História O violinista cego e o pintor surdo. - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Musica, Omegaverse, Romance, Yaoi
Visualizações 4
Palavras 1.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Musical (Songfic), Saga, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - E facil falar


Toby acordou  e estava confuso via tudo a sua volta, esse era o ponto mais estranho ele conseguia ver tudo a sua volta, ele se snetia perdido, angustiado, o medico estranhou ele poder ver, isso nao fazia sentido.

- calma toby, vc esta seguro, sou eu amigo do wolfran.

- eu estou vendo....onde esta o wolfran, eu fiz besteira...na banheira...o wolfran esta aqui?

ele tentou mover as pernas e tudo doia.

- para toby, vc dormiu por muito tempo precisa ir aos poucos.

o medico o acalmou.

- e meu filho, como ele esta?

- ele ta bem, ele melhorou bastante, nao tem mais crises respiratorias, e é um sapequinha, adoro roubar os pirulitos da pediatria, vai ficar tudo bem, eu avisei sua casa, o wolfran vira aqui.

--------------

nina resolveu nao esconder e assim que wolfran chegou ela avisou do hospital e da noticia, ele saiu voando de casa ate o hospital e no meio do caminho bolava alguma coisa pq nao teria coragem de dizer que shine havia sumido.

Toby olhava cada um que entrava, sempre tentando adivinhar como seria wolfran, ele se lembrava de suas orelhas altas, e foi a primeira coisa que viu e foi o que disse ao ve lo entrar.

- wolfran....

- toby...

ele o beijou carinhosamente, mas entao toby notou a aliança no dedo de wolfran.

- wolfran o que e isso? e pq nao trouxe o shine.

- calma ok, ele ta bem.....so descansa, vc precisa se recuperar antes de ve-lo....mas como consegue ver?

- eu tbm nao sei...naquela noite eu ...

- vc foi egoista toby, vc ...me deixou sozinho, vc nao pode nem imaginar o quao eu sofri, eu ....

wolfran chorou entao toby sentiu todo sofrimento dele.

- me desculpa, agora estou aqui, me desculpa....calma ok.

Wolfran se acalmou e toby tbm e ele deixou tudo claro, tudo o que aconteceu menos o sumiço de shine.

toby nao gostou mas compreendeu o pq de wolfran fazer o que fez, d econtinuar sua vida, afinal era o que ele esperava se tivesse partido.

- ele precisa descansar e fazer a terapia de recuperação...e vc pode vir amanha ok wolfran

- ok...eu volto amanha.

- tras meu filho, quero ve-lo epla primeira vez.

--------------------------------------------------------

wolfran foi pra casa um pouco mais tranquilo, poder  o ver e ser visto e sentido, era bom ele sentia falta de ter o carinho retribuido, e mais do que nunca estava motivado a achar shine.

--------------------------------------------------------

Lion sentia ser arrastado pelo chao de madeira ,mas por nao conseguir ouvir nada nao sabia quantas pessoas estavam ali, mas snetia alguns baques como se fossem passos ou algo se movendo, ele estava vendado.

alguem com um capuz arrastava lion pra dentro da casa, e tres guardas traziam alucard a força.

e uma mulher muito alta e bonita trazia shine no colo desacordado tbm.

o homem tirou o capuz, revelando um rosto delicado e bonito, e um cabelo longo em uma trança ruiva.

- oi alucard, sentiu minha falta?

- era pra vc estar morto....nao pode ser.

- fenix renascem das cinzas nunca ouviu sobre isso?...e o que e isso?

ele chutou lion que cuspiu sangue.

- um alfa?....vc nao era pra ta com um harem de omegazinhos submissos...o q e isso?

- nao toca nele filho da puta.

ele jogou os guardas longes e avançou no homem, os dois atravessaram a portade vidro.

