Ele sem eu nem ter piscado estava atrás de mim e me jogou no chão lá vários rochas vinheram caindo em mim e senti um socão cósmico me acertando. 

Aquilo doeu mas eu caí em uma água embaixo daquela terra, perdia o fôlego, estava exausto da últimas lutas, só queria descansar pelo menos uma vez nessa minha vida. Acho que vou perde essa não sei. 

-acorda Kauan -ouvia a voz de Lucy dizendo. 

-você consegue Kauan, vamos acorda -ouvia Tifa falando. 

-ACREDITAMOS EM VOCÊ, LEVANTA. 

Aquilo fez meu coração ascender como nunca, meus olhos brilharam como nunca, em um único disparo fui com uma única investida com todo meu poder, seria meu golpe final. 

-o-que? 

-GOLPE DO DRAGÃO!!!!!!! 

Atravessei seu corpo com um dragão emanando em meu corpo, aquele meu poder acabou se esvaindo com minha última investida, cai naquela grama dourada e macia todo acabado e ferrado, meu corpo tinha vários cortes e eu sangrava. Sem perceber eu via as duas me olhando felizes e lágrimas de alegria descia de seus rostos, só de lembrar de antigamente me dava uma nostalgia. 

"Kauan sem perceber estava com o corpo queimado, e deitado exausto se levantou erguendo seu punho direito ao céu, porém"

Autor:

"God se levantava mostrando que não havia morrido naquele golpe"

-porque não aceita o meu poder? Seria um desperdício de você morrer. 

-sim eu sei que sou forte mas jamais vou me torna sua marionete, god eu prefiro a morte -falou Kauan o encarando com determinação -são coisas diferente que valorizamos, mortalidade é uma benção pós ela da valor a nossa vida, e tão não vou recuar mesmo que eu perca a minha. 

Uma abra de fogo começou a ascender fervendo nele e começou a gritar. 

-eu serei a luz que dispará a escuridão, pois sempre manterei o fogo ardendo em meu coração, não recuarei pois sou o vilão das chamas azuis!! -dizia Kauan com seu fogo azul em combustão preparando um final flame. 

God percebendo o ataque, soltou uma luz de sua cabeça e Kauan aos gristos de fúria ssegurava aquela potência a toda força, seu fogo conbria seu corpo queimando o chão. Soltou com tudo, um imenso ataque se fogo azul disparou contra god. 

Perdendo as forças, suas feridas se abriam com tanto esforço e força, iria perde, Lucy e Tifa vendo a situação foram até ele, as duas beijaram suas bochechas e elas o ajudaram no golpe mesmo sendo projeção astral, aquela força e determinação fez com que o ataque disparasse em god destruindo mais da metade de seu corpo. 







Notas Finais


Gostaram do penúltimo capítulo? Eu mudei por um erro do app graças a minha internet que fez eu postar dois capítulos errados.

O último capítulo não sei quando irá sair, e já avisando que terá uma continuação dessa fic que se chamará coração de fogo, contará sobre os eventos de o vilão das chamas azuis.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...