- ok, ok, ja entendi..aiii...nao toco no seu bichinho, mas o conselho me deu ordens expressas de levar o corpo do fugitivo, sorte que tenho um extra no carro pra um amigo....considere presente de retorno, agora para de brigar comigo ok.

alucard estava exausto de qualquer modo.

- preciso de vc inteirinho, ordens dos chefinhos....manda quem pode obedece quem tem juizo neh neh...

ele sorriu todo meigo se levantando e tirando a poeira da roupa e arrastando alucard pra dentro a força.

ele pegou lion pelo maxilar e o levantou ate sua altura e tirou a venda.

- hum...neh que e bonito mesmo, vc nao acha scarlet?

- sim mestre, ele tem seus pontos fortes.

- e o bichinho do lulu.....sera que ele me empresta ele?

- lion entao cuspiu sangue na cara do homem.

- nem nos seus sonhos babaca.

ele ficou bem puto.

e dessa vez bateu pra quebrar pelo menos duas costelas de lion.

e foi evr o bebe.

- e filho do alucard sera?

scarlete a mulher alta lambeu o bebe com sua lingua bifurcada, enquanto entregava um lenço para seu mestre.

- ele nao e prole do sr alucard posso garantir...tsss....outro sabor concerteza.

- ei scarlet deixe o bebe com os omegas ali e va preparar o corpo do coelho tolo e leve ao conselho, diga que e o casinho amoroso de alucard, eles vao cair nao se preocupe.

Ana foi cuidar do bebe e de lion e o homem ruivo se aproximou e começou a cuidar de alucard.

- velho amiigo, o tempo foi bem gentil conosco nao acha?...nem um bebe ate agora, o conselho esta impaciente, eles agora tem um bebe, temo que eles logo nao vao querer vc...mas eu vou cuidar de vc pq somos amigos pra sempre.

ele beijou a testa de alucard.

- vc nao pode machucar o lion ok, me prometa.

- como diziam,..o sábio pode mudar de opinião o idiota nunca....ok prometo, mas os outros conseguiram fazer filhinhos...sao bebes feios acredite.

- o que o conselho quer com os bebes? isso tudo... afinal oq eles querem?

- se nao contaram pra vc .... imagine pra mim, eu fico em um lugar bem pior que esse...e com isso.

ele mostrou a coleira de metal com algo eletronico.

- tecnologia de betas inteligentes, se eu sair da linha e pronto, eles me matam.

- mas e seus filhotes?

- sou esterio....nao posso ter filhos de nenhum jeito.

- seu filho da mae sortudo...pelo menos nao fica nesse pesadelo continuo aqui.

Alucard sorriu tentando fugir de pensar eu seu destino inevitavel.

- Mesmo depois de conhecer vários novos sorrisos, o seu continua sendo o meu preferido sabia.

- cala a boca...vc e essas frases que deixam os outros sem graça.

- vou partir pela manha....nao vai mesmo me emprestar o gatinho bravo...prometo trazer ele manso e inteiro..

- eu to falando serio fica longe dele....ele e meu, so meu.

- ok ok...nao custava pedir, vou ir dormir...

alucard assim que o outro saiu do quarto foi ate lion e ajudou a cuidar dos seus machucados.

- ei ana, pode nos dar um minuto a sos.

- sim sr...vou levar o shine comigo na cozinha ja voltamos.

- eu achei que daria certo....me desculpe.

- nao e culpa sua, fomos ingenuos....e subestimamos nosso inimigo, mas sobrevivemos pra lutar mais um dia.

alucard o beijou mas se afastou quando ana voltou.

- durmam e descanse, se a costela incomodar muito amanha vejo de conseguir ervas pra diminuir a dor.

- titi ta dodoi?

- ta sim praguinha....e sua missao cuidar dele ein...se el ficar pior devoro os dois.

shine correu pra barra da saia de ana.

alucard saiu mancando e cansado e dormiu como pedra em seu quarto.

e lion dormiu em seu quarto por que era dificil dormmir cuidando de shine, anoite ele foi visitado por alguem.

continua...

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